Connect with us

Corridas

F1BC National Light 2016/1 @ Brasília

F1BC National Light 2016/1 @ Brasília

Uma corrida maluca no anel externo de Brasília marcou a segunda etapa da National Light, realizada nesta quarta-feira (27) no F1 Brasil Clube. Carlos Tassi (Pehzinho Racing) bem que largou melhor e tomou a liderança, mas um erro o jogou para o segundo lugar, deixando caminho aberto para Jarbas Munhoz (Shadow Racing) faturar seu primeiro triunfo no clube, em prova encerrada uma volta antes do previsto.

A classificação teve primeira fila da Shadow, com Jarbas Munhoz e Edivan Monteiro a frente dos rivais de Alliance Sky e Pehzinho, sendo a ordem com Carlos Tassi, Daniel Shinji, Bibiano Jr, e Luiz de Melo. O Top 10 ficou completo com Erick Goldner, Richard Valandro, Rodrigo Mengue e Marcos Furriel, sinal de que a Clube do Volante também está no páreo na busca pelo troféu de equipes.

Foram 30 presentes no anel externo de Brasília, onde algumas ausências foram sentidas, e pesarão literalmente aos faltantes com 10kg de lastro cumulativo. Confira a ordem de partida.

Classificação
1 Jarbas Munhoz (Shadow Racing), 1:00.334
2 Edivan Monteiro (Shadow Racing), 1:00.354
3 Carlos Tassi (Pehzinho Racing), 1:00.513
4 Daniel Shinji (Alliance Sky Racing), 1:00.525
5 Bibiano Junior (Pehzinho Racing 2), 1:00.537
6 Luiz de Melo (Alliance Sky Racing), 1:00.589
7 Erick Goldner (Clube do Volante), 1:00.600
8 Richard Valandro (Pehzinho Racing 2), 1:00.639
9 Rodrigo Mengue (Alliance Sky Racing 3), 1:00.724
10 Marcos Furriel (Clube do Volante), 1:00.737
11 Pablo Bauer (Marsch Team), 1:00.746
12 Jackson Oliveira (Pehzinho Racing), 1:00.761
13 Vitor Carvalho (RPR Team), 1:00.870
14 Guilherme Rocha (Pehzinho Racing 3), 1:00.875
15 Roberto Crancio (RPR Team), 1:00.925
16 Daniel Kaefer (Pehzinho Racing 3), 1:00.946
17 Sidney Schmitz (Sinister Race Team 2), 1:00.987
18 Fellipe Porto (Clube do Volante), 1:01.086
19 Cleber Cavalcante (Grip Racing), 1:01.120
20 Andre Neiva (Pehzinho Racing 2), 1:01.126
21 Jean Pierre (Alliance Sky Racing), 1:01.142
22 Weldes Campos (Grip Racing 2), 1:01.186
23 Alisson Zanoni (Shadow Racing), 1:01.198
24 Murilo Parra (Sinister Race Team), 1:01.352
25 Wagner Matos (Alliance Sky Racing 2), 1:01.378
26 Celso Andriani (Hattrick Racing), 1:01.532
27 Lucio Linconl (Pehzinho Racing), 1:01.797
28 Pedro Sodre (Hattrick Racing), 1:01.891
29 Daniel Paulo (Grip Racing), 1:02.569
30 Luigi Torres (0Km Racing), Sem tempo

A corrida se iniciou com Carlos Tassi arrancando bem e tomando a ponta ainda na primeira volta, com bela ultrapassagem por fora sobre Jarbas. Tecnicamente a largada foi muito superior a da abertura da temporada, em Curitiba. Apenas um toque de Lucio Lincoln em Cleber Cavalcante gerou uma pancada maior, mas fora isso o início foi promissor em Brasília.

Os erros individuais, por sua vez, não poderiam deixar de existir. Luiz de Melo deu uma escapada forte na curva final e caiu de terceiro para sexto. Já Daniel Kaefer e Guilherme Rocha se enroscaram e perderam muito tempo fora da pista. Carlos Tassi também errou e caiu para o segundo posto, atrás de Munhoz.

