Conecte-se conosco

2013-3 Indy Pro

A categoria principal dos circuitos ovais utiliza os lendários Reynard da Indy nos anos de 1990, com regra completa de bandeiras amarelas, Safety Car e muita estratégia durante os 60 minutos de prova, em um grid que conta com pilotos de altíssimo nível, de Licenças “Pro”, “A” e “B”, e ovais de todas as extensões, além de circuitos mistos. As etapas são disputadas nas segundas-feiras a partir das 21 horas.

Esta é a combinação campeã de 1995 na Indy. Chassi Reynard, motor Ford, e título pelas mãos de Jacques Villeneuve. Neste mesmo ano, outros pilotos também guiaram este pacote, mas nenhum adversário ao nível do canadense. De fato, os Reynard detonaram seguidamente, também com campeões em 1996 (Jimmy Vasser), 1997 e 98 (Alex Zanardi), 1999 (Juan Pablo Montoya), e 2000 (Gil de Ferran), em uma era de extrema concorrência, batendo os chassis Lola, Penske, Swift e Eagle.

Ao virtual, ficou o bólido, extremamente veloz e confiável. Excepcional em ovais, preparado com pacotes aerodinâmicos para “superspeedways” e “short ovals”, o Reynard surpreende mais ainda quando vai para os circuitos: seja autódromo ou de rua, ele se encaixa perfeitamente com uma pilotagem suave e técnica em seu pacote daerodinâmico propício, o “road course”. Perfeito para qualquer ocasião, ele é o que há de melhor em monopostos para o simulador rFactor.