Connect with us

Corridas

F1BC National Light 2016/1 @ Curitiba

F1BC National Light 2016/1 @ Curitiba

Com um grid cheio e equipes completas, a National Light abriu sua temporada 2016/1 no circuito de Curitiba, nesta quarta-feira (13) e mostrou como seu campeonato promete ser: com largadas que exigem extremo cuidado, além de muito equilíbrio e disputas até o final das corridas. A equipe Clube do Volante formou a primeira fila, mas foi Jean Pierre quem executou estratégia perfeita para levar a vitória.

A tomada de tempos mostrou uma diferença de apenas 2 segundos do pole position para o 32º e último colocado, o que sinalizava que a corrida seria acirrada durante os 50 minutos.

A Clube do Volante surpreendeu formando a primeira fila com o estreante Marcos Furriel ao lado de Fellipe Porto, ambos a frente de Jean Pierre, Andre Neiva, Jackson Oliveira, e os também debutantes Tiago Bandeira e Jarbas Munhoz, enquanto Carlos Tassi, Murilo Parra e Daniel Shinji completaram o Top 10 de um total de 32 pilotos que se apresentaram sem problemas na abertura do campeonato.

Classificação
1 Marcos Furriel (Clube do Volante), 1:23.625
2 Fellipe Porto (Clube do Volante), 1:23.651
3 Jean Pierre (Alliance Sky Racing), 1:23.675
4 Andre Neiva (Pehzinho Racing 2), 1:23.697
5 Jackson Oliveira (Pehzinho Racing), 1:23.778
6 Tiago Bandeira (Marsch Team), 1:23.864
7 Jarbas Munhoz (Shadow Racing), 1:23.883
8 Carlos Tassi (Pehzinho Racing), 1:23.899
9 Murilo Parra (Sinister Race Team), 1:23.931
10 Daniel Shinji (Alliance Sky Racing), 1:23.980
11 Rafael Barbosa (Pehzinho Racing 3), 1:24.009
12 Richard Valandro (Pehzinho Racing 2), 1:24.025
13 Luiz de Melo (Alliance Sky Racing), 1:24.078
14 Pablo Bauer (Marsch Team), 1:24.096
15 Weldes Campos (Grip Racing 2), 1:24.115
16 Edivan Monteiro (Shadow Racing), 1:24.155
17 Vinicius Albuquerque (Alliance Sky Racing 2), 1:24.169
18 Leo Miranda (Clube do Volante), 1:24.181
19 Italo Silveira (Grip Racing 2), 1:24.186
20 Sidney Schmitz (Sinister Race Team 2), 1:24.218
21 Daniel Kaefer (Pehzinho Racing 3), 1:24.225
22 Guilherme Rocha (Pehzinho Racing 3), 1:24.286
23 Alisson Zanoni (Shadow Racing), 1:24.348
24 Bibiano Jr (Pehzinho Racing 2), 1:24.409
25 Gean Celso (Sinister Race Team), 1:24.426
26 Pedro Sodre (Hattrick Racing), 1:24.671
27 Edson Luiz (Sinister Race Team), 1:24.682
28 Izael Castro (Grip Racing 2), 1:24.683
29 Wagner Matos (Alliance Sky Racing 2), 1:24.807
30 Lucio Linconl (Pehzinho Racing), 1:25.037
31 Cleber Cavalcante (Grip Racing), 1:25.319
32 Celso Andriani (Hattrick Racing), 1:25.763

A largada foi uma quebradeira já na reta, em incidente entre Jarbas Munhoz e Carlos Tassi que fechou a pista para parte do pelotão intermediário em diante. Jean Pierre fez bonito ao superar os rivais da primeira fila e assumiu a ponta. Rafael Barbosa de 11º já era sétimo, e Luiz de Melo, que partiu do 13º lugar, fugiu dos enroscos e pintava em sexto. E a primeira volta se encerrou com um “horror crash” digno de compilações no YouTube, com Tiago Bandeira, Daniel Kaefer e Murilo Parra, sendo ampliado por quem não conseguia passar ileso – dentre eles Richard Valandro, que terminou com as quatro rodas para o ar.

O saldo era de nove abandonos, mas a corrida dava motivos para comemoração entre àqueles que conseguiram tomar maior cuidado e seguiam abrilhantando o espetáculo. Jean Pierre seguia segurando a pressão de Porto, Furriel e Neiva. Daí Fellipe conseguiu ganhar a ponta, e Marcos seguiu a tendência, passando a segurar Jean e permitindo ao companheiro de Clube do Volante a abrir pequena vantagem. André também se animava e duelava com estes concorrentes. Rafael Barbosa se aproximava e também vislumbrava um grande resultado.

Nos pit stops, a dupla da Pehzinho Racing realizou a troca parcial dos pneus – apenas os esquerdos, mais exigidos neste circuito de sentido horário – enquanto Pierre, Furriel e Porto fizeram a troca total, voltando atrás inclusive de Jackson Oliveira, que com Barbosa e Neiva formava uma trinca da Pehzinho.

