Connect with us

Corridas

F1BC Touring Pro 2016/3 @ Interlagos

F1BC Touring Pro 2016/3 @ Interlagos

A Touring Pro, atualmente uma das categorias mais importantes do F1 Brasil Clube, veio ao lendário circuito de Interlagos, no Brasil, para por em cheque a habilidade dos experientes pilotos do grid, no embate pelo título. Desta vez o troféu ficou com Vandyg Santiago (Z3 Team). Na segunda posição, Victor Bueno (Grip Racing) e na terceira Joao Augusto (Grip Racing).

O qualyfing aconteceu de acordo com o esperado. Sendo assim, Vandyg Santiago, da Z3, soube tirar proveito da ausência de lastro no seu bólido para cravar a volta mais rápida, com 1:24.786. O segundo melhor tempo foi para Fabio Nilo, da Grip, 1:25.144. Em terceiro ficou Charles Zimmermann, também da Grip, anotando 1:25.179. Rubens Martins, Joao Augusto, Victor Bueno, Matheus Araujo, Eder Penetra, Bruno Ramos e Cristiano Cangani completaram o top 10.

Classificação
1 Vandyg Santiago (Z3 Team), 1:24.786
2 Fabio Nilo (Grip Racing 2), 1:25.144
3 Charles Zimmermann (Grip Racing 2), 1:25.179
4 Rubens Martins (Z3 Team 2), 1:25.291
5 Joao Augusto (Grip Racing), 1:25.293
6 Victor Bueno (Grip Racing), 1:25.349
7 Matheus Araujo (Grip Racing), 1:25.364
8 Eder Penetra (Z3 Team), 1:25.386
9 Bruno Ramos (Grip Racing 2), 1:25.878
10 Cristiano Cangani (Z3 Team 2), 1:26.029
11 Marcio Medeiros (Hattrick Racing), 1:26.568
12 Thiago Rosa (Grip Racing 3), 1:27.790

A largada foi bastante acirrada, com os pilotos negociando os espaços no limite extremo. No fim do pelotão, entretanto, houve alguns choques na entrada do S do Senna. Cristiano Cangani, da Z3, chegou a sair da pista, batendo no guard-rail. Alguns carros a frente, Vandyg Santiago, também da Z3, após uma arrancada espetacular, conseguiu se manter em segurança no posto mais alto do grid.

Ainda nos minutos iniciais, muitas disputas frenéticas em diferentes locais da pista, principalmente envolvendo três carros da Grip pelo segundo lugar e três carros da Z3 pelo sexto. Entre estes dois pelotões estava Bruno Ramos, que passou a sofrer pressão de Eder Penetra, que buscava escalar na prova, trazendo com ele os demais carros da Z3, que estavam posicionados em fila e num ritmo crescente. Na sequência, destaque para um duelo eletrizante entre Marcio Medeiros, da Hattrick Racing, e Cristiano Cangani, da Z3, pela sétima colocação.

Aproximadamente aos 16 minutos de corrida, a maioria absoluta dos pilotos foi para o pit-lane, anunciando que a estratégia de duas paradas seria dominante no traçado de Interlagos, devido às características do circuito, que contém muitas curvas de média velocidade e um setor muito lento no miolo.

Alguns giros após a primeira parada, a disputa pela quarta colocação ficou muito intensa entre Bruno Ramos e Rubens Martins, com Charles Zimmermann logo atrás no seu encalço. Na ocasião, Rubens Martins conseguiu uma ultrapassagem forçada sobre Bruno Ramos, por fora na freada do S do Senna, assumindo o quarto lugar e mantendo-se nele.

Restando 16 minutos para o fim, novamente agitação nos boxes e todas as equipes trabalhando duro para retornar à pista com o menor prejuízo possível, visando os preciosos pontos no campeonato. Houve um pouco de expectativa também envolvendo Vandyg Santiago, em relação a como seria a sua segunda parada e se ele conseguiria manter a vantagem sobre os demais. Já no que diz respeito ao pódio, a situação ainda podia mudar entre Victor Bueno e Joao Augusto, a depender de quem aplicasse melhor sua tática e preservasse mais o equipamento, já que a diferença entre os dois na pista não era grande.

