Connect with us

Corridas

F1BC Sportscar Light 2016/2 @ Summit Point

F1BC Sportscar Light 2016/2 @ Summit Point

Na noite desta segunda-feira (22), a Sportscar Light chegou ao circuito de Summit Point para a disputa da sua última etapa na temporada 2016/2 do F1 Brasil Clube. Gustavo Longhi, que já tinha confirmado o título da categoria dos Mazda MX-5 na corrida anterior, em Okayama, dominou a corrida no traçado estadunidense e conquistou sua sexta vitória no campeonato. Roberto Schneiders fechou em segundo e se confirmou como vice-campeão. Gilberto Zago completou o pódio. 4º, Diogo Miranda ficou com o terceiro lugar da competição.

Na classificação, Gustavo Longhi cravou sua sexta pole-position no campeonato, acertando a volta de 55s339 pelo circuito estadunidense. Roberto Schneiders marcou o segundo melhor tempo, à frente de Gilberto Zago, Diogo Miranda e Dionatan Machado. João Stephani, Alcides Dias, Deco Guimarães e Doni Pereira, que não foi à pista nas tomadas de tempo, completaram os 9 pilotos do grid de largada da noite.

Classificação
1 Gustavo Longhi (Alliance SimRacing), 55.339
2 Roberto Schneiders (Pro Drivers), 55.524
3 Gilberto Zago (Alliance SimRacing), 55.928
4 Diogo Miranda (GA Team Racing), 56.115
5 Dionatan Machado (Racing 4Fun), 56.210
6 Joao Stephani (Racing 4Fun 2), 56.931
7 Alcides Dias (Thunder Racing), 56.974
8 Deco Guimaraes (Racing 4Fun), 57.270
9 Doni Pereira (Independente), Sem tempo

A última corrida da temporada 2016/2 da Sportscar Light começou com uma excelente largada dos 9 pilotos em pista. O pole Gustavo Longhi se manteve na posição na qual se classificou, assim como Roberto Schneiders, Gilberto Zago, Diogo Miranda e Dionatan Machado, que formavam o top-5 inicial. Alcide Dias conseguiu tomar a posição de João Stephani e ficou com a 6ª colocação.

E a prova seguia com as posições estabilizadas, com Gustavo Longhi ditando o ritmo no curto traçado de Summit Point. Até que Diogo Miranda e Gilberto Zago iniciaram um duelo pelo 3º posto que duraria até o fim da corrida. Enquanto Alcides Dias era superado por João Stephani e Deco Guimarães.

Aproximando a parte final da corrida, expectativas eram geradas sobre a economia de combustível, ingrediente que marcou a temporada da categoria. Mas, ao final, Gustavo Longhi, que já tinha confirmado o título na etapa anterior, em Okayama, não precisou de pit stop para receber a bandeira quadriculada em primeiro depois de mais um domínio e conquistar sua sexta vitória no campeonato.

Roberto Schneiders chegou em segundo e se confirmou como vice-campeão. Gilberto Zago completou o pódio depois assumir a posição de Diogo Miranda, o quarto, numa excelente disputa até a última curva. Miranda, que foi seguido por Dionatan Machado, ficou com o terceiro lugar no campeonato. Deco Guimarães foi 6º mesmo após atingir os ’17x’ de incidente, à frente de João Stephani e Alcides Dias. Doni Pereira não terminou a prova, mas levou os pontos da 9ª posição.

O F1 Brasil Clube parabeniza Gustavo Longhi pelo título, Roberto Schneiders pelo vice-campeonato, e Diogo Miranda pelo terceiro lugar, além da Alliance SimRacing, campeã entre as equipes, todos estes ganhando premiações do F1BC, sendo troféus a piloto e equipe campeã, e medalhas aos pilotos vice e terceiro colocados. A classificação final de pilotos e equipes está no site oficial www.f1bc.com.

Na próxima temporada, a Sportscar Light deixa a grade de categorias do F1 Brasil Clube para dar lugar a Formula Challenge, que se iniciará no circuito de Laguna Seca, no dia 19 de setembro, às 20h00 (horário de Brasília). O F1BC ainda está com as inscrições abertas, e através do site www.f1bc.com/inscricoes você pode fazer parte do grid não só desta categoria que contará com os F-Renault do iRacing, como outras que o clube lhe oferece.

O F1BC tem parcerias oficiais com Reiza Studios, NRT Servers, Riffel Driving Academy, Canal Sim Force, Aliança Consultoria, F1Mania, SimRacingTools, SimSync, Manarim Designs, e F1-Brasil.

Final, 50 minutos
1 Gustavo Longhi (Alliance SimRacing), 54 voltas
2 Roberto Schneiders (Pro Drivers), +14.422
3 Gilberto Zago (Alliance SimRacing), +30.950
4 Diogo Miranda (GA Team Racing), +31.906
5 Dionatan Machado (Racing 4Fun), +42.885
6 Deco Guimaraes (Racing 4Fun), Abandono (53)
7 Joao Stephani (Racing 4Fun 2), +1 volta
8 Alcides Dias (Thunder Racing), +1 volta
9 Doni Pereira (Independente), Abandono (14)
Volta mais rápida: Gustavo Longhi, 55.434
Hattrick e Grand Chelem para Gustavo Longhi.

Race Control
Incidente envolvendo os carros de Gilberto Zago e Diogo Miranda – Nenhuma ação tomada.

Vídeo da etapa

More in Corridas