Connect with us

Corridas

F1BC Touring Light 2016/1 @ Magny-Cours

F1BC Touring Light 2016/1 @ Magny-Cours

Show de disputas na Touring Light! A quinta-feira (4) reservou no circuito de Magny-Cours uma segunda etapa de campeonato no F1 Brasil Clube com muitas emoções, briga na liderança, e o pulo do gato de Leandro Vieiras, que no pit stop saiu a frente de Robson Nadur, mostrando depois uma consistência incrível para conquistar a sua primeira vitória no clube e de quebra assumir por um ponto a liderança do campeonato.

Robson Nadur iniciou os trabalhos com a pole position sobre Igor Napol (40kg), e a sequência teve Leandro Vieiras, Felipe Fargnolli (10kg), Gabriel Romanzini (50kg), Guilherme Fargnolli (líder com 100kg), Murilo Biscaro (30kg), Fernando Moreira (70kg), Flavio Xavier (60kg) e Ricardo Alves, de um total de 15 carros neste encontro. Um número não muito expressivo, mas onde a qualidade é enorme: são três campeões de Touring Junior (Napol, Moreira, Romanzini), um vice (Xavier), sem contar o duas vezes vice-campeão da Touring Light Guilherme Fargnolli, que em Magny-Cours teve um destino cruel.

Classificação
1 Robson Nadur (Mondial Racing), 1:38.486
2 Igor Napol (Grip Racing), 1:38.665
3 Leandro Vieiras (Hattrick Racing), 1:38.765
4 Felipe Fargnolli (Grip Racing), 1:38.925
5 Gabriel Romanzini (Mondial Racing), 1:39.399
6 Guilherme Fargnolli (Grip Racing), 1:39.426
7 Murilo Biscaro (KAMF Racing), 1:39.470
8 Fernando Moreira (Grip Racing), 1:39.567
9 Flavio Xavier (KAMF Racing), 1:39.898
10 Ricardo Alves (Hattrick Racing), 1:39.953
11 Marcelo Lopes (Grip Racing), 1:40.487
12 Adelar de Vargas (Grip Racing), 1:40.712
13 Joao Augusto (Grip Racing), 1:40.774
14 TH Lemos (Hattrick Racing), 1:41.029
15 Rafael da Conceicao (Independente), 1:44.287

A largada em Magny-Cours é sempre complicada, mas o mais incrível foi que os pilotos da Touring Light capricharam mais do que na abertura do campeonato em Dubai. Nadur, Napol, Felipe e Guilherme Fargnolli, e Vieiras apenas em quinto.

O primeiro abandono foi de Felipe Fargnolli por esquecer do combustível, ficando para trás na terceira volta. Na verdade esta foi a única baixa em pista, mostrando o alto nível da competição. Os lastros davam mostras reais de dificuldade, com Guilherme sendo superado na subida por Vieiras, em forte ritmo. Moreira aproveitou para ganhar posição do companheiro de Grip, e logo depois Romanzini achou uma brecha e passou ambos, em um pega triplo fantástico.

O primeiro pit stop já mudou a história da corrida. Enquanto Napol perdeu terreno, Vieiras encostou em Nadur e ambos foram juntos aos boxes. O piloto da hattrick Racing saiu com um capô de vantagem e tomou a ponta na curva Estoril. Daí em diante foi uma disputa de muita proximidade com Nadur.

Os duelos eram intensos. Guilherme Fargnolli e Murilo Biscaro, e logo em seguida João Augusto e Marcelo Lopes. Sem contar a perseguição de Moreira sobre Romanzini. A Touring Light está sobrando em competitividade e equilíbrio.

Com um segundo pit stop bem acertado, Leandro Vieiras permaneceu a frente e, com um ritmo forte aliado ao bom controle no desgaste de pneus, fechou uma corrida sem erros para vencer pela primeira vez no F1BC. Robson Nadur e Igor Napol completaram um pódio diversificado entre as equipes.

O mais complicado para Guilherme Fargnolli foi o problema no envio de seu log obrigatório a todos os pilotos, ficando assim sem marcar pontos na etapa. Agora a liderança na Touring Light é de Vieiras com 61 pontos, e a ordem conta com: 60 Moreira, 59 Lopes, 59 Napol, 57 Romanzini, 55 Nadur, 51 Augusto, enquanto Fargnolli tem seus 50 e segue forte em uma das tabelas mais equilibradas dentre as 15 categorias do F1BC.

A próxima etapa da Touring Light será realizada no circuito de Motorland, no dia 25 de fevereiro, às 22h00 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo no site www.f1bc.com, que ainda fornece todos os resultados, classificação, informações e VTs das etapas desta e de suas outras categorias.

O F1BC tem parcerias oficiais com Câmara de Comércio e Indústria do Brasil, Soap Car, Chiara Guitar Shop, F1Mania, NRT Servers, e F1-Brasil.

Final, 50 minutos
1 Leandro Vieiras (Hattrick Racing), 30 voltas
2 Robson Nadur (Mondial Racing), +0:04.493
3 Igor Napol (Grip Racing), +0:22.024
4 Gabriel Romanzini (Mondial Racing), +0:33.678
5 Fernando Moreira (Grip Racing), +0:42.184
6 Ricardo Alves (Hattrick Racing), +1:01.269
7 Murilo Biscaro (KAMF Racing), +1:23.485
8 Adelar de Vargas (Grip Racing), +1:24.794
9 Marcelo Lopes (Grip Racing), +1 voltas
10 Joao Augusto (Grip Racing), +1 voltas
11 Flavio Xavier (KAMF Racing), +1 voltas
12 TH Lemos (Hattrick Racing), +1 voltas
13 Rafael da Conceicao (Independente), +2 voltas
14 Felipe Fargnolli (Grip Racing), Combustivel (3)
— Guilherme Fargnolli (Grip Racing), +1:21.247 [DQ]
Volta mais rapida: Robson Nadur, 1:38.940

Race Control
M.Lopes, Drive-Through – Gerou incidente de nível 2 (14.2.1) [+2 Licença][1]
A.de Vargas, Drive-Through – Gerou incidente de nível 2 (14.2.1) [+2 Licença][1]
Incidente envolvendo os carros de J.Augusto e M.Biscaro – Nenhuma ação tomada.[1]
Incidente envolvendo os carros de TH.Lemos e R.da Conceição – Nenhuma ação tomada.[1]
R.Alves, Drive-Through – Gerou incidente de nível 2 (14.2.1) [+2 Licença][10]
R.Nadur, Warning – Gerou incidente de nível 1 (14.1.1) [+1 Licença][21]
Incidente envolvendo o carro de G.Fargnolli – Nenhuma ação tomada.[21]
Incidente envolvendo os carros de R.Alves e M.Biscaro – Nenhuma ação tomada.[27]
M.Biscaro, Warning – Gerou incidente de nível 1 (14.1.1) [+1 Licença][28]
G.Fargnolli, Disqualification – Reprovou na Vistoria Técnica (14.6.4) [+6 Licença][Log]

Pontos nas licenças
Marcelo Lopes +2
Adelar de Vargas +2
Ricardo Alves +2
Robson Nadur +1
Murilo Biscaro +1
Guilherme Fargnolli +6

Vídeo da etapa

More in Corridas