Connect with us

F1BC Cup Pro 2007/1 @ Mônaco

Como era de se esperar, o Grande Prêmio de Mônaco reservava altas emoções para os competidores. Em uma noite aonde a pontualidade foi assustadora, todos estavam tensos para a classificação pois nas ruas estreitas de Monte Carlo o velho clichê “A pole-position é uma mão na taça” vale. E muito.

Os organizadores, prevendo um alto índice de acidentes, optaram que a classificação fosse realizada sem limite de voltas, com tempo máximo de 20 minutos de sessão classificatória. Como era de se esperar, Rodrigo Wizard manteve os 100% de aproveitamento e cravou a pole position, seguido de Victor Cardoso, retornando a categoria pilotando a Jaguar após 8 meses afastado. Completando o Server 1 temos a dupla da Williams composta por Ganecci e Aguiar. O carioca comemorou muito a classificação para este server, já que em sua última volta conseguiu conquistar o 4º posto por apenas 9 milésimos, ocupado todo treino por Leonardo Félix.

Qualificação
1 Rodrigo Wizard (SP/Ferrari), 1:14.962
2 Victor Cardoso (RJ/Jaguar), 1:15.909
3 Deco Ganecci (SP/Williams), 1:16.201
4 Francisco Aguiar (RJ/Williams), 1:16.552
5 Leonardo Felix (PR/Ferrari), 1:16.561
6 Sergio Lopes (SP/Arrows), 1:18.591
7 Rodrigo Dias (PR/BAR), 1:22.298
8 Marcela Conceição (RS/McLaren), 1:54.326
9 Eduardo Azeredo (RJ/Jordan), no time

Server 1 – Com 2 paradas, Aguiar marca 2ª vitória

A corrida que marcava o retorno de Victor Cardoso era uma das mais esperadas. Pilotando uma Jaguar, o carioca não mediu esforços desde o início para dizer que não estava para brincadeiras. Após a largada, ele e Rodrigo Wizard disputavam curva a curva no principado de Mônaco a liderança, até que no 2º giro os dois competidores bateram na Lowes. Wizard teve seu monoposto seriamente danificado e Victor não pôde continuar na prova. Bom para a dupla da Williams: assumindo o 3º lugar na largada, Francisco Aguiar passou pelo incidente e assumiu a liderança.

Aproveitando-se da situação e também com o erro de Ganecci, perdendo a asa traseira, o carioca da Williams abriu uma vantagem sólida sobre Wizard, que pilotava sua Ferrari com a suspensão traseira danificada. Após o primeiro pitstop de ambos, a vantagem caiu para 30 segundos. Ainda confortável para o carioca, porém uma supresa o aguardava no segundo pitstop: Ganecci, colocando sempre sua equipe em prontidão ao perder uma série de asas dianteiras, perdeu muito tempo nos boxes, atrapalhando seu parceiro de equipe.

Quando todos pensavam que Curtis seria recompensado com mais uma bela vitória (iria ser seu terceiro Hat Trick), o destino lhe prega outra peça: com mais um erro de estratégia, a quantidade de combustível colocado no seu primeiro pitstop não foi suficiente, tendo que fazer um splash and go, entregando a vitória no colo do piloto carioca. Vitória merecida, já que Francisco Aguiar fez uma corrida limpa e sem incidentes, conduzindo sua Williams ao lugar mais alto no pódio.

Server 2 – Arrows passeia e Lopes garante 4° lugar

Alguém aqui já passeou nas ruas de Monte Carlo? Acho que o paulistano Sergio Lopes, piloto da Arrows pode descrever muito bem. Após várias relargadas devido a ‘alguns’ acidentes causados por Marcela Conceição, piloto da McLaren, Sergio Lopes logo assumiu a liderança, sendo observado a distância por Rodrigo Cesar, na estréia dele na equipe Sauber. Vale destacar o esforço que Leonardo Felix está fazendo para participar do campeonato. Demonstrando ter uma conexão não muito favorável, o paranaense sempre está presente em todos os treinos. Porém, na corrida sua conexão deixa a desejar.

Ou seja, numa corrida de dois participantes, Lopes abriu uma vantagem enorme sobre Cesar. Até que aconteceu um dos fatos mais engraçados que esta categoria já viu: durante a corrida, o piloto da Sauber teve ‘complicações intestinais’, abandonando o cockpit para ‘sentar em outro cockpit’. Sua corrida foi por água abaixo, deixando o quarto lugar livre para Sergio Lopes.

No domingo ainda houve a tentativa de se realizar uma disputa para quem ficara com o quinto lugar. Porém, Eduardo Azeredo e Leonardo Félix não completaram a prova. Com os resultados, Cesar perdeu a chance de passar o Kolachinski e o FlatOut na pontuação. Cardoso e Felix perderam a chance de superar vários na tabela e Eduardo Azeredo podia ganhar até 4 posições no geral se terminasse a prova.

Final, 25 voltas
1 Francisco Aguiar (RJ/Williams), 34:45.530
2 Rodrigo Wizard (SP/Ferrari), + 5.005
3 Deco Ganecci (SP/Williams), + 2 voltas
4 Sergio Lopes (SP/Arrows), SB, 35:39.273
5 Rodrigo Dias (PR/BAR), DNF/Accident
6 Eduardo Azeredo (RJ/Jordan), DNF/Suspension
7 Leonardo Felix (PR/Ferrari), DNF/Suspension
8 Victor Cardoso (RJ/Jaguar), DNF/Suspension
9 Marcela Conceição (RS/McLaren), DNF
Volta mais rápida: Rodrigo Wizard

More in Sem categoria