Connect with us

2006-1 Cup Pro



Resultados
F1BC Cup Pro 2006/1 @ Melbourne
F1BC Cup Pro 2006/1 @ Interlagos
F1BC Cup Pro 2006/1 @ Imola
F1BC Cup Pro 2006/1 @ Monaco
F1BC Cup Pro 2006/1 @ Barcelona
F1BC Cup Pro 2006/1 @ Montreal
F1BC Cup Pro 2006/1 @ Magny-Cours
F1BC Cup Pro 2006/1 @ Silverstone

Resumo
O primeiro campeonato da história do F1BC foi um verdadeiro teste para pilotos e organizadores, todos novatos debutando na atividade. A escolha do jogo F1 Challenge com seu mod original da temporada 1999 de Fórmula 1 ilustra bem a situação. Mal sabiam os pilotos sobre quão marcante seria estar na temporada de estréia, e o futuro que teriam no decorrer de suas carreiras.

A previsão era de utilizar o calendário completo do ano de 2002 na F-1. Porém, o pouco conhecimento e estrutura encerrou prematuramente este projeto piloto. Foi bom enquanto durou.

Dois pilotos davam mostra de que segurariam o favoritismo, após as duas primeiras etapas (Melbourne e Interlagos), e em forma de dobradinhas: a dupla da Benetton, formada por Rodrigo Wizard e Victor Cardoso, nesta ordem primeiro e segundo colocados.

Quem também reagiu bem no campeonato foi Zé Luiz D’Agostini, que aproveitou problemas de freio de Wizard nas duas etapas seguintes (Imola e Mônaco) e somou 20 pontos. A quinta etapa (Barcelona) voltou a ter vitória de Rodrigo, enquanto na sexta oportunidade (Montreal) foi a vez de Cardoso vencer sua primeira.

A sétima e oitava etapas foram as que culminaram no final da competição. Com o sucesso do campeonato e muitos pilotos aderindo, surgiram os problemas técnicos para as limitadas conexões de internet da época.

Em Magny-Cours, por exemplo, Wizard estava no servidor, foi quem completou a prova antes, mas seu tempo não foi registrado, e ele foi considerado como uma volta atrás dos demais. Já em Silverstone, o inverso ocorreu, com Rodrigo sendo o servidor e os demais competidores não conseguindo computar seus tempos, todos formando uma corrida paralela, e esta sendo considerada válida, com o piloto da Benetton novamente ficando sem pontos.

Assim, os membros fundadores do campeonato em comum acordo interromperam o projeto com oito etapas concluídas, e portanto Rodrigo Wizard sagrou-se campeão, com Zé Luiz D’Agostini como vice, e Victor Cardoso em terceiro.