Mas seguir até o final com os pneus direitos quase no arame não s eprovou eficaz, e aos poucos Jean Pierre emplacou uma reação incrível, superando os adversários um a um. No final, o piloto da Alliance Sky Racing superou Rafael Barbosa e faturou a vitória em Curitiba.

Fellipe Porto também conseguiu se recuperar e superou tanto André neiva quanto Jackson Oliveira, quarto e quinto respectivamente, para fechar o pódio da National Light. Marcos Furriel se envolveu em incidente com um adversário, cumpriu um drive through e ainda finalizou em oitavo lugar, um bom placar de estreia para uma nova revelação no F1BC. Antes dele, Gean Celso e Italo Silveira representaram a Sinister Race Team e a Grip Racing, e Wagner Matos e Daniel Kaefer se recuperaram do revés inicial para fecharem o Top 10.

A próxima etapa da National Light será realizada no circuito de Brasília, no dia 27 de janeiro, às 20h00 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo no site www.f1bc.com, que ainda fornece todos os resultados, classificação, informações e VTs das etapas desta e de suas outras categorias.

O F1BC tem parcerias oficiais com Câmara de Comércio e Indústria do Brasil, Soap Car, Chiara Guitar Shop, F1Mania, NRT Servers, e F1-Brasil.

Final, 50 minutos
1 Jean Pierre (Alliance Sky Racing), 35 voltas
2 Rafael Barbosa (Pehzinho Racing 3), +0:01.256
3 Fellipe Porto (Clube do Volante), +0:05.566
4 Andre Neiva (Pehzinho Racing 2), +0:06.469
5 Jackson Oliveira (Pehzinho Racing), +0:19.730
6 Gean Celso (Sinister Race Team), +0:29.524
7 Italo Silveira (Grip Racing 2), +0:35.263
8 Marcos Furriel (Clube do Volante), +0:37.031
9 Wagner Matos (Alliance Sky Racing 2), +0:51.523
10 Daniel Kaefer (Pehzinho Racing 3), +0:53.730
11 Edson Luiz (Sinister Race Team), +0:53.844
12 Tiago Bandeira (Marsch Team), +1:00.256
13 Guilherme Rocha (Pehzinho Racing 3), +1:17.829
14 Celso Andriani (Hattrick Racing), +1 voltas
15 Weldes Campos (Grip Racing 2), +1 voltas
16 Sidney Schmitz (Sinister Race Team 2), +1 voltas
17 Pablo Bauer (Marsch Team), +2 voltas
18 Cleber Cavalcante (Grip Racing), +2 voltas
19 Lucio Linconl (Pehzinho Racing), +2 voltas
20 Alisson Zanoni (Shadow Racing), +2 voltas
21 Izael Castro (Grip Racing 2), +2 voltas
22 Edivan Monteiro (Shadow Racing), Abandono (27)
23 Luiz de Melo (Alliance Sky Racing), Acidente (5)
24 Daniel Shinji (Alliance Sky Racing), Abandono (2)
25 Murilo Parra (Sinister Race Team), Acidente (1)
26 Vinicius Albuquerque (Alliance Sky Racing 2), Acidente (0)
27 Richard Valandro (Pehzinho Racing 2), Suspensao (0)
28 Daniel Paulo (Grip Racing), Suspensao (0)
29 Bibiano Jr (Pehzinho Racing 2), Suspensao (0)
30 Leo Miranda (Clube do Volante), Suspensao (0)
31 Carlos Tassi (Pehzinho Racing), Acidente (0)
32 Jarbas Munhoz (Shadow Racing), Suspensao (0) [LP]
33 Pedro Sodre (Hattrick Racing), Não largou
Volta mais rapida: Marcos Furriel, 1:23.825

Race Control
J.Munhoz, Last Position – Gerou incidente causando acidente múltiplo (14.5.2) [+5 Licença][1]
Incidente envolvendo os carros de M.Parra, D.Kaefer, V.Albuquerque, G.Celso, R.Valandro, T.Bandeira e A.Zanoni – Nenhuma ação tomada.[1]
Incidente envolvendo os carros de G. Celso, G. Rocha, Murilo Parra nenhuma ação tomada.[1]
Incidente envolvendo o carro J.Oliveira nenhuma ação tomada.[1]
P.Bauer, Drive Through – Gerou incidente de nível 2 (14.2.1) [+2 Licença] [18]
M.Furriel, Drive Through – Gerou incidente de nível 2 (14.2.1) [+2 Licença] [27]
Incidente envolvendo os carros de D Kaefer e E.Luiz – Nenhuma ação tomada.[35]

Pontos nas licenças
Jarbas Munhoz [+5 Licença]
Pablo Bauer [+2 Licença]
Marcos Furriel [+2 Licença]

Vídeo da etapa

More in Corridas