Connect with us

Corridas

F1BC Touring Light 2016/1 @ Motorland

F1BC Touring Light 2016/1 @ Motorland

Com uma corrida com menos carros do que o aguardado em Motorland nesta quinta-feira (25), o F1 Brasil Clube teve uma terceira etapa da Touring Light com ótima largada, boas disputas e o domínio de Flavio Xavier da KAMF Racing, que aliou bom trato com os pneus e muita velocidade para reagir na competição. O ponto alto sem dúvidas é o que o resultado entregou: um dos campeonatos mais equilibrados da temporada 2016/1 no clube.

Já na classificação foi possível observar que o sistema de lastros equalizou bastante os desempenhos. Guilherme Fargnolli, é bom destacar, só esteve mais leve (40kg) por ter sido desclassificado por falta de envio de log na prova anterior, e com isso marcou a pole position. Robson Nadur, Flavio Xavier, Felipe Fargnolli, Murilo Biscaro, Gabriel Romanzini, Marcelo Lopes, e Fernando Moreira ficaram todos dentro do mesmo segundo. Ricardo Alves, João Augusto, Adelar de Vargas e TH Lemos completaram o grupo, desfalcado principalmente pelo líder do campeonato Leandro Vieiras com problemas em seu PC.

Classificação
1 Guilherme Fargnolli (Grip Racing 2), 1:59.491
2 Robson Nadur (Mondial Racing), 1:59.718
3 Flavio Xavier (KAMF Racing), 1:59.874
4 Felipe Fargnolli (Grip Racing 2), 1:59.930
5 Murilo Biscaro (KAMF Racing), 2:00.000
6 Gabriel Romanzini (Mondial Racing), 2:00.229
7 Marcelo Lopes (Grip Racing 2), 2:00.380
8 Fernando Moreira (Grip Racing), 2:00.679
9 Ricardo Alves (Hattrick Racing), 2:01.134
10 Joao Augusto (Grip Racing), 2:01.259
11 Adelar de Vargas (Grip Racing 3), 2:01.518
12 TH Lemos (Hattrick Racing), 2:01.644

Diferente da Touring Junior em Motorland, a categoria Light do rFactor executou excelente largada e posições praticamente intactas. Mas a briga pela ponta já se formava com Nadur jogando toda pressão sobre Fargnolli. As tentativas iniciais foram em vão, até que Robson foi superado por um Xavier determinado em realizar ultrapassagens.

Os bons duelos entre João Augusto e Murilo Biscaro, e envolvendo Ricardo Alves e Adelar de Vargas deram espaço para a primeira e única baixa da noite: Robson Nadur teve problemas e abandonou na sexta volta. Daí foi uma questão de tempo para Flavio Xavier caprichar na perseguição sobre Guilherme Fargnolli e realizar boa ultrapassagem pela liderança.

Mais uma vez o circuito espanhol forçou todos a realizarem duas trocas de pneus e reabastecimentos. Guilherme até entrou nos boxes uma volta mais tarde para buscar ter pneus mais conservados no fim, mas isso não foi suficiente para buscar o volante da KAMF Racing.

Ao final, Flavio Xavier confirmou a vitória, com Guilherme Fargnolli e seu irmão Felipe Fargnolli – que segurou bem a pressão do amigo Marcelo Lopes – fechando o pódio. Fernando moreira completou um Top 5 de muitos pilotos da Grip, mas com um vencedor da KAMF.

O equilíbrio na pontuação se tornou o grande atrativo da categoria: 93 Guilherme Fargnolli, 91 Lopes, 90 Xavier, 88 Moreira, 85 Romanzini. Uma pena foram as ausências do ex-líder Leandro Vieiras com problemas em sua máquina, ficando com os mesmos 61 pontos, e de Igor Napol, não justificada, permanecendo na casa dos 59 tentos. A pontuação completa de pilotos e equipes está no website oficial www.f1bc.com.

A próxima etapa da Touring Light será realizada no circuito de Indianápolis, no dia 10 de março, às 22h00 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo no site www.f1bc.com, que ainda fornece todos os resultados, classificação, informações e VTs das etapas desta e de suas outras categorias.

O F1BC tem parcerias oficiais com Câmara de Comércio e Indústria do Brasil, Soap Car, Aliança Consultoria, F1Mania, NRT Servers, SimRacingTools, e F1-Brasil.

Final, 50 minutos
1 Flavio Xavier (KAMF Racing), 25 voltas
2 Guilherme Fargnolli (Grip Racing 2), +0:09.170
3 Felipe Fargnolli (Grip Racing 2), +0:23.457
4 Marcelo Lopes (Grip Racing 2), +0:24.082
5 Fernando Moreira (Grip Racing), +0:46.040
6 Gabriel Romanzini (Mondial Racing), +0:50.727
7 Murilo Biscaro (KAMF Racing), +0:59.480
8 Ricardo Alves (Hattrick Racing), +1:04.820
9 Adelar de Vargas (Grip Racing 3), +1:14.498
10 Joao Augusto (Grip Racing), +1:21.267
11 TH Lemos (Hattrick Racing), +1:49.201
12 Robson Nadur (Mondial Racing), Abandono (6)
Volta mais rapida: Guilherme Fargnolli, 1:59.340

Race Control
Incidente envolvendo os carros de M.Biscaro e A.de Vargas – Nenhuma ação tomada.[1]
Incidente envolvendo os carros de TH.Lemos e J.Augusto – Nenhuma ação tomada.[4]
M.Biscaro, Drive-Through – Gerou incidente de nível 2 (14.2.1) [+2 Licença][4]
R.Alves, Warning – Gerou incidente de nível 1 (14.1.1) [+1 Licença][6]
Incidente envolvendo o carro de J.Augusto – Nenhuma ação tomada.[7]
M.Biscaro, Warning – Gerou incidente de nível 1 (14.1.1) [+1 Licença][8]
G.Romanzini, Warning – Realizou 1 saída de pista com ganho de tempo (14.1.2) [+1 Licença][17]
Incidente envolvendo os carros de J.Augusto e R.Alves sob investigação.[20]
R.Aves, Drive-Through – Gerou incidente de nível 2 (14.2.1) [+2 Licença][20]

Pontos nas licenças
Murilo Biscaro +3
Ricardo Alves +3
Gabriel Romanzini +1

Vídeo da etapa

More in Corridas