Connect with us

F1BC Cup Pro 2007/1 @ Hungaroring

Neste 13 de maio a Fórmula 1 comemora seus 57 anos de existência quando, no longínquo 1950, aos olhos de mais de 100 mil espectadores em Silverstone, começava o campeonato mundial do automobilismo. Para o F1 Brasil Challenge esta data coincide com a decisão do título de sua primeira edição, com o paulista Rodrigo Wizard (Ferrari) alcançando neste domingo o título da categoria, além de marcar um inédito Chelem (Pole, Fast Lap, Vitória e liderança ponta-a-ponta) em Hungaroring.

Realizada em apenas um servidor, com seis pilotos comparecendo e, portanto, com um único host suportando o número de conexões, a classificação foi feita sob chuva constante, e uma emocionante disputa pelas primeiras posições do grid. Sem a pressão de se preocupar com uma possível qualificação em um servidor B (quando vários jogadores fazem com que sejam usados dois servers), o piloto da Arrows Sergio Lopes mostrou a que veio na Hungria e fez o segundo melhor tempo, sendo superado apenas por Rodrigo Wizard, que fez uma volta bem abaixo dos demais. Na sequência, vieram Francisco Aguiar (Wiliams), que tinha a missão de impedir o título de Wizard, e Victor Cardoso (Jaguar), que brigou muito para conseguir este quarto posto. Em quinto veio Eduardo Azeredo (Jordan) e largando do fundo estava Felippe Marques (Arrows), mostrando boa evolução após os treinos da semana no circuito.

Qualificação
1 Rodrigo Wizard (SP/Ferrari), 1:20.742
2 Sergio Lopes (SP/Arrows), 1:22.451
3 Francisco Aguiar (RJ/Williams), 1:22.814
4 Victor Cardoso (RJ/Jaguar), 1:23.130
5 Eduardo Azeredo (RJ/Jordan), 1:26.505
6 Felippe Ze Marques (SP/Arrows), 1:27.475

Já na corrida, o clima era ensolarado e de pista seca, com ideais 20°C de temperatura. A largada teve de ser reiniciada duas vezes, após indicentes na primeira curva. Na terceira, apagam-se as luzes e tudo corre normalmente. Wizard mantém a liderança, seguido de Lopes, Cardoso, Aguiar, Azeredo e Marques. Ainda nas primeiras passagens, o piloto da Arrows pressionava o ferrarista, enquanto que um toque entre Francisco e Victor fez com que ambos fossem para as últimas posições. Logo em seguida, Eduardo teve problemas e foi para os boxes. A briga era intensa na frente, e Chico Aguiar vinha tirando bastante a diferença, que tinha subido para 20 segundos após o choque com Cardoso.

Felippe ainda teve de fazer pit-stops a mais e Edu Azeredo abandonou com problemas no motor. Na volta em que Eduardo levava uma volta dos líderes, Wizard rodou e deixou a liderança escapar de suas mãos e viu a Arrows passar, mas isto não durou muitos metros e Lopes parou para fazer seu pit-stop, antes da linha de chegada, o que devolveu a liderança à Ferrari na mesma volta. Rodrigo passou a forçar muito o ritmo, pois a próxima volta seria sua vez de ir aos boxes, e era necessária uma boa flying lap para compensar sua rodada.

Confirmando o domínio, Wizard cumpriu a meta e fez uma excelente volta, indo para sua parada e retornando 3s na frente de Sergio. Nessas alturas, Francisco já tinha tirado toda a diferença, e os três andavam juntos na pista. Quando Victor retornou dos pits, o piloto da Ferrari já tinha apertado o ritmo o suficiente para colocar uma volta nele, mas Sergio não o pegou ao final da reta, e perdeu bastante tempo para ultrapassar a Jaguar retardatária, que segurou também a Williams.

Quando tudo parecia ganho, o final dramático veio: Wizard teve de fazer um pit-stop extra na penúltima volta, um splash and go, pois o consumo de combustível em Hungaroring foi acima do normal, e Sergio passou para a liderança. Como Rodrigo voltou e cruzou a linha de chegada antes de Lopes passar, a volta foi completada pelo ferrarista na frente.

A primeira vitória da Arrows já era quase uma certeza para quem estava na pista, quando o mesmo problema de consumo o pegou de surpresa, e também a Aguiar da Williams, e ambos pararam nos boxes na última volta. Rodrigo Wizard recuperou a liderança para cruzar a linha de chegada em primeiro e conquistar o primeiro título.

Final, 25 voltas
1 Rodrigo Wizard (SP/Ferrari), 33:28.605
2 Sergio Lopes (SP/Arrows), + 4.396
3 Francisco Aguiar (RJ/Williams), + 5.169
4 Felippe Ze Marques (SP/Arrows), + 4 voltas
5 Eduardo Azeredo (RJ/Jordan), DNF/Engine
6 Victor Cardoso (RJ/Jaguar), DQ
Volta mais rápida: Rodrigo Wizard
Hattrick & Grand Chelem para Rodrigo Wizard.

Advertisement

Facebook

Advertisement

VÍDEO DESTAQUE

More in Sem categoria