Connect with us

Corridas

F1BC Touring Light 2016/3 @ Montreal

F1BC Touring Light 2016/3 @ Montreal

A Touring Light no F1 Brasil Clube se reuniu ontem no emblemático circuito de Montreal, no Canadá, para mais uma corrida promissora. A vitória ficou com Tiago Dias (Grip Racing), Augusto Maia (Grip Racing) em segundo e Adelar de Vargas (Grip Racing 3) em terceiro.

O treino classificatório foi bastante disputado, de novo. Tiago Dias garantiu a formidável volta da pole, anotando 1:37.947. Augusto maia, seu companheiro da Grip, marcou 1:38.235 para carimbar a segunda colocação no grid de largada e, Felipe Fargnolli (Grip Racing 3), fechou com o terceiro melhor tempo, 1:39.111. Adelar de Vargas, Davi Brito, Henrique Guimaraes, Bruno Ramos, Elon Gomes, Franklin Souza e Rodrigo Barollo completaram o top 10.

Classificação
1 Tiago Dias (Grip Racing), 1:37.947
2 Augusto Maia (Grip Racing 2), 1:38.235
3 Felipe Fargnolli (Grip Racing), 1:39.111
4 Adelar de Vargas (Grip Racing 3), 1:39.213
5 Davi Brito (Sim-Force Sim Racing 2), 1:39.363
6 Henrique Guimaraes (SUB Racing), 1:39.575
7 Bruno Ramos (Grip Racing), 1:39.678
8 Elon Gomes (W3Race 2), 1:39.728
9 Franklin Souza (SUB Racing), 1:39.827
10 Rodrigo Barollo (Sim-Force Sim Racing 3), 1:39.831
11 Andre Felisberto (W3Race 2), 1:39.843
12 Jozimar Matias (W3Race), 1:40.040
13 Felipe Gomes (Sim-Force Sim Racing), 1:40.173
14 Renan Costa (Grip Racing 2), 1:40.217
15 Elson Almeida (SUB Racing), 1:40.302
16 Carlos Rocha (W3Race), 1:40.493
17 Bruno Peres (Sim-Force Sim Racing), 1:41.072
18 Marlus Brigola (Sim-Force Sim Racing), Sem tempo
19 Carlos Souza (Sim-Force Sim Racing 2), Sem tempo

A largada foi simplesmente sensacional, talvez a melhor da temporada. Todos os pilotos se respeitaram e deram um magnífico espetáculo, conseguindo fazer bem a primeira curva. Porém, como não podia deixar de acontecer, o circuito técnico de Montreal tratou de fazer suas vítimas ainda na volta 1: houve um Big One generalizado entre os carros do fim do grid, gerado por um incidente entre Renan Costa (Grip Racing 2) e Jozimar Matias (W3Race). Na ocasião, Costa ficou lento demais na pista e Andre Felisberto não conseguiu frear o suficiente, para evitar a colisão. Desse modo, os veículos que vinham atrás também não tiveram tempo de reagir, provocando toda a grande a confusão.

Na sequência a prova permaneceu com brigas intensas por posições em diferentes lugares do grid. Destaque para a disputa pelo décimo posto entre Felipe Gomes e Elson Almeida, que vinham num ritmo muito próximo e sem dar nenhuma trégua um ao outro.

Momentos depois, Elson Almeida, que continuou fazendo uma excelente corrida, já estava sendo um dos carros mais rápidos quando colou de vez em Rodrigo Barollo, para dar início a mais um lindo duelo, dessa vez pelo nono lugar. Logo após essa disputa, infelizmente, Almeida acabou batendo e furando o pneu, ficando bastante prejudicado na prova.

Restando 34 minutos para o fim da etapa, as equipes começaram a chamar seus participantes aos boxes, para aplicar a estratégia de duas paradas, com base no consumo dos pneus. Tiago Dias, que liderava a prova e Felipe Fargnolli, ambos da Grip Racing, foram alguns dos dianteiros a optarem por essa tática. Em seguida, Henrique Guimaraes, que havia herdado a primeira colocação devido à dança dos pit-stops, acabou rodando, o que mudou outra vez a dinâmica da competição.

Faltando 16 minutos para o término, os pilotos voltaram ao pitlane para realizar a segunda troca do composto, entre eles, Tiago Dias, que estava puxando o pelotão com 16 segundos de vantagem para o segundo colocado antes da parada. Após a saída dos boxes, Dias retornou logo atrás de Augusto Maia, mas conseguiu reaver a posição na pista, momentos depois.

