Connect with us

Corridas

F1BC Sportscar Light 2016/2 @ Charlotte Road

F1BC Sportscar Light 2016/2 @ Charlotte Road

A desafiadora versão road do circuito de Charlotte foi o palco da quinta etapa da Sportscar Light na temporada 2016/2 do F1 Brasil Clube. E nesta segunda-feira (25), a corrida teve surpresa nas estratégias, mas o vencedor foi o mesmo das três primeiras etapas: Gustavo Longhi, que conquistou sua quarta vitória no campeonato e se manteve na liderança da competição com boa vantagem. Roberto Schneiders e Diogo Miranda completaram o pódio.

Na classificação, Gustavo Longhi marcou a sua quinta pole position seguida com a volta de 1m21s992, superando Roberto Schneiders, o segundo, por 0s334. Diego Tauyr anotou o terceiro melhor tempo, à frente de Diogo Miranda, Dionatan Machado e Gilberto Zago. Willian Martins, João Stephani, Augusto Maia e Alcides Dias formaram o top-10 do grid de largada da noite, que ainda teve Fernando Marinelli, Deco Guimarães, Bruno Ramos e Doni Pereira, que não foi à pista nas tomadas de tempo.

Classificação
1 Gustavo Longhi (Alliance SimRacing), 1:21.992
2 Roberto Schneiders (Pro Drivers), 1:22.326
3 Diego Tauyr (Clube do Volante), 1:22.663
4 Diogo Miranda (GA Team Racing), 1:22.775
5 Dionatan Machado (Racing 4Fun), 1:22.784
6 Gilberto Zago (Alliance SimRacing), 1:23.823
7 Willian Martins (Clube do Volante), 1:23.882
8 Joao Stephani (Racing 4Fun 2), 1:23.918
9 Augusto Maia (Grip Racing 2), 1:24.003
10 Alcides Dias (Thunder Racing), 1:24.034
11 Fernando Marinelli (Clube do Volante), 1:24.154
12 Deco Guimaraes (Racing 4Fun), 1:24.183
13 Bruno Ramos (Grip Racing), 1:24.808
14 Doni Pereira (Independente), Sem tempo

Os 14 pilotos do grid fizeram uma excelente largada para os 50 minutos de corrida, onde todos os pilotos mantiveram suas posições de classificação. Porém, a tranquilidade inicial foi interrompida por dois incidentes. O primeiro sendo um enrosco entre Deco Guimarães, Augusto Maia e Bruno Ramos, e segundo entre Diego Tauyr e Diogo Miranda, que envolveu também Gilberto Zago, que não conseguiu desviar de Tauyr atravessado na pista.

Roberto Schneiders se manteve próximo do líder Gustavo Longhi e assumiu a ponta voltas depois. O piloto da Alliance seguia numa pilotagem econômica, o que gerou expectativas relacionadas as estratégias, que seriam de uma parada para reabastecimento ou ritmo econômico até o fim, que gerariam voltas lentas. Atrás, Diogo Miranda se recuperava da punição referente ao incidente com Tauyr e, após superar Doni Pereira e Fernando Marinelli, era o 4º.

E aos 18 minutos, Longhi, ainda 2º, percebeu que não daria para economizar o combustível e foi aos boxes. Schneiders parou na volta seguinte, entretanto, perdeu tempo e voltou atrás do piloto da Alliance, que reassumiu a liderança da prova. Dionatan Machado também realizou seus trabalhos de pit, mas retornou em 4º, pois Diogo Miranda fez o reabastecimento quando cumpriu sua penalidade no início da corrida.

Gustavo Longhi chegou a levar um susto quando teve que desviar do bólido acidentado de Dionatan Machado, mas foi ele o primeiro a receber a quadriculada e comemorar a sua quarta vitória no campeonato. Roberto Schneiders terminou em segundo, com Diogo Miranda completando o pódio. Fernando Marinelli, estreante da noite, foi o quarto, à frente de Doni Pereira, Machado e Alcides Dias. João Stephani, Willian Martins e Gilberto Zago completaram o top-10 da etapa.

Com a quarta vitória seguida, Gustavo Longhi segue na liderança do campeonato com 237 pontos, seguido de Roberto Schneiders, que soma 176 na vice-liderança. E com 140 tentos, Dionatan Machado completa o top-3. A pontuação completa de pilotos e equipes está no site oficial www.f1bc.com.

A próxima etapa da Sportscar Light será realizada na versão curta do circuito de Okayama, no dia 8 de agosto, às 20h00 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo no site www.f1bc.com, que ainda fornece todos os resultados, classificação, informações e VTs das etapas desta e de suas outras categorias.

O F1BC tem parcerias oficiais com Reiza Studios, NRT Servers, Riffel Driving Academy, Canal Sim Force, Aliança Consultoria, F1Mania, SimRacingTools, SimSync, Manarim Designs, e F1-Brasil.

Final, 50 minutos
1 Gustavo Longhi (Alliance SimRacing), 37 voltas
2 Roberto Schneiders (Pro Drivers), +12.901
3 Diogo Miranda (GA Team Racing), +1:04.903
4 Fernando Marinelli (Clube do Volante), +1 volta
5 Doni Pereira (Independente), +2 voltas
6 Dionatan Machado (Racing 4Fun), +3 voltas
7 Alcides Dias (Thunder Racing), +3 voltas
8 Joao Stephani (Racing 4Fun 2), +3 voltas
9 Willian Martins (Clube do Volante), +9 voltas
10 Gilberto Zago (Alliance SimRacing), +12 voltas
11 Bruno Ramos (Grip Racing), Abandono (5)
12 Deco Guimaraes (Racing 4Fun), Abandono (3) (+60s)
13 Augusto Maia (Grip Racing 2), Abandono (3) (+60s)
14 Diego Tauyr (Clube do Volante), Abandono (8) (LP)
Volta mais rápida: Diogo Miranda, 1:21.707

Race Control
Incidente envolvendo os carros de Gustavo Longhi e Dionatan Machado – Nenhuma ação tomada.
Doni Pereira, Drive Through – Entrou ou saiu irregularmente nos boxes com ganho de tempo (14.2.4) [+2 Licença]
Diogo Miranda, Warning – Efetuou 1 saída de pista com ganho de tempo (14.1.2) [+1 Licença]
Diego Tauyr, Last Position – Gerou incidente de nível 5 (14.5.1) [+5 Licença]
Diogo Miranda, Stop-And-Go 30s – Gerou incidente de nível 4 (14.4.1) [+4 Licença]
Deco Guimaraes, Stop-And-Go 30s – Usou chat durante as sessões oficiais para reclamações ou ofensas (14.4.4) [+4 Licença] – Pós-corrida = +60s no tempo final de prova
Bruno Ramos, Stop-And-Go 30s – Gerou incidente de nível 4 (14.4.1) [+4 Licença]
Augusto Maia, Stop-And-Go 30s – Gerou incidente de nível 4 (14.4.1) [+4 Licença] – Pós-corrida = +60s no tempo final de prova

Pontos nas licenças
Augusto Maia +4
Bruno Ramos +4
Diogo Miranda +5
Diego Tauyr +5
Deco Guimaraes +4
Doni Pereira +2

Observações
Deco Guimaraes, uma etapa de suspensão – Atingiu 10 pontos na Licença (17.1)

Vídeo da etapa

More in Corridas