Connect with us

Corridas

F1BC Formula Light 2016/3 @ Monza

F1BC Formula Light 2016/3 @ Monza

A grande final da Formula Light, disputada nesta quinta-feira (15) no circuito virtual de Monza, teve o embate direto entre Rodrigo Cascaes, que levou a vitória, e Robson Vieira, que com um resultado mínimo para suas expectativas – um quinto posto – consagrou seu primeiro título no F1 Brasil Clube, nesta temporada 2016/3.

Na classificação, nem Cascaes, nem Vieira. Foi Gledson Machado quem faturou a pole position, com a W3 Race dominando a primeira fila com Elvis Lima. Dionizio Paulillo e Matheus Fonseca se posicionaram a seguir, e só na terceira fila a dupla de postulantes ao título marcou presença. Foram 15 participantes nesta prova final, um bom número que mostra a força da Formula Light para a próxima temporada no F1BC.

Classificação
1 Gledson Machado (W3 Race), 1:46.190
2 Elvis Lima (W3 Race), 1:46.237
3 Dionizio Paulillo (Marsch Team), 1:46.274
4 Matheus Fonseca (KAMF Racing), 1:46.395
5 Rodrigo Cascaes (W3 Race), 1:46.605
6 Robson Vieira (Clube do Volante), 1:46.653
7 Aristides Graiewska (Clube do Volante), 1:46.894
8 Jarbas Munhoz (Clube do Volante), 1:46.936
9 Boris Vaz (Grip Racing), 1:47.219
10 Edivan Monteiro (SUB Racing), 1:47.742
11 Elson Almeida (SUB Racing), 1:48.408
12 Henrique Bettega (Bettega Motorsport), 1:48.694
13 Rodolfo Vieira (Marsch Team), 1:49.312

Boa largada em Monza, contrariando a tendência no circuito italiano. Mas Elvis Lima acabou rodando na saída da chicane e voltou na última posição, enquanto Cascaes largou muito bem e já assumia a segunda colocação. Era assim uma questão de tempo para tomar a ponta de seu parceiro Gledson Machado e buscar os 50 pontos.

Robson Vieira teve de ser mais conservador, chegou a cair para a sétima psoição, mas sabia que até mesmo um oitavo lugar ao final lhe daria os pontos necessários para faturar o título. Ele contava ainda com companheiros de equipe bem próximos – Aristides Graiewska e Jarbas Munhoz.

Ao longo da prova as estratégias se mostravam um temor para alguns, que faziam dois pit stops mas viam alguns adversários poupando um pouco no combustível. No fim, apenas Bruno Vieira fez apenas uma entrada nos boxes, disputou o pódio, mas não conseguiu o resultado esperado, abandonando.

A segunda Curva di Lesmo pegou vários piloots de surpresa com seus pequenos erros. Jarbas Munhoz e Dionizio Paulillo foram dois que avariaram seus F-3 neste trecho da pista e precisaram de reparos. Dionizio não chegou aos boxes ao bater na Variante Ascari, logo em seguida.

Ao final, Rodrigo Cascaes garantiu a vitória, mas ficou mesmo com o vice-campeonato, ainda que vencendo quatro das sete etapas disputadas, em uma grande apresentação na temporada. Matheus Fonseca fechou com seu melhor resultado na temporada após apresentação super consistente, e Gledson Machado conseguiu se recuperar com o pódio.

Robson Vieira fechou em quarto e faturou o título da Formula Light na temporada 2016/3. Sua corrida teve altos e baixos, um susto no final com retardatários, e até viu na última passagem pela Parabólica seu companheiro Aristides bater, mas fechou com o resultado que precisava para comemorar.

O F1 Brasil Clube parabeniza Robson Vieira pelo título conquistado, Rodrigo Cascaes pelo vice-campeonato, e Gledson Machado pelo terceiro lugar, além da Clube do Volante, campeã entre as equipes. A classificação final de pilotos e equipes está no site oficial www.f1bc.com.

A próxima temporada da Formula Light se iniciará no dia 12 de janeiro, no circuito de Buenos Aires N9, às 20h00 (horário de Brasília). O F1BC ainda está com as inscrições abertas, e através do site www.f1bc.com/inscricoes você pode fazer parte do grid não só desta categoria como outras que o clube lhe oferece.

Final, 50 minutos
1 Rodrigo Cascaes (W3 Race), 28 voltas
2 Matheus Fonseca (KAMF Racing), +0:13.867
3 Gledson Machado (W3 Race), +0:28.493
4 Robson Vieira (Clube do Volante), +0:51.032
5 Aristides Graiewska (Clube do Volante), +1:04.473
6 Boris Vaz (Grip Racing), +1:18.837
7 Ricardo Alves (Hattrick Racing), +1:45.161
8 Henrique Bettega (Bettega Motorsport), +1 voltas
9 Edivan Monteiro (SUB Racing), +1 voltas
10 Rodolfo Vieira (Marsch Team), +1 voltas
11 Elvis Lima (W3 Race), +2 voltas
12 Jarbas Munhoz (Clube do Volante), Abandono (25)
13 Bruno Vieira (Marsch Team), Abandono (24)
14 Elson Almeida (SUB Racing), Abandono (9)
15 Dionizio Paulillo (Marsch Team), Acidente (6)
Volta mais rapida: Rodrigo Cascaes, 1:45.651

Race Control
Edivan Monteiro, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença] [1]
Aristides Graiewska, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença] [1]
Rodolfo Vieira, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença] [3]
Incidente entre Edivan Monteiro – Nenhuma ação tomada.[4]
Edivan Monteiro, Warning – Resistência quando retardatário sem perdas (16.1.3) [+1 Licença] [14]
Rodolfo Vieira, Warning – Resistência quando retardatário sem perdas (16.1.3) [+1 Licença] [15]
Robson Vieira, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença] [24]
Incidente Jarbas Munhoz – Nenhuma ação tomada. [25]

Pontos nas licenças
Edivan Monteiro +2
Rodolfo Vieira +2
Aristides Graiewska +1
Robson Vieira +1

Vídeo da etapa

More in Corridas