Nos instantes finais, briga eletrizante entre Bruno Peres (até então víci-líder do campeonato), Carlos Rocha, Andre Felisberto (atual líder da categoria) e Franklin Souza, todos disputando o décimo lugar e preciosos pontos. Peres acabou se segurando bem, economizando equipamento e se mantendo a frente de Felisberto em Montreal. No entanto, Felisberto fez pontos suficientes para continuar liderando o torneio.

Com um ritmo impecável, Tiago Dias, da Grip Racing, cruzou em primeiro no agito da bandeira quadriculada. Augusto Maia foi o segundo e Adelar de Vargas o terceiro. Felipe Fargnolli e Bruno Ramos fecharam o histórico top 5 de pilotos da Grip no Canadá. Elon Gomes, Felipe Gomes, Henrique Guimaraes, Rodrigo Barollo e Bruno Peres completaram o top 10. A pontuação completa de pilotos e equipes está no site oficial www.f1bc.com .

A próxima etapa da Touring Light será realizada no circuito de Interlagos, no dia 10 de novembro, às 22h00 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo no site www.f1bc.com, que ainda fornece todos os resultados, classificação, informações e VTs das etapas desta e de suas outras categorias. O F1BC ainda está com as inscrições abertas, e através do site www.f1bc.com/inscricoes você pode fazer parte do grid não só desta categoria como outras que o clube lhe oferece.

O F1BC tem parcerias oficiais com Reiza Studios, NRT Servers, Riffel Driving Academy, Canal Sim Force, Aliança Consultoria, F1Mania, SimRacingTools, SimSync, Manarim Designs, e F1-Brasil.

Final, 50 minutos
1 Tiago Dias (Grip Racing), 30 voltas
2 Augusto Maia (Grip Racing 2), +0:13.778
3 Adelar de Vargas (Grip Racing 3), +0:28.674
4 Felipe Fargnolli (Grip Racing), +0:39.864
5 Bruno Ramos (Grip Racing), +0:40.240
6 Elon Gomes (W3 Race 2), +0:59.059
7 Felipe Gomes (Sim-Force Sim Racing), +1 voltas
8 Henrique Guimaraes (SUB Racing), +1 voltas
9 Rodrigo Barollo (Sim-Force Sim Racing 3), +1 voltas
10 Bruno Peres (Sim-Force Sim Racing), +1 voltas
11 Andre Felisberto (W3Race 2), +1 voltas
12 Franklin Souza (SUB Racing), +1 voltas
13 Carlos Rocha (W3 Race), +1 voltas
14 Elson Almeida (SUB Racing), +1 voltas
15 Jozimar Matias (W3 Race), +1 voltas
16 Marlus Brigola (Sim-Force Sim Racing), +1 voltas
17 Davi Brito (Sim-Force Sim Racing 2), +2 voltas
18 Carlos Souza (Sim-Force Sim Racing 2), Suspensao (18)
— Renan Costa (Grip Racing 2), Desclassificação
Volta mais rapida: Tiago Dias, 1:38.188

Race Control
Davi Brito, Drive-Through – Incidente de nível 2 (16.2.1) [+2 Licença][1]
Incidente entre Elson Almeida e Carlos Souza – Nenhuma ação tomada. [1]
Renan Costa, Last Position – Acidente múltiplo (16.5.2) [+5 Licença] [1]
André Felisberto, Warning – Chat durante a sessão (16.1.4) [+1 Licença][1]
Elson Almeida, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença] [2]
Carlos Rocha, Drive-Through – Incidente de nível 2 (16.2.1) [+2 Licença][4]
André Felisberto, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença] [7]
Bruno Ramos, Drive-Through – Incidente de nível 2 (16.2.1) [+2 Licença] [9]
Bruno Ramos, Warning – Entrada/saída irregular nos boxes sem ganho (16.1.6) [+1 Licença][9]
Davi Brito, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença] [11]
Incidente de Tiago Dias – Nenhuma ação tomada. [11]
Jozimar Matias, Warning – Resistência quando retardatário sem perdas (16.1.3) [+1 Licença]
Henrique Guimarães, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença][16]
Franklin Souza, Warning – Resistência quando retardatário sem perdas (16.1.3) [+1 Licença] [19]
Incidente entre Henrique Guimarães e Felipe Fargnolli – Nenhuma ação tomada. [20]
Elson Almeida, Warning – Resistência quando retardatário sem perdas (16.1.3) [+1 Licença] [21]
Henrique Guimarães, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença][22]

Pontos nas licenças
Renan Costa +5
Bruno Ramos +3
Davi Brito +3
Carlos Rocha +2
André Felisberto +2
Henrique Guimarães +2
Elson Almeida +1
Jozimar Matias +1
Franklin Souza +1

Vídeo da etapa

More in Corridas