Connect with us

Corridas

F1BC Touring Pro 2016/3 @ Suzuka

F1BC Touring Pro 2016/3 @ Suzuka

Sempre como uma das principais categorias do F1 Brasil Clube, a Touring Pro e seus pilotos compareceram em massa ao desafiador circuito de Suzuka no Japão para mais uma etapa do campeonato. Victor Bueno voltou de um problema no simulador na prova de abertura para vencer e retornar à briga pelo título pela Grip Racing. João Augusto e Vitor Tonini completaram o pódio.

Victor Bueno (Grip Racing) ficou com a pole ao acertar a volta mais próxima da realidade dos treinos pré-classificatórios, anotando 1:51.509, meio segundo à frente de Vitor Tonini (Z3 Team 2), que marcou 1:52.009 levando 40 kg de lastro. O terceiro lugar ficou com Luis Santos (Z3 Team), que apesar de ser o líder do campeonato e estar carregado com 80 kg, fez um bom tempo. Joao Augusto, Matheus Araujo, Fabio Nilo, Rubens Martins, Eder Penetra, Thiago Rosa e Bruno Ramos completaram o top 10.

Classificação
1 Victor Bueno (Grip Racing), 1:51.509
2 Vitor Tonini (Z3 Team 2), 1:52.009
3 Luis Santos (Z3 Team), 1:52.047
4 Joao Augusto (Grip Racing), 1:52.199
5 Matheus Araujo (Grip Racing), 1:52.438
6 Fabio Nilo (Grip Racing 2), 1:53.036
7 Rubens Martins (Z3 Team 2), 1:53.043
8 Eder Penetra (Z3 Team), 1:53.273
9 Thiago Rosa (Grip Racing 3), 1:53.457
10 Bruno Ramos (Grip Racing 2), 1:53.636
11 Rafael Amaral (Racing 4Fun), 1:53.853
12 Cristiano Cangani (Z3 Team 2), 1:53.900
13 Marcio Medeiros (Hattrick Racing), 1:53.972
14 Mohamad Mourad (Racing 4Fun), 1:54.028
15 Eduardo Segabinassi (Racing 4Fun), 1:54.101
16 Dionatan Machado (Racing 4Fun 2), 1:54.116
17 Deco Guimaraes (Racing 4Fun 2), 1:54.124
18 Peter Roberto (Racing 4Fun 2), 1:55.350

O sempre esperado momento da largada aconteceu de forma tranquila, em harmonia com a habilidade e experiência dos pilotos envolvidos. Luis Santos não conseguiu saltar bem, ao contrário de Victor Bueno, que disparou rápido e aproveitou para ficar de cara para o vento desde o início. Thiago Rosa, da Grip Racing, foi um dos poucos desafortunados que acabaram se enrolando na entrada da curva 1.

Ainda nos minutos iniciais, destaque para o duelo travado entre Joao Augusto da Grip e Vitor Tonini da Z3 pelo segundo lugar. A perseguição seguiu implacável, chegando ao ponto dos dois se tocarem, incitando a abertura de investigação por parte da direção de prova. Houve também muita disputa pela quarta e sexta posições. Luis Santos dividiu a freada com Matheus Araujo e levou a pior, ficando com o veículo um pouco danificado. Mais a frente, Fabio Nilo saiu de traseira na entrada da Spoon, perdendo muita velocidade e sendo atingido por Eder Penetra, que não conseguiu desviar.

Restando 38 minutos para o fim da etapa, Luis Santos e os demais membros da Z3, exceto Vitor Tonini, iniciaram os trabalhos de boxes, partindo para uma arriscada estratégia de três paradas. 5 minutos depois, aqueles que optaram por duas paradas vieram aos pits, a exemplo dos pilotos da Grip e o próprio Tonini da Z3.

No embate pela oitava colocação, Luis Santos realizou uma manobra incrível sobre Eduardo Segabinasse na Degner Curve. Na ocasião, Segabinasse, que parecia sofrer com seus pneus, chegou a se desestabilizar e rodar logo em seguida.

Instantes depois, uma batalha espetacular preencheu a tela da transmissão da F1BC: quatro pilotos praticamente dividiram a mesma curva, começando por um toque entre Dionatan Machado e Fabio Nilo. Com o erro, os que estavam um pouco mais atrás se aproximaram, resultando numa cena fantástica envolvendo também Cristiano Cangani, Rubens Martins e Eder Penetra. Machado e Nilo continuaram se tocando, até que Machado levou a pior, indo parar na barreira de proteção.