Excelentes disputas eram vistas entre grupos de pilotos. O pelotão intermediário tinha Vitor Carvalho estreando com bom pega com Daniel Shinji e Fellipe Porto, enquanto o grupo de trás contava com Rodrigo Mengue, Celso Andriani e Lucio Lincoln. Mas era o duelo entre Luiz de Melo e Erick Goldner que chamava as atenções na luta pelo pódio.

Ao final, o servidor teve um problema excepcional na volta derradeira, o que fez com que a corrida terminasse com um giro a menos em bandeira vermelha, e o resultado fosse aquele mesmo, da última volta completada. Vitória de Jarbaz Munhoz, com Carlos Tassi em segundo, e Luiz de Melo completando o pódio.

A próxima etapa da National Light será realizada no circuito de Tarumã, no dia 17 de fevereiro, às 20h00 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo no site www.f1bc.com, que ainda fornece todos os resultados, classificação, informações e VTs das etapas desta e de suas outras categorias.

O F1BC tem parcerias oficiais com Câmara de Comércio e Indústria do Brasil, Soap Car, Chiara Guitar Shop, F1Mania, NRT Servers, e F1-Brasil.

Final, 50 minutos
1 Jarbas Munhoz (Shadow Racing), 48 voltas
2 Carlos Tassi (Pehzinho Racing), +12.000
3 Luiz de Melo (Alliance Sky Racing), +21.000
4 Erick Goldner (Clube do Volante), +22.000
5 Richard Valandro (Pehzinho Racing 2), +29.000
6 Marcos Furriel (Clube do Volante), +34.000
7 Pablo Bauer (Marsch Team), +41.000
8 Daniel Kaefer (Pehzinho Racing 3), +42.000
9 Daniel Shinji (Alliance Sky Racing), +50.000
10 Vitor Carvalho (RPR Team), +53.000
11 Fellipe Porto (Clube do Volante), +1 volta
12 Alisson Zanoni (Shadow Racing), +1 volta
13 Edivan Monteiro (Shadow Racing), +1:00.000 [+20s]
14 Roberto Crancio (RPR Team), +1 volta
15 Murilo Parra (Sinister Race Team), +1 volta
16 Celso Andriani (Hattrick Racing), +1 volta
17 Wagner Matos (Alliance Sky Racing 2), +1 volta
18 Guilherme Rocha (Pehzinho Racing 3), +1 volta
19 Andre Neiva (Pehzinho Racing 2), +1 volta
20 Luigi Torres (0Km Racing), +1 volta
21 Jean Pierre (Alliance Sky Racing), Abandono (32)
22 Rodrigo Mengue (Alliance Sky Racing 3), Acidente (20)
23 Daniel Paulo (Grip Racing), Abandono (6)
24 Jackson Oliveira (Pehzinho Racing), Suspensao (5)
25 Sidney Schmitz (Sinister Race Team 2), Suspensao (4)
26 Bibiano Junior (Pehzinho Racing 2), Acidente (2)
27 Weldes Campos (Grip Racing 2), Suspensao (1)
28 Pedro Sodre (Hattrick Racing), Suspensao (1)
29 Cleber Cavalcante (Grip Racing), Suspensao (0)
30 Lucio Linconl (Pehzinho Racing), Abandono (32) [LP]
Volta mais rapida: Luiz de Melo, 1:00.550

Race Control
L.Linconl, Last Position – Gerou incidente de nível 5 (14.5.1) [+5 Licença][1]
W.Matos, Drive Through – Gerou incidente de nível 2 (14.2.1) [+2 Licença][1]
Incidente envolvendo os carros de P.Sodre, W.Campos, F.Porto e L. torres – Nenhuma ação tomada.[2]
Incidente envolvendo os carros de R.Valandro e D. Shinj – Nenhuma ação tomada.[3]
E.Monteiro, +20s no tempo final de prova – Gerou incidente de nível 2 (14.2.1) [+2 Licença][4]
J.Oliveira, Stop-And-Go 10s – Gerou incidente de nível 3 (14.3.1) [+3 Licença][5]
Incidente envolvendo o carro de A.Zanoni – Nenhuma ação tomada.[46]

Pontos nas licenças
Lucio Linconl +5
Wagner Matos +2
Jackson Oliveira +3
Edivan Monteiro +2

Vídeo da etapa

More in Corridas