Connect with us

Corridas

F1BC National Junior 2016/3 @ Santa Cruz do Sul

F1BC National Junior 2016/3 @ Santa Cruz do Sul

A grande final da National Junior teve mesmo seus dois postulantes ao título dominando o evento desta terça-feira (13), no circuito de Santa Cruz do Sul. Diogo Miranda superou Chico Martins e faturou o título, enquanto a Clube do Volante consagrou mais um troféu entre as equipes no F1 Brasil Clube nesta temporada 2016/3. Edilson Freshi fechou o pódio após grande apresentação.

Na classificação, ficou claro que o embate era entre Diogo Miranda, com 219 pontos, e Chico Martins, com 190, dividindo a primeira fila. Edilson Freshi conseguiu um ótimo terceiro tempo e era o piloto que poderia colocar “água no chopp” dos adversários. Renato Roveda fechou a segunda fila, em um total de 18 presentes na prova final – comprovando a ótima média de pilotos por etapa na National Junior e no F1BC em geral atualmente.

Classificação
1 Diogo Miranda (Thunder Racing), 1:23.475
2 Chico Martins (Clube do Volante), 1:23.562
3 Edilson Freshi (Freshi Virtual Motorsport), 1:23.598
4 Renato Roveda (Machine Racing), 1:23.908
5 Fernando Marinelli (Clube do Volante), 1:23.955
6 Wagner Monteiro (SUB Racing), 1:24.073
7 Olivio Boeira (Grip Racing 2), 1:24.186
8 Rodrigo Santos (Hattrick Racing), 1:24.278
9 Pedro Sodre (Hattrick Racing), 1:24.552
10 Joao Warmling (Grip Racing), 1:24.621
11 Augusto Maia (Grip Racing), 1:24.661
12 Alaor Terra (Hattrick Racing), 1:25.022
13 Alessandro Teixeira (Tornado Motorsport), 1:25.370
14 Braulio Gomes (Tornado Motorsport), 1:25.541
15 Sandro Goulart (Grip Racing), 1:25.605
16 Juliano Tonet (Clube do Volante), 1:26.023
17 Rodrigo Yoshihara (Hattrick Racing 2), 1:30.145
18 Marcio Rodrigues (MidiaSom Racing), Sem tempo

A boa largada mais uma vez mostrou que as picapes da National Junior estão em boas mãos por este grupo de pilotos. Miranda seguiu na ponta, seguido de Martins, Freshi e Roveda, mas este teve problemas na terceira volta e caiu para a 10ª colocação.

A disputa se intensificou quando os ponteiros, sob pressão, cometeram pequenos erros e permitiram que Freshi se intrometesse na briga, com bons duelos e ultrapassagens sendo executadas por todos eles. Mas após a metade da corrida, o piloto da Thunder Racing conseguiu superar os dois rivais para se consolidar na frente.

Mesmo pilotos de grande destaque como Rodrigo Santos, Wagner Monteiro e Olivio Boeira não conseguiram seguir o ritmo dos primeiros colocados. Freshi ainda optou pela parada na metade da corrida com troca de pneus, ficando distante de Diogo e Chico, que foram para o ‘splash and go’ no final.

Diogo Miranda venceu e confirmou o título na National Junior 2016/3, em uma campanha que incluiu cinco vitórias em seis etapas disputadas – lembrando que ele se ausentou da primeira corrida do campeonato. Chico Martins encerrou em segundo, após ser um grande concorrente e ter liderado parte da competição, mas comemorará com a Clube do Volante mais um título entre as equipes. Edilson Freshi completou o pódio.

O F1 Brasil Clube parabeniza Diogo Miranda pelo título conquistado, Chico Martins pelo vice-campeonato, e Wagner Monteiro pelo terceiro lugar, além da Clube do Volante, campeã entre as equipes. A classificação final de pilotos e equipes está no site oficial www.f1bc.com.

A próxima temporada da National Junior se iniciará no dia 10 de janeiro, no circuito de Cordoba, às 20h00 (horário de Brasília). O F1BC ainda está com as inscrições abertas, e através do site www.f1bc.com/inscricoes você pode fazer parte do grid não só desta categoria como outras que o clube lhe oferece.

Final, 50 minutos
1 Diogo Miranda (Thunder Racing), 35 voltas
2 Chico Martins (Clube do Volante), +0:03.890
3 Edilson Freshi (Freshi Virtual Motorsport), +0:14.975
4 Olivio Boeira (Grip Racing 2), +0:29.197
5 Alaor Terra (Hattrick Racing), +0:55.970
6 Wagner Monteiro (SUB Racing), +1:24.626
7 Renato Roveda (Machine Racing), +1 voltas
8 Juliano Tonet (Clube do Volante), +1 voltas
9 Sandro Goulart (Grip Racing), +2 voltas
10 Rodrigo Santos (Hattrick Racing), Suspensao (27)
11 Pedro Sodre (Hattrick Racing), Suspensao (26)
12 Braulio Gomes (Tornado Motorsport), Suspensao (22)
13 Alessandro Teixeira (Tornado Motorsport), Suspensao (19)
14 Augusto Maia (Grip Racing), Suspensao (17)
15 Marcio Rodrigues (MidiaSom Racing), Abandono (11)
16 Rodrigo Yoshihara (Hattrick Racing 2), Suspensao (4)
17 Joao Warmling (Grip Racing), Suspensao (1)
18 Edivan Monteiro (SUB Racing), Suspensao (1)
19 Fernando Marinelli (Clube do Volante), Acidente (0)
Volta mais rapida: Diogo Miranda, 1:23.439

Race Control
Joao Warmling, Drive-Through – Incidente de nível 2 (16.2.1) [+2 Licença] [1]
Rodrigo Yoshihara, Drive-Through – Freada, desaceleração ou parada imprópria (16.2.12) [+2 Licença] [1]
Incidente entre Edivan Monteiro e Marcio Rodrigues – Nenhuma ação tomada. [2]
Renato Roveda, Warning – Entrada/saída irregular nos boxes sem ganho (16.1.6) [+1 Licença] [4]
Alessandro Teixeira, Drive-Through – Incidente de nível 2 (16.2.1) [+2 Licença] [5]
Edilson Freshi, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença] [7]
Diogo Miranda, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença] [8]
Diogo Miranda, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença] [16]
Juliano Tonet, Warning – Resistência quando retardatário sem perdas (16.1.3) [+1 Licença] [22]
Diogo Miranda, Warning – Faróis/buzina para sinalização (16.1.7) [+1 Licença] [23]
Sandro Goulart, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença] [25]
Wagner Monteiro, Warning – Resistência quando retardatário sem perdas (16.1.3) [+1 Licença] [29]

Pontos nas licenças
Diogo Miranda +3
Joao Warmling +2
Rodrigo Yoshihara +2
Alessandro Teixeira +2
Renato Roveda +1
Edilson Freshi +1
Juliano Tonet +1
Sandro Goulart +1
Wagner Monteiro +1

Vídeo da etapa

More in Corridas