Connect with us

Corridas

F1BC Touring Pro 2016/2 @ Buenos Aires

F1BC Touring Pro 2016/2 @ Buenos Aires

Na noite desta quarta-feira (2), o formato veloz do circuito de Buenos Aires recebeu a segunda etapa da Touring Pro, que conta com os bólidos da DTM. Guilherme Fargnolli dominou a etapa do circuito argentino, marcando a pole position, volta mais rápida e triunfando após liderar todas as voltas. O pódio ainda teve Ricardo Pereira e Victor Bueno.

Nos instantes finais da classificação, Guilherme Fargnolli cravou a pole position com o tempo de 1m23s124, e junto com Tiago Dias, João Augusto e Victor Bueno formavam as duas primeiras filas com os bólidos da Grip Racing. Matheus Araujo marcou a quinta melhor volta, largando à frente de Ricardo Pereira e Felipe Fargnolli. Endrigo de Castro, Marcelo Lopes e Davi Brito completaram o top 10 do grid de largada.

Classificação
1 Guilherme Fargnolli (Grip Racing 2), 1:23.124
2 Tiago Dias (Grip Racing 3), 1:23.158
3 Joao Augusto (Grip Racing), 1:23.344
4 Victor Bueno (Grip Racing), 1:23.764
5 Matheus Araujo (Thunder Racing), 1:23.774
6 Ricardo Pereira (Overtake Racing), 1:23.795
7 Felipe Fargnolli (Grip Racing 2), 1:23.801
8 Endrigo de Castro (Overtake Racing 2), 1:23.825
9 Marcelo Lopes (Grip Racing 2), 1:23.898
10 Davi Brito (Sim-Force Sim Racing), 1:23.933
11 Vinicius Oliveira (Overtake Racing), 1:24.056
12 Rangel Fuzaro (Overtake Racing), 1:24.098
13 Thiago Pimenta (Grip Racing), 1:24.145
14 Marcelo Mazon (Independente), 1:24.185
15 Marcos Prata (Red Arrow Racing Team), 1:24.186
16 Carlos Serra (Red Arrow Racing Team), 1:24.219
17 Marcio Medeiros (Hattrick Racing), 1:24.391
18 Gabriel Romanzini (Mondial Racing), 1:24.572
19 Daniel Vieira (Grip Racing 3), 1:25.102
20 Daniel Daher (Mondial Racing), 1:25.916

Antes mesmo da largada o grid teve sua primeira baixa. Tiago Dias não conseguiu alinhar seu carro para a arrancada inicial por um problema técnico.

A etapa iniciou com uma excelente largada, tendo Guilherme Fargnolli se mantendo na ponta e João Augusto em segundo. Victor Bueno aparecia em terceiro, à frente de Felipe Fargnolli, que pulou de sétimo para quarto, porém, foi punido com drive through e teve passar pelos boxes. E enquanto Matheus Araujo completava o top 5, Marcelo Lopes e Gabriel Romanzini abusavam dos seus pneus frios e escapavam pela grama.

Os bólidos seguiam próximos durante boa parte da corrida, mas era nítido que, apesar das grandes retas e curvas de alta, não havia facilidade nas ultrapassagens no circuito argentino. A exceção foi Ricardo Pereira, que se destacou na etapa após conquistar boas posições e sair de sexto para disputar a vitória, em segundo. O piloto da Overtake Racing foi a primeiro a ir aos boxes, antes mesmo da metade da prova.

As estratégias consistiram em uma parada. E a movimentação maior nos boxes aconteceu quando foram alcançados 25 minutos de prova, onde principalmente os líderes realizaram suas paradas, inclusive Guilherme Fargnolli, que seguia num ritmo irretocável na liderança.

Ao final, Guilherme Fargnolli, em noite inspirada, recebeu a quadriculada para a vitória, com direito a Hattrick e Grand Chelem. Ricardo Pereira chegou em segundo. Victor Bueno e Rangel Fuzaro duelaram pelo lugar no pódio nos instantes finais, entretanto, o companheiro de Pereira acabou sendo punido por um toque no piloto da Grip Racing, que subiu ao pódio em terceiro. João Augusto foi o quarto, seguido por Matheus Araujo e Fuzaro. Vinicius Oliveira, Endrigo de Castro, Carlos Serra e Davi Brito completaram o top 10.

Com os resultados, Victor Bueno se manteve na liderança do campeonato com 87 pontos, tendo Ricardo Pereira somando 75 e Guilherme Fargnolli 69 na sequência, completando o top 3. A pontuação completa de pilotos e equipes está no site oficial www.f1bc.com.

A próxima etapa da Touring Pro será realizada no circuito de Montreal, no dia 16 de junho, às 22h00 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo no site www.f1bc.com, que ainda fornece todos os resultados, classificação, informações e VTs das etapas desta e de suas outras categorias.

O F1BC tem parcerias oficiais com Reiza Studios, NRT Servers, Riffel Driving Academy, Aliança Consultoria, F1Mania, SimRacingTools, SimSync, Manarim Designs, e F1-Brasil.

Final, 50 minutos
1 Guilherme Fargnolli (Grip Racing 2), 36 voltas
2 Ricardo Pereira (Overtake Racing), +0:30.916
3 Victor Bueno (Grip Racing), +0:35.821
4 Joao Augusto (Grip Racing), +0:36.256
5 Matheus Araujo (Thunder Racing), +0:36.481
6 Rangel Fuzaro (Overtake Racing), +0:35.986 (+20s)
7 Vinicius Oliveira (Overtake Racing), +1:02.739
8 Endrigo de Castro (Overtake Racing 2), +1:03.017
9 Carlos Serra (Red Arrow Racing Team), +1:09.778
10 Davi Brito (Sim-Force Sim Racing), +1:10.906
11 Felipe Fargnolli (Grip Racing 2), +1:24.276
12 Marcio Medeiros (Hattrick Racing), +1 voltas
13 Marcos Prata (Red Arrow Racing Team), +1 voltas
14 Daniel Daher (Mondial Racing), +1 voltas
15 Thiago Pimenta (Grip Racing), Motor (25)
16 Daniel Vieira (Grip Racing 3), Abandono (12)
17 Gabriel Romanzini (Mondial Racing), Suspensao (10)
18 Marcelo Lopes (Grip Racing 2), Motor (2)
19 Marcelo Mazon (Independente), Motor (0)
20 Tiago Dias (Grip Racing 3), Não largou
Volta mais rápida: Guilherme Fargnolli, 1:23.622
Hattrick e Grand Chelem para Guilherme Fargnolli.

Race Control
F.Fargnolli, Drive-Through – Gerou incidente de nível 2 (14.2.1) [+2 Licença] [1]
D.Vieira, Drive-Through – Gerou incidente de nível 2 (14.2.1) [+2 Licença] [5]
Incidente envolvendo os carros de J. Augusto e R. Pereira – nenhuma ação tomada.[32]
Incidente envolvendo os carros de V. Bueno – Nenhuma ação tomada.[32]
R.Fuzaro, +20s no tempo final de prova – Gerou incidente de nível 2 (14.2.1) [+2 Licença] [35]

Observações
Aco Prata – ajustar nome no simulador de “Aco Prata” para “Marcos Prata”.

Pontos nas licenças
F.Fargnolli +2
D.Vieira +2
R.Fuzaro +3

Vídeo da etapa

More in Corridas