Connect with us

Corridas

F1BC Indy Pro 2016/3 @ Atlanta

F1BC Indy Pro 2016/3 @ Atlanta

A decisão de título da Indy Pro foi um grande tributo aos pilotos dos ovais no F1 Brasil Clube. Nesta segunda-feira (12), as 120 voltas em Atlanta foram sem nenhuma intervenção do Safety Car, mesmo com 19 carros em pista e uma disputa pelo título entre dois expoentes da arte: rafael Matta, que faturou o bicampeonato com um quarto lugar, e Sergio Rodrigues, em terceiro e ficando com o vice. A vitória coube a Vinicius Marega, fechando a temporada 2016/3 em grande estilo. A Falcon Motorsports foi campeã entre as escuderias.

Na classificação, Rodrigo Masson levou a MIG Mototsport de volta à pole position, seguido por Vinicius Marega, Wagner Pegoraro, Jose Crescente e Adriano Fraporti. Curioso que Rafael Matta ficou em sexto, e Sergio Rodrigues, errando a volta rápida, apenas no 15º posto e precisando de um grande resultado para tirar os 19 tentos de diferença para seu adversário.

Classificação
1 Rodrigo Masson (MIG Motorsport), 24.741
2 Vinicius Marega (Pegoraros Racing 2), 24.750
3 Wagner Pegoraro (Pegoraros Racing), 24.753
4 José Crescente (Pegoraros Racing 2), 24.753
5 Adriano Fraporti (Pegoraros Racing), 24.756
6 Rafael Matta (Falcon Motorsports), 24.756
7 Fabricio Macedo (Pegoraros Racing), 24.760
8 Valmor Arenhart (Falcon Motorsports), 24.762
9 Beto Soussa (Dragon Racing AV), 24.773
10 José Godoy (Pegoraros Racing 2), 24.775
11 William Trajano (MIG Motorsport), 24.796
12 Leandro Moreira (Mondial Racing), 24.807
13 Julio Moreira (Dragon Racing AV), 24.812
14 Toni Andrade (Pegoraros Racing 3), 24.827
15 Sergio Rodrigues (Sinister Race Team), 24.837
16 Mateus Monteiro (Grip Racing), 24.847

O incrível início da prova teve o pelotão da frente rapidamente formando fila indiana, enquanto osegundo grupo, do 10º em diante, ainda disputando posições. Mas eles também notaram que a linha externa estava difícil para se tentar ganhar colocações. Rodrigues se aproveitou destes testes dos adversários para subir até o 11º posto.

Masson seguia liderando, já que todos conseguiam seguir colados com seus Dallara DW12 na linha branca interna. Mas o piloto da MIG foi para os boxes e rodou no pitlane, ficando praticamente sem chances de buscar a vitória. Marega passou a liderar, e os pit stops chegaram.

Sergio Rodrigues apareceu em sexto, e passava a trocar ultrapassagens com Mateus Monteiro em busca de reduzir a diferença para os líderes. Mais uma posição foi ganha com a rodada de Adriano Fraporti, que estava em segundo. Quem também foi pra casa mais cedo foram Alberto Ribeiro e José Godoy, batidos na entrada dos boxes, e Toni Andrade, que escapou e foi ao muro, tudo sem intervenções do Safety Car, já que seus bólidos ficaram em áreas seguras.

Com a bandeira verde persistindo até o final, todos precisaram de um segundo pit stop para combustível. Marega voltou bem adiante, com Monteiro em segundo e Rodrigues e Matta colados no piloto da Grip, que via pelo retrovisor o duelo pelo título. Mas Rafael poderia ser conservador, e foi, deixando Rodrigues a frente para administrar a vantagem que o faria campeão.

Final com Vinicius Marega vencedor, seguido de Mateus Monteiro9, dois pilotos que mereciam um grande resultado para fechar bem a temporada no F1BC. Sergio Rodrigues completou o pódio e teve de se contentar com um vice, mas de cabeça erguida, já que também é campeão da Indy Light. E Rafael Matta, excepcionalmente consistente, faturou novamente o troféu desta categoria, além da conquista da Nascar Pro, uma semana antes.

Fabricio Macedo, Jose Crescente, Valmor Arenhart, Wagner Pegoraro, William Trajano e Beto SOussa completaram um Top 10 de muito respeito. E os pilotos da Indy Pro estão todos de parabéns por sua frqeuência de presença nas etapas e pela união e fairplay apresentados nesta temporada 2016/3.

O F1 Brasil Clube parabeniza Rafael Matta pelo título conquistado, Sergio Rodrigues pelo vice-campeonato, e Vinicius Marega pelo terceiro lugar, além da Falcon Motorsports, campeã entre as equipes. A classificação final de pilotos e equipes está no site oficial www.f1bc.com.

A próxima temporada da Indy Pro se iniciará no dia 12 de janeiro, no circuito de Phoenix 2008, às 22h00 (horário de Brasília). O F1BC ainda está com as inscrições abertas, e através do site www.f1bc.com/inscricoes você pode fazer parte do grid não só desta categoria como outras que o clube lhe oferece.

Final, 120 voltas
1 Vinicius Marega (Pegoraros Racing 2) 120 Voltas
2 Mateus Monteiro (Grip Racing) +4.770
3 Sergio Rodrigues (Sinister Race Team) +4.816
4 Rafael Matta (Falcon Motorsports) +4.850
5 Fabricio Macedo (Pegoraros Racing) +7.238
6 José Crescente (Pegoraros Racing 2) +10.342
7 Valmor Arenhart (Falcon Motorsports) +16.923
8 Wagner Pegoraro (Pegoraros Racing) +17.020
9 William Trajano (MIG Motorsport) +22.269
10 Beto Soussa (Dragon Racing AV) +22.359
11 Julio Moreira (Dragon Racing AV) +1 Voltas
12 Leandro Moreira (Mondial Racing) +1 Voltas
13 Rodrigo Masson (MIG Motorsport) +1 Voltas
14 Adriano Fraporti (Pegoraros Racing) +48 Voltas (Abandono)
15 José Godoy (Pegoraros Racing 2) +57 Voltas (Abandono)
16 Alberto Ribeiro (Static Racing) +67 Voltas (Abandono)
17 Toni Andrade (Pegoraros Racing 3) +89 Voltas (Abandono)
Volta mais rápida: Wagner Pegoraro, 24.190

Vídeo da etapa

Race Control
Incidente entre William Trajano e Wagner Pegoraro – Nenhuma ação tomada.[120]
Incidente entre Leandro Moreira e Adriano Fraporti – Nenhuma ação tomada.[NetCode][62]
José Godoy, Stop-And-Go 10s – Incidente de nível 3 (16.3.1) [+3 Licença]
José Godoy, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença][49]

Pontos nas licenças
José Godoy +4

More in Corridas