Connect with us

Corridas

F1BC International Pro 2016/2 @ Suzuka East

F1BC International Pro 2016/2 @ Suzuka East

Depois de Curitiba, foi a vez da versão curta do circuito de Suzuka receber os bólidos GT3 da International Pro, que chegou a sua sexta etapa na temporada 2016/2 do F1 Brasil Clube. E na noite da última quarta-feira (3), Luis Santos ignorou seus 80kg de lastro, conquistou a vitória e deu um grande passo para ser o campeão da categoria. Wesley Batista e Flavio Xavier completaram o pódio.

Na classificação, a pole-position foi decidida nos centésimos. E quem largou na posição de honra foi Vandyg Santiago, que acertou a volta de 47s372 pelo circuito japonês. Wesley Batista marcou o segundo melhor tempo, à frente de Weimar Baptistotti, Leandro Monteiro (70kg de lastro) e o líder do campeonato Luis Santos (80kg de lastro). Matheus Araujo foi o sexto, com Victor Bueno (50kg de lastro), Enrico Espada, Flavio Xavier (60kg de lastro) e Matheus Berçot (30kg de lastro) fechando o top-10 do grid de largada da noite, que teve um total de 19 carros.

Classificação
1 Vandyg Santiago (Z3 Team), 0:47.372
2 Wesley Batista (Marsch Team), 0:47.372
3 Weimar Baptistotti (KAMF Racing 2), 0:47.493
4 Leandro Monteiro (Marsch Team), 0:47.534
5 Luis Santos (Z3 Team), 0:47.540
6 Matheus Araujo (Thunder Racing), 0:47.560
7 Victor Bueno (Grip Racing), 0:47.616
8 Enrico Espada (Grip Racing), 0:47.719
9 Flavio Xavier (KAMF Racing), 0:47.806
10 Matheus Bercot (Grip Racing), 0:47.809
11 Eder Penetra (Z3 Team), 0:47.907
12 Thiago Pimenta (Grip Racing 2), 0:47.925
13 Ailton Cunha (Marsch Team 2), 0:47.946
14 Diego Pardini (KAMF Racing), 0:47.980
15 Diogo Garcia (Marsch Team), 0:48.063
16 Fabio Tranquilin (Ghost Racer), 0:48.141
17 Joao Augusto (Grip Racing 2), 0:48.182
18 Tadeu Costa (Ghost Racer), 0:48.227
19 Ricardo Alves (Hattrick Racing), 0:48.718

Antes mesmo da arrancada inicial para a etapa, Victor Bueno e Matheus Berçot foram as primeiras baixas do grid devido a problemas técnicos na passagem para a sessão de corrida. E os 17 pilotos restantes fizeram uma excelente largada, completando os primeiros giros de forma totalmente limpa. Weimar Baptistotti assumiu a ponta após largar melhor que Wesley Batista e o pole Vandyg Santiago, liderando o grande pelotão à apenas 16 segundos do último colocado.

Ainda na parte inicial da prova, um pelotão com Flavio Xavier, Leandro Monteiro, Diego Pardini, Diogo Garcia, Eder Penetra, Ailton Cunha, João Augusto, Tadeu Costa e Thiago Pimenta protagonizavam belos duelos. Alguns incidentes aconteceram na sequência, caso de Pimenta, Cunha e Costa. Na frente, Weimar Baptistotti sofria pressão de Wesley Batista, mas respirou quando o piloto da Marsch errou na curva 1.

Restando pouco mais de 30 minutos para o fim da corrida, Enrico Espada, que era 3º, foi aos boxes. E Weimar Baptistotti agora era pressionado por Luis Santos, e foi o quando piloto da KAMF decidiu ir ao pit, porém, voltou à pista atrás do líder do campeonato, que carregava 80kg de lastro. Vandyg Santiago e Ailton Cunha realizaram os trabalhos de pit por último.

Enrico Espada, que foi o primeiro a parar, liderava a prova, mas optou pela estratégia de duas paradas e, assim, Luis Santos foi quem assumiu o 1º posto e só bastou levar o bólido da Z3 até o agito da bandeira quadriculada para conquistar os 50 pontos da etapa, dando um grande passo para ser o campeão da International Pro na temporada 2016/2 do F1 Brasil Clube.

Wesley Batista se recuperou do erro cometido durante os 50 minutos e chegou em segundo, com Flavio Xavier em terceiro, completando o pódio. Vandyg Santiago foi o quarto, seguido de Weimar Baptistotti e Enrico Espada. Eder Penetra, Diogo Garcia, Leandro Monteiro e Fabio Tranquilin completaram o top-10 da etapa.

Vencedor no circuito japonês, Luis Santos agora soma 204 pontos e leva boa vantagem para a etapa final. Empatados em 148 tentos, Leandro Monteiro e Flavio Xavier disputam o vice-campeonato, mas seguem com chances matemáticas de título. A pontuação completa de pilotos e equipes está no site oficial www.f1bc.com.

A próxima etapa da International Pro será realizada no circuito de Bueno Aires, no dia 17 de agosto, às 22h00 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo no site www.f1bc.com, que ainda fornece todos os resultados, classificação, informações e VTs das etapas desta e de suas outras categorias.

O F1BC tem parcerias oficiais com Reiza Studios, NRT Servers, Riffel Driving Academy, Canal Sim Force, Aliança Consultoria, F1Mania, SimRacingTools, SimSync, Manarim Designs, e F1-Brasil.

Final, 50 minutos
1 Luis Santos (Z3 Team), 62 voltas
2 Wesley Batista (Marsch Team), +0:06.029
3 Flavio Xavier (KAMF Racing), +0:19.852
4 Vandyg Santiago (Z3 Team), +0:20.108
5 Weimar Baptistotti (KAMF Racing 2), +1 voltas
6 Enrico Espada (Grip Racing), +1 voltas
7 Eder Penetra (Z3 Team), +1 voltas
8 Diogo Garcia (Marsch Team), +1 voltas
9 Leandro Monteiro (Marsch Team), +1 voltas
10 Fabio Tranquilin (Ghost Racer), +1 voltas
11 Joao Augusto (Grip Racing 2), +2 voltas
12 Matheus Araujo (Thunder Racing), +2 voltas
13 Ricardo Alves (Hattrick Racing), Abandono (58)
14 Tadeu Costa (Ghost Racer), Abandono (46)
15 Ailton Cunha (Marsch Team 2), Abandono (39)
16 Diego Pardini (KAMF Racing), Motor (32)
17 Thiago Pimenta (Grip Racing 2), Suspensao (15)
18 Victor Bueno (Grip Racing), Não largou
19 Matheus Bercot (Grip Racing), Não largou
Volta mais rápida: Wesley Batista, 0:47.412

Race Control
Incidente envolvendo os carros de Wesley Batista e Vandyg Santiago – Nenhuma ação tomada. [8]
Incidente envolvendo os carros de Matheus Araujo e Vandyg Santiago- Nenhuma ação tomada. [35]
Weimar Baptistotti, Drive-Through – Gerou incidente de nível 2 (14.2.1) [+2 Licença] [15]
Diogo Garcia, Drive-Through – Gerou incidente de nível 2 (14.2.1) [+2 Licença] [53]

Pontos nas licenças
Weimar Baptistotti +2
Diogo Garcia +2

Vídeo da etapa

Advertisement

Facebook

Advertisement

VÍDEO DESTAQUE

More in Corridas