Nos instantes finais, o maior show ficou mesmo por conta do embate direto entre Joao Augusto e Fabio Nilo, da Grip. A situação ocorreu logo depois de Augusto ter cumprido um drive-thru do simulador, enquanto ainda disputava com Victor Bueno, também da sua equipe. Depois da penalização, o piloto da equipe laranja voltou pouco a frente de Nilo, dando início a um duelo frenético que perdurou até os momentos derradeiros da prova. Augusto, no entanto, conseguiu fazer uma defesa brilhante de posição para garantir o último lugar do pódio e também pontos importantes no campeonato, considerando-se que ele é o atual líder da categoria.

Destaque também para a brilhante apresentação dos pilotos da Z3 no último giro da etapa, com uma belíssima briga envolvendo Eder Penetra, Cristiano Cangani e Rubens Martins, pelo quinto lugar no grid. Foi possível observar o fair-play dos pilotos, assim como o respeito pelos colegas de equipe, mas sem perder o senso de esportividade e competição, que é tão importante nesse meio.

No agito da bandeira quadriculada, Vandyg Santiago, da Z3, faturou uma excelente vitória em Interlagos, após uma corrida inteligente e burocrática. Victor Bueno e Joao Augusto, ambos da Grip, completaram o pódio. Fabio Nilo, Eder Penetra, Cristiano Cangani, Rubens Martins, Charles Zimmermann, Bruno Ramos e Thiago Rosa, fecharam o top 10. A pontuação completa de pilotos e equipes está no site oficial www.f1bc.com .

A próxima etapa da Touring Pro será realizada no circuito de Jacarepaguá, no dia 24 de novembro, às 20h00 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo no site www.f1bc.com, que ainda fornece todos os resultados, classificação, informações e VTs das etapas desta e de suas outras categorias. O F1BC ainda está com as inscrições abertas, e através do site www.f1bc.com/inscricoes você pode fazer parte do grid não só desta categoria como outras que o clube lhe oferece.

O F1BC tem parcerias oficiais com Reiza Studios, NRT Servers, Riffel Driving Academy, Canal Sim Force, Aliança Consultoria, F1Mania, SimRacingTools, SimSync, Manarim Designs, e F1-Brasil.

Final, 50 minutos
1 Vandyg Santiago (Z3 Team), 35 voltas
2 Victor Bueno (Grip Racing), +0:05.628
3 Joao Augusto (Grip Racing), +0:23.177
4 Fabio Nilo (Grip Racing 2), +0:23.248
5 Eder Penetra (Z3 Team), +0:35.700
6 Cristiano Cangani (Z3 Team 2), +0:36.524
7 Rubens Martins (Z3 Team 2), +0:36.724
8 Charles Zimmermann (Grip Racing 2), +0:45.385
9 Bruno Ramos (Grip Racing 2), +1:03.767
10 Thiago Rosa (Grip Racing 3), +1:20.433
11 Marcio Medeiros (Hattrick Racing), Combustivel (11)
12 Matheus Araujo (Grip Racing), Não largou
Volta mais rapida: Fabio Nilo, 1:24.827

Race Control
Incidente entre Rubens Martins e Charles Zimmermann – Nenhuma ação tomada. [9]
Marcio Medeiros, Drive-Through – Incidente de nível 2 (16.2.1) [+2 Licença] [10]
Cristiano Cangani, Warning – Chat durante a sessão (16.1.4) [+1 Licença] [13]
Incidente entre Bruno Ramos e Rubens Martins – Nenhuma ação tomada. [14]
Incidente entre Bruno Ramos e Rubens Martins – Nenhuma ação tomada. [15]
Vandyg Santiago, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença] [24]

Pontos Nas Licenças
Marcio Medeiros +2
Cristiano Cangani +1
Vandyg Santiago +1

Vídeo da etapa

More in Corridas