Connect with us

Corridas

F1BC Nascar Pro 2016/1 @ Phoenix

F1BC Nascar Pro 2016/1 @ Phoenix

A nona e penúltima etapa da Nascar Pro, realizada nesta terça-feira (15) em Phoenix, foi uma surpresa em todos os sentidos. Uma pelo baixo número de presentes mesmo sendo a derradeira qualificação rumo a final em Fontana, outra pelo nível altíssimo de disputas durante as 140 voltas, onde nenhuma bandeira amarela foi acionada. Por fim, estratégias diferentes que culminaram em êxito para os três primeiros colocados: Junior Borborema, Bruno Barbugli, e João Carlos Nóbrega, que junto de Arthur de Castro e Lucas Abreu se garantem na decisão de título.

A surpresa maior na classificação – e na largada – foi a ausência de pilotos que até então estavam dentro do cronograma de atividades, dentre eles os postulantes a vaga para a final Deco Guimarães e Evandro Dantas, além de Rodrigo Munhoz. O mais bizarro ainda foi que apenas cinco anotaram tempos, dividindo entre o bloco dos classificados e aqueles que optaram por largar do fundo da grelha. O único fora dos grupo remanescente de oito que buscavam as cinco vagas para a decisão era Sergio Calizario.

Classificação
1 Joao Nobrega (Independente), 27.954
2 Junior Borborema (DR Racers), 28.023
3 Sergio Calizario (Falcon Motorsports 2), 28.136
4 Vinicius Lopes (Alliance Sky Racing), 28.237
5 Lucas Abreu (Alliance Sky Racing), 28.270
6 Bruno Barbugli (Falcon Motorsports), Sem tempo
7 Arthur de Castro (DR Racers), Sem tempo
8 Anderson Vilela (Sinister Race Team), Sem tempo
9 Pedro Humenhuk (Falcon Motorsports 2), Sem tempo

Logo no início, Arthur de Castro teve problemas para logar na sessão e entrou com a corrida já em 11 voltas completadas. O piloto da DR não se acanhou, soube de suas chances de se classificar e foi para a pista mesmo assim, uma decisão crucial para sua classificação.

A corrida em si teve o brilho da própria capacidade de desenvolvimento estratégico dos pilotos. Jr Borborema, Lucas Abreu e Vinicius Lopes claramente partiam para uma única parada, na volta 70, e no final de cada trecho se arrastavam na pista com um ritmo bem mais lento que os demais. Já Bruno Barbugli fez uma opção de duas paradas, equilibrando um pouco mais ritmo e desgaste de pneus. Mais arrojado, JC Nóbrega optou por três paradas, e voava na pista o tempo todo, descontando volta sobre os demais, mas perdendo um tempo aqui ou ali por conta disso.

Pedro Humenhuk teve problemas de conexão e voltou giros atrás, o que comprometeu sua chance de classificação. Aos poucos percebia-se que Vinicius Lopes não conseguia levar sua estratégia com sucesso, e ficava para trás diante dos que realizavam mais pit stops. Sergio Calizario era a pedra no sapato dos que pleiteavam vaga para a final, chegou a liderar voltas, mas também sofreu com o ritmo no final.

As voltas derradeiras foram de muita expectativa, com borborema perdendo ritmo com pneus velhos, e Nóbrega e Barbugli se aproximando. Para o azar desta dupla, a disputa por posiçõa foi intensa, e assim nenhum dos dois conseguiria se aproximar do líder a tempo. Final com Jr Borborema vencendo, Bruno Barbugli em segundo, e JC Nóbrega fechando o pódio.

Com o título de equipes já garantido, a Falcon Motorsports se deu ao luxo de contar com as ausências de Luis Antonio Piccolo e Rafael Matta, e assim ficou bizarramente desfalcada, apenas Bruno Barbugli como representante em seu trio principal, enquanto a DR Racers conseguiu a reação com Jr Borborema e Arthur de Castro, e a briga pelo vice segue acirrada com a Alliance Sky Racing, de Lucas Abreu e Vinicius Lopes. A Racing 4Fun perdeu em Phoenix esta chance com a falta coletiva de seu trio.

A próxima etapa da Nascar Pro será realizada no circuito de Fontana, no dia 22 de março, às 22h00 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo no site www.f1bc.com, que ainda fornece todos os resultados, classificação, informações e VTs das etapas desta e de suas outras categorias.

O F1BC tem parcerias oficiais com Câmara de Comércio e Indústria do Brasil, Soap Car, Aliança Consultoria, F1Mania, NRT Servers, SimRacingTools, SimSync, e F1-Brasil.

Final, 140 voltas
1 Junior Borborema (DR Racers), 140 voltas
2 Bruno Barbugli (Falcon Motorsports), +00.591
3 Joao Nobrega (Independente), +1.002
4 Lucas Abreu (Alliance Sky Racing), +9.914
5 Anderson Vilela (Sinister Race Team), +15.753
6 Sergio Calizario (Falcon Motorsports 2), +17.201
7 Vinicius Lopes (Alliance Sky Racing), +1 volta
8 Pedro Humenhuk (Falcon Motorsports 2), +8 voltas
9 Arthur de Castro (DR Racers), +11 voltas
Volta mais rápida: Joao Nobrega, 28.183

Pontos bônus
Junior Borborema +2 por liderar mais voltas
Joao Nobrega +1 por liderar uma volta
Bruno Barbugli +1 por liderar uma volta
Sergio Calizario +1 por liderar uma volta

Race Control
Incidente envolvendo os carros de J.Nobrega e V.Lopes – Nenhuma ação tomada. [84]
Incidente envolvendo os carros de J.Nobrega e A.Castro – Nenhuma ação tomada. [106]

Vídeo da etapa

More in Corridas