Connect with us

Corridas

F1BC Touring Pro 2016/3 @ Spa-Francorchamps

F1BC Touring Pro 2016/3 @ Spa-Francorchamps

A Touring Pro no F1 Brasil Clube deu o pontapé inicial desta terceira temporada do ano de 2016 em grande estilo. Um grid repleto de excelentes pilotos e ótimas equipes prontos para doarem tudo de si em busca do título. Nesta primeira etapa, na quinta-feira (15) no sensacional circuito de Spa-Francorchamps, o triunfo ficou por conta de Luis Santos, após uma corrida fantástica. Fabio Nilo e Eduardo Segabinassi completaram o pódio, dando início também à calorosa disputa pelo campeonato.

O ‘qualifying’ ocorreu com uma diferença considerável de tempos entre o primeiro colocado Luis Santos e o segundo, Victor Bueno (atual campeão da categoria). Também houve uma disparidade notável entre os tempos de Victor Bueno e Vitor Augusto, que foi o terceiro colocado. Fabio Nilo, Joao Augusto, Charles Zimmermann, Rafael Amaral, Eduardo Segabinassi, Dionatan Machado e Marcio Medeiros completaram o top 10 da classificação.

Classificação
1 Luis Santos (Z3 Team), 2:07.826
2 Victor Bueno (Grip Racing), 2:08.638
3 Vitor Augusto (Z3 Team 2), 2:09.393
4 Fabio Nilo (Grip Racing 2), 2:09.405
5 Joao Augusto (Grip Racing), 2:09.438
6 Charles Zimmermann (Grip Racing 2), 2:09.627
7 Rafael Amaral (Racing 4Fun), 2:09.641
8 Eduardo Segabinassi (Racing 4Fun), 2:09.675
9 Dionatan Machado (Racing 4Fun 2), 2:09.802
10 Marcio Medeiros (Hattrick Racing), 2:10.187
11 Thiago Rosa (Grip Racing 3), 2:10.218
12 Deco Guimaraes (Racing 4Fun 2), 2:10.222
13 Bruno Ramos (Grip Racing 2), 2:10.364
14 Cristiano Cangani (Z3 Team 2), 2:10.372
15 Eder Penetra (Z3 Team), 2:10.433
16 Rubens Junior (Z3 Team 2), 2:10.904
17 Matheus Araujo (Grip Racing), Sem tempo
18 Peter Roberto (Racing 4Fun 2), Sem tempo

A largada parece ter sido uma síntese do que está por vir no decorrer do campeonato: disputas acirradas e competição de alto nível com uma boa dose de fair play. Prova disso é que não houve nenhum incidente grave envolvendo os pilotos na difícil curva La Source de Spa.

Fabio Nilo fez uma excelente largada e conseguiu assumir a liderança ao retardar a freada. Logo em seguida Joao Augusto, que largou da quinta posição, também reagiu rápido, conseguindo ultrapassar Luis Santos para assumir a segunda posição. O atual campeão, Vitor Bueno, não contou com a sorte e caiu do servidor, sendo forçado a abandonar.

Ainda nas primeiras voltas, Rafael Amaral passou reto na Eau Rouge, conseguiu trazer o carro de volta para o traçado, mas acabou colidindo com Bruno Ramos e depois com o guard rail, destruindo completamente o capô do seu carro. Com o veículo bastante avariado, Rafael Amaral acabou ficando para trás.

Em seguida, numa disputa entre os pilotos Matheus Araujo e Thiago Rosa (ambos da Grip Racing), Matheus Araujo acabou levando a pior e rodou após ser tocado na entrada curva 1. Thiago Rosa também ficou com a porta do carro danificada.

Mais a frente no Grid, Vitor Augusto e Charles Zimmermann travavam árdua batalha pela quarta posição, enquanto Luis Santos e Joao Augusto duelavam pelo segundo lugar da prova.

Aproximadamente aos 20 minutos alguns pilotos começaram a aplicar as suas estratégias de parada nos boxes, a exemplo de Joao Augusto, que parecia também estar sofrendo com problemas de ping. Algumas voltas adiante, os líderes da prova, Fabio Nilo, Luis Santos e Bruno Ramos vieram para o pit stop.

