Connect with us

Corridas

F1BC Touring Junior 2016/1 @ Magny-Cours

F1BC Touring Junior 2016/1 @ Magny-Cours

A Touring Junior segue surpreendendo no F1 Brasil Clube nesta primeira temporada de 2016. Depois de uma apresentação de poucos incidentes logo na abertura em Dubai, foi a vez de Magny-Cours receber a segunda prova da competição, com um pouco mais de disputas acaloradas, e culminando com a definição na última curva, quando Matheus Berçot destracionou na chicane e viu Roberto Christian da GA Team Racing passar para receber a bandeira quadriculada a frente, nesta quinta-feira (4).

A classificação teve Felipe Monteiro (50kg) como o novo pole position no clube, superando Cleber Cavalcante (10kg) e Roberto Christian. Já o estreante Elson Almeida (10kg) mostrou serviço e já pintou em quarto, logo a frente do líder do campeonato Matheus Berçot, que mesmo com 100kg de lastro impressionou. O Top 10 ficou completo com Rodrigo Santos, Junior Rolim, Tiago Dias (70kg), Gledson Machado (80kg) e Renan Costa. O vice-líder do campeonato Daniel Vieira (90kg) foi apenas o 12º de um total de 21 presentes no circuito francês.

Classificação
1 Felipe Monteiro (Grip Racing), 1:42.738
2 Cleber Cavalcante (Grip Racing), 1:43.063
3 Roberto Christian (GA Team Racing), 1:43.394
4 Elson Almeida (Grip Racing), 1:43.709
5 Matheus Bercot (Grip Racing), 1:44.016
6 Rodrigo Santos (Hattrick Racing), 1:44.068
7 Junior Rolim (GA Team Racing), 1:44.614
8 Tiago Dias (Grip Racing), 1:45.103
9 Gledson Machado (W3 Race), 1:45.312
10 Renan Costa (Grip Racing), 1:45.358
11 Gilson Junior (KAMF Racing), 1:45.509
12 Daniel Vieira (Grip Racing), 1:45.768
13 Matheus Fonseca (zEquipe31), 1:45.857
14 Matheus Manarim (Hattrick Racing), 1:45.978
15 George Alexandre (GA Team Racing), 1:47.306
16 Leonardo Ferreira (Hattrick Racing), 1:47.353
17 Rodrigo Yoshihara (Hattrick Racing), 1:47.775
18 Mauricio Pinhal (Araucaria Racing), 1:47.832
19 Renato Sousa (W3 Race), 1:48.225
20 Emerson Moreno (Grip Racing), 1:49.045
21 Ronaldo Castelo (Araucaria Racing), 1:49.126

Os pilotos capricharam na largada em um dos circuitos onde estes primeiros momentos são mais perigosos. Apenas no final do pelotão alguns toques ocorreram, e a primeira baixa foi de Matheus Manarim.

O incidente que surpreendeu a todos foi mesmo do pole position Felipe Monteiro, que destracionou na entrada do grampo e ficou atravessado, dando poucas chances para os demais desviarem. Isso mexeu na ordem geral e agora Cavalcante liderava seguido por Berçot, Costa, Vieira, Dias, e Machado. Detalhe para Christian caindo para o 14º lugar e inciiando uma corrida de recuperação.

Enquanto Cavalcante levava pressão de Berçot e ainda encarava alguma intermitência em sua conexão, Monteiro ainda tentou ultrapassar um companheiro de equipe e mais um toque ocorreu, prejudicando ainda mas sua recuperação. Christian trazia o BMW E90 da GA com estilo e na sexta volta já era o sexto colocado.

Nos pit stops, Cavalcante tocou um carro da Hattrick parado e ainda passou reto em sua vaga, perdendo muito tempo e voltando atrás de Berçot, que agora liderava. Mas o líder do ampeonato, que havia entrado junto de seu parceiro no pitlane, também saiu no prejuízo com a lambança e viu Roberto Christian bem próximo assim que o piloto da GA retornou de seu reabastecimento e trocas de pneus.

O piloto independente Matheus Fonseca aparecia se destacando com o quarto lugar mas teve problemas em seu equipamento e deixou a disputa. O tráfego também foi grande com pilotos que aparentemente não se prepararam muito e estavam bem mais lentos em pista, abrindo passagem para os líderes. Ainda assim 18 carros completaram, revelando um baixo índice de abandonos.

