Connect with us

Corridas

F1BC Indy Pro 2016/1 @ Richmond

F1BC Indy Pro 2016/1 @ Richmond

A etapa final da Indy Pro teve alguns acontecimentos que foram vistos na etapa final da Indy Light, disputada mais cedo. Principalmente na disputa do título, onde Sergio Rodrigues foi o campeão também antes da bandeirada, após Deco Guimarães passar por problemas. Alberto Ribeiro se aproveitou de incidentes para relargar da última bandeira amarela e conquistar a vitória, à frente de Rodrigo Munhoz e Carlos Guimarães. Entre as equipes, a Sinister Race Team conquistou o título com uma pequena vantagem de seis pontos para a Pegoraros Racing.

A classificação teve a primeira fila da Sinister Race Team, com Sergio Rodrigues na pole position e Carlos Guimarães na sequência. André Cattermol, Thiago Peres e Pedro Humenhuk formaram o top 5, com Rodrigo Munhoz, Alberto Ribeiro, Adriano Fraporti, José Crescente e Deco Guimarães na sequência completando o top 10 do grid de largada da noite desta segunda-feira (18).

Classificação
1 Sergio Rodrigues (Sinister Race Team), 15.384
2 Carlos Guimaraes (Sinister Race Team), 15.443
3 Andre Cattermol (Pro Drivers), 15.456
4 Thiago Peres (Pegoraros Racing), 15.466
5 Pedro Humenhuk (Falcon Motorsports), 15.479
6 Rodrigo Munhoz (Racing 4Fun), 15.499
7 Alberto Ribeiro (Static Racing), 15.571
8 Adriano Fraporti (Pegoraros Racing), 15.646
9 Jose Crescente (Pegoraros Racing 2), 15.688
10 Deco Guimaraes (Racing 4Fun), 16.008
11 Wagner Pegoraro (Pegoraros Racing), 16.351
12 Andre Cozza (Pro Drivers), Sem tempo
13 Mateus Monteiro (Pegoraros Racing 2), Sem tempo
14 Rafael David (Pro Drivers), Sem tempo

A última largada da temporada da Indy Pro não poderia ter sido melhor. Sem qualquer incidente, as cinco primeiras posições não tiveram alterações, assim como grande parte do grid. Enquanto isso, Deco Guimarães iniciava sua recuperação em busca do título ganhando algumas posições no fundo do grid.

Deco Guimarães, que vinha tentando escalar o grid, acabou indo parar no muro, e ao longo da corrida chegou a mais de quarenta voltas atrás do líder. Com isso, quando Rodrigues abriu a quadragésima volta, já pôde comemorar o título da temporada 2016/1 da Indy Pro mesmo antes da quadriculada.

Ao fim, um incidente entre Rodrigues e Carlos Guimarães mudou o destino da corrida, pois na relargada Alberto Ribeiro, que fez parte de muitas ultrapassagens em boas disputas durante a prova, aparecia na liderança e triunfou pela segunda vez no campeonato. Rodrigo Munhoz foi o segundo, à frente de Carlos Guimarães, que mesmo com o abandono de seu companheiro de equipe Rodrigues, contribuiu para o título da Sinister Race Team no campeonato por equipes. Pedro Humenhuk foi o quarto e confirmou o terceiro lugar no campeonato, seguido por André Cozza, que completou o top 5.

O F1 Brasil Clube parabeniza Sergio Rodrigues pelo título, Deco Guimarães pelo vice campeonato, e Pedro Humenhuk pelo terceiro lugar, além da Sinister Race Team, campeã entre as equipes, todos estes ganhando premiações do F1BC, sendo troféus a piloto e equipe campeã, e medalhas aos pilotos vice e terceiro colocados.

A próxima temporada da Indy Pro se iniciará no circuito de Indianapolis, no dia 30 de maio, às 22h00 (horário de Brasília). A F1BC ainda está com as inscrições abertas, e através do site www.f1bc.com/inscricoes você pode fazer parte do grid não só desta categoria como outras que o clube lhe oferece.

O F1BC tem parcerias oficiais com Riffel Driving Academy, Câmara de Comércio e Indústria do Brasil, Soap Car, Aliança Consultoria, F1Mania, NRT Servers, SimRacingTools, SimSync, Reiza Studios, Manarim Designs, e F1-Brasil.

Final, 150 voltas
1 Alberto Ribeiro, 150 voltas
2 Rodrigo Munhoz (Racing 4Fun), +3.953
3 Carlos Guimaraes (Sinister Race Team), +5.351
4 Pedro Humenhuk (Falcon Motorsports), +5.625
5 Andre Cozza (Pro Drivers), +5.876
6 Adriano Fraporti (Pegoraros Racing), +8.302
7 Rafael David (Pro Drivers), +1 volta
8 Sergio Rodrigues (Sinister Race Team), +23 voltas (Abandono)
9 Wagner Pegoraro (Pegoraros Racing), +29 voltas (Abandono)
10 Deco Guimaraes (Racing 4Fun), +44 voltas (Abandono)
11 Mateus Monteiro (Pegoraros Racing 2), +45 voltas (Abandono)
12 Thiago Peres (Pegoraros Racing), +46 voltas (Abandono)
13 Andre Cattermol (Pro Drivers), +79 voltas (Abandono)
14 Jose Crescente (Pegoraros Racing 2), +91 voltas (Abandono)
Volta mais rápida: Alberto Ribeiro, 15.430

Race Control
Incidente envolvendo os carros de Sergio Rodrigues, Carlos Guimarães e Rafael David – Nenhuma ação tomada.
Incidente envolvendo os carros de Rodrigo Munhoz e Alberto Ribeiro – Nenhuma ação tomada.
Incidente envolvendo os carros de Rodrigo Munhoz e Mateus Monteiro – Nenhuma ação tomada.

Vídeo da etapa

More in Corridas