Enquanto isso, como de costume, alguns outros preferiram atrasar a parada, a fim de obter pista livre após a troca dos pneus e reposição do combustível. Luis Santos retornou ao traçado na frente do seu rival direto pela liderança, mas sofreu com o tráfego. No entanto, Fabio Nilo perdeu muito tempo nos boxes, ficando prejudicado em relação à disputa pela vitória.

Nos instantes finais, após o período de imprevisibilidade das estratégias, houve uma briga intensa entre os pilotos Vitor Augusto e Marcio Medeiros pela sexta posição. Marcio Medeiros, por ter optado fazer apenas uma parada, já não tinha condições de segurar o ritmo de Vitor Augusto, sucumbindo às investidas e perdendo a chance de ficar no top 5.

Na sequência, Vitor Augusto encostou de vez em Bruno Ramos na última volta, forçando a ultrapassagem numa arriscada manobra porta-com-porta em um trecho de altíssima velocidade do circuito de Spa-Francorchamps, não dando chances à defesa de Bruno Ramos.

Luis Santos, que teve um início de prova conturbado, fez uma excelente corrida de recuperação, acertando também na estratégia, conseguindo, por fim, garantir a vitória com uma grande distância para o segundo colocado, Fabio Nilo. Eduardo Segabinassi completou o pódio. Matheus Araujo, Vitor Augusto, Bruno Ramos, Eder Penetra, Marcio Medeiros, Rubens Junior e Joao Augusto fecharam o pelotão de elite do top 10.

A próxima etapa da Touring Pro será realizada no circuito de Suzuka no Japão, no dia 29 de setembro, às 20h00 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo no site www.f1bc.com, que ainda fornece todos os resultados, classificação, informações e VTs das etapas desta e de suas outras categorias. O F1BC ainda está com as inscrições abertas, e através do site www.f1bc.com/inscricoes você pode fazer parte do grid não só desta categoria como outras que o clube lhe oferece.

O F1BC tem parcerias oficiais com Reiza Studios, NRT Servers, Riffel Driving Academy, Canal Sim Force, Aliança Consultoria, F1Mania, SimRacingTools, SimSync, Manarim Designs, e F1-Brasil.

Final, 50 minutos
1 Luis Santos (Z3 Team), 23 voltas
2 Fabio Nilo (Grip Racing 2), +0:28.953
3 Eduardo Segabinassi (Racing 4Fun), +0:37.209
4 Matheus Araujo (Grip Racing), +0:45.541
5 Vitor Augusto (Z3 Team 2), +0:55.239
6 Bruno Ramos (Grip Racing 2), +0:56.191
7 Eder Penetra (Z3 Team), +0:58.966
8 Marcio Medeiros (Hattrick Racing), +1:00.514
9 Rubens Junior (Z3 Team 2), +1:02.592
10 Joao Augusto (Grip Racing), +1:06.591
11 Thiago Rosa (Grip Racing 3), +1:24.366
12 Deco Guimaraes (Racing 4Fun 2), +1:40.021
13 Charles Zimmermann (Grip Racing 2), +1:41.010
14 Rafael Amaral (Racing 4Fun), +1:50.381
15 Dionatan Machado (Racing 4Fun 2), +2:08.469
16 Cristiano Cangani (Z3 Team 2), Motor (17)
17 Peter Roberto (Racing 4Fun 2), Motor (8)
18 Victor Bueno (Grip Racing), Não largou
Volta mais rápida: Luis Santos, 2:08.181
Hattrick para Luis Santos.

Race Control
Dionatam Machado, Stop-And-Go 10s – Incidente de nível 3 (16.3.1) [+3 Licença] [1]
Bruno Ramos, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença] [2]
Rubens Junior, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença] [2]
Thiago Rosa, Drive-Through – Incidente de nível 2 (16.2.1) [+2 Licença] [3]
Vitor Augusto, Stop-And-Go 10s – Incidente de nível 3 (16.3.1) [+3 Licença] [4]
Eder Penetra, Warning – Entrada/saída irregular nos boxes sem ganho (16.1.6) [+1 Licença] [7]

Pontos nas licenças
Dionatam Machado +3
Vitor Augusto +3
Thiago Rosa +2
Bruno Ramos +1
Rubens Junior +1
Eder Penetra +1

Vídeo da etapa

More in Corridas