As estratégias eram de duas paradas para todos. E era possível observar que Berçot com seus 100kg de lastro encarava um desgaste de pneus severo. Seu segundo pit stop o deu certo alívio nos momentos iniciais, mas as voltas derradeiras eram um sofrimento, e Christian se aproximava bastante. O duelo foi para a última volta.

Na última vez em que passavam pela chicane final, Berçot destracionou ao atacar a zebra e perdeu velocidade. Roberto Christian passou ao lado com mais embalo e cruzou a linha de chegada em primeiro para alegria da GA Team Racing, em uma corrida memorável. Matheus Berçot ainda pode comemorar, já que o segundo posto lhe dá segurança na ponta da tabela de pontuação. Tiago Dias completou o pódio.

A próxima etapa da Touring Junior será realizada no circuito de Motorland, no dia 25 de fevereiro, às 20h00 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo no site www.f1bc.com, que ainda fornece todos os resultados, classificação, informações e VTs das etapas desta e de suas outras categorias.

O F1BC tem parcerias oficiais com Câmara de Comércio e Indústria do Brasil, Soap Car, Chiara Guitar Shop, F1Mania, NRT Servers, e F1-Brasil.

Final, 50 minutos
1 Roberto Christian (GA Team Racing), 28 voltas
2 Matheus Bercot (Grip Racing), +0:00.423
3 Tiago Dias (Grip Racing), +0:59.798
4 Cleber Cavalcante (Grip Racing), +1:14.077
5 Elson Almeida (Grip Racing), +1:25.513
6 Gilson Junior (KAMF Racing), +1:31.053
7 Rodrigo Santos (Hattrick Racing), +1:33.567
8 Daniel Vieira (Grip Racing), +1:39.525
9 Junior Rolim (GA Team Racing), +1:48.345
10 Felipe Monteiro (Grip Racing), +1 voltas
11 George Alexandre (GA Team Racing), +1 voltas
12 Renan Costa (Grip Racing), +1 voltas
13 Ronaldo Castelo (Araucaria Racing), +1 voltas
14 Rodrigo Yoshihara (Hattrick Racing), +1 voltas
15 Mauricio Pinhal (Araucaria Racing), +2 voltas
16 Renato Sousa (W3 Race), +3 voltas
17 Emerson Moreno (Grip Racing), +3 voltas
18 Leonardo Ferreira (Hattrick Racing), +5 voltas
19 Matheus Manarim (Hattrick Racing), Abandono (0) [+20s]
— Matheus Fonseca (zEquipe31), Acidente (17) [DQ]
— Gledson Machado (W3 Race), Suspensao (5) [DQ]
Volta mais rapida: Felipe Monteiro, 1:43.128

Race Control
Incidente envolvendo os carros de G.Junior e J.Rolim – Nenhuma ação tomada.[1]
E.Moreno, Stop-And-Go 10s – Gerou incidente de nível 3 (14.3.1) [+3 Licença][1]
Incidente envolvendo os carros de G.Junior e M.Manarim – Nenhuma ação tomada.[1]
Incidente envolvendo o carro de G.Alexandre – Nenhuma ação tomada.[1]
E.Moreno, Warning – Gerou incidente de nível 1 (14.1.1) [+1 Licença]
M.Manarin +20s no tempo final de prova – Gerou incidente de nível 2 (14.2.1) [+2 Licença][1]
E.Moreno, Warning – Gerou incidente de nível 1 (14.1.1) [+1 Licença][2]
R.Castelo, Drive-Through – Gerou incidente de nível 2 (14.2.1) [+2 Licença][5]
R.Santos, Drive-Through – Gerou incidente de nível 2 (14.2.1) [+2 Licença][5]
Incidente envolvendo o carro de T.Dias – Nenhuma ação tomada.[18]
R.Sousa, Warning – Gerou incidente de nível 1 (14.1.1) [+1 Licença]
R.Yoshihara, Warning – Dificultou passagem quando retardatário sem causar perda significativa (14.1.3) [+1 Licença]
G.Machado, Disqualification – Reprovou na Vistoria Técnica (14.6.4) [+6 Licença][Log]
M.Fonseca, Disqualification – Reprovou na Vistoria Técnica (14.6.4) [+6 Licença][Log]

Pontos nas licenças
Emerson Moreno +5
Ronaldo Castelo +2
Rodrigo Santos +2
Renato Sousa +1
Rodrigo Yoshihara +1
Matheus Manarin +1
Gledson Machado +6
Matheus Fonseca +6

Vídeo da etapa

More in Corridas