Faltando aproximadamente 15 minutos para o término, Tonini, que empreendeu estratégia diversa do restante da sua equipe, fez a segunda parada e conseguiu voltar à frente de Luis Santos, mostrando que a sua decisão pode ter sido a mais acertada. Nesse ponto, os pilotos da Grip também foram aos pits para realizar a substituição do composto, preparando-se para o stint derradeiro.

Na última volta, um fim emocionante, com três pilotos brigando diretamente pelo sexto lugar, sendo eles, Marcio Medeiros que já estava com problemas no seu carro, Fabio Nilo e Rafael Amaral. Na sequência, Nilo acabou retardando demais a freada da curva 1, atingindo assim Marcio Medeiros e assumindo seu lugar.

No agito da bandeira quadriculada, a estratégia da Grip Racing de duas paradas se mostrou superior com a vitória bem administrada de Victor Bueno e o segundo lugar de Joao Augusto, sentenciando a dobradinha da Grip. Em terceiro, o estreante Vitor Tonini da Z3, após uma corrida de grandes duelos com Joao Augusto. Matheus Araujo, Luis Santos, Fabio Nilo, Eder Penetra, Marcio Medeiros, Rafael Amaral e Vandyg Santiago concluiram o top 10.

A próxima etapa da Touring Pro será realizada no circuito Barber Motorsports Park nos Estados Unidos, no dia 13 de outubro, às 20h00 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo no site www.f1bc.com, que ainda fornece todos os resultados, classificação, informações e VTs das etapas desta e de suas outras categorias. O F1BC ainda está com as inscrições abertas, e através do site www.f1bc.com/inscricoes você pode fazer parte do grid não só desta categoria como outras que o clube lhe oferece.

O F1BC tem parcerias oficiais com Reiza Studios, NRT Servers, Riffel Driving Academy, Canal Sim Force, Aliança Consultoria, F1Mania, SimRacingTools, SimSync, Manarim Designs, e F1-Brasil.

Final, 50 minutos
1 Victor Bueno (Grip Racing), 27 voltas
2 Joao Augusto (Grip Racing), +0:20.297
3 Vitor Tonini (Z3 Team 2), +0:34.229
4 Matheus Araujo (Grip Racing), +0:46.539
5 Luis Santos (Z3 Team), +0:57.604
6 Fabio Nilo (Grip Racing 2), +1:21.868
7 Eder Penetra (Z3 Team), +1:27.107
8 Marcio Medeiros (Hattrick Racing), +1:27.526
9 Rafael Amaral (Racing 4Fun), +1:31.218
10 Vandyg Santiago (Z3 Team), +1:41.892
11 Bruno Ramos (Grip Racing 2), +1:56.171
12 Cristiano Cangani (Z3 Team 2), +2:00.284
13 Thiago Rosa (Grip Racing 3), +1 voltas
14 Dionatan Machado (Racing 4Fun 2), +1 voltas
15 Eduardo Segabinassi (Racing 4Fun), +1 voltas
16 Rubens Martins (Z3 Team 2), Motor (21)
17 Peter Roberto (Racing 4Fun 2), Motor (9)
18 Deco Guimaraes (Racing 4Fun 2), Abandono (8)
19 Mohamad Mourad (Racing 4Fun), Abandono (4)
Volta mais rapida: Victor Bueno, 1:50.821
Hattrick & Grand Chelem para Victor Bueno.

Race Control
Bruno Ramos, Drive-Through – Incidente de nível 2 (16.2.1) [+2 Licença] [1]
Incidente entre Joao Augusto e Vitor Tonini – Nenhuma ação tomada. [1]
Incidente entre Vandyg Santiago e Dionatan Machado – Nenhuma ação tomada. [1]
Incidente entre Luis Santos e Matheus Araujo – Nenhuma ação tomada. [3]
Vitor Tonini, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença] [4]
Bruno Ramos, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença] [6]
Cristiano Cangani, Drive-Through – Incidente de nível 2 (16.2.1) [+2 Licença] [1]
Luis Santos, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença] [10]
Luis Santos, Warning – Entrada/saída irregular nos boxes sem ganho (16.1.6) [+1 Licença] [19]

Pontos nas licenças
Bruno Ramos +3
Cristiano Cangani +2
Luis Santos +2
Vitor Tonini +1

Vídeo da etapa

More in Corridas