Connect with us

Corridas

F1BC National Light 2016/3 @ Santa Cruz do Sul

F1BC National Light 2016/3 @ Santa Cruz do Sul

A prova final da National Light teve seu brilho com largada excelente, grandes disputas por posição e a vitória de Jean Pierre, da Alliance SimRacing, que confirmou seu favoritismo para conquistar o título da categoria com os carros do Brasileiro de Marcas, nesta quarta-feira (7) no circuito de Santa Cruz do Sul.

Na classificação, Jean cravou a pole position com margem mínima – 23 milésimos de segundo – sobre seu parceiro Daniel Shinji. Wagner Monteiro e Edivan Monteiro formaram a segunda fila da SUB Racing. Postulantes ao título, Luiz de Melo foi sexto, Marcelo Canoff nono, e Marcelo Mazon o 10º. Um total de 21 pilotos prestigiou a prova final, confirmando a crescente média de carros por etapa.

Classificação
1 Jean Pierre (Alliance Sim Racing), 1:23.735
2 Daniel Shinji (Alliance Sim Racing), 1:23.757
3 Wagner Monteiro (SUB Racing), 1:23.900
4 Edivan Monteiro (SUB Racing), 1:24.147
5 Wagner Matos (Alliance Sim Racing 2), 1:24.168
6 Luiz de Melo (Alliance Sim Racing), 1:24.232
7 Murilo Parra (JBM Racing), 1:24.318
8 Andre Neiva (Pehzinho Racing), 1:24.373
9 Marcelo Canoff (JBM Racing), 1:24.416
10 Marcelo Mazon (Ruy Racing), 1:24.579
11 Eduardo Pehls (Alliance Sim Racing 2), 1:24.612
12 Edilson Freshi (Freshi Motorsport), 1:24.719
13 Leandro Matheus (Red Arrow Racing Team), 1:24.989
14 Joao Warmling (Grip Racing), 1:25.295
15 Alessandro Teixeira (Tornado Motorsport), 1:25.310
16 Alessandro Moraes (Marinho Racing), 1:25.313
17 Lucas Werle (AvRacing), 1:25.316
18 Alex Martins (Red Arrow Racing Team), 1:25.705
19 Sandro Goulart (Grip Racing), 1:25.788
20 Marcio Rodrigues (MidiaSom Racing), 1:26.226

Boa largada em todos os pontos do grid, e Jean Pierre seguiu a frente com Shinji, Monteiro, Melo, e os demais. Logo Canoff mostrava serviço ao fazer boas ultrapassagens e surgir no sétimo lugar. Já Neiva caiu para o fim do grupo e buscou a prova de recuperação.

As ótimas disputas marcaram o evento. Canoff superou as defesas de Eduardo Pehls, enquanto Edson Previato segurava um pelotão com Marcio Rodrigues, Alessandro Moraes, Alessandro Teixeira, Leandro Matheus e Sandro Goulart, em um pega alucinante do 14º posto em diante. Já Wagner Matos ficou sem sorte com sua conexão e teve de abandonar mesmo estando bem posicionado em pista.

Jean Pierre só fez sua vantagem crescer, especialmente após os pit stops. Mas ao final ele percebeu que Shinji e Melo estavam bastante próximos, reduziu a velocidade e permitiu ao trio aparecer na foto ao receber a bandeira quadriculada. A vitória garantiu com folgas a Jean Pierre o título da National Light, enquanto Luiz de Melo ficou com o vice.

O F1 Brasil Clube parabeniza Jean Pierre pelo título conquistado, Luiz de Melo pelo vice-campeonato, e Marcelo Canoff pelo terceiro lugar, além da Alliance SimRacing, campeã entre as equipes. A classificação final de pilotos e equipes está no site oficial www.f1bc.com.

Agora os carros do Brasileiro de Marcas estarão em duas categorias: Touring Pro, com início em 11 de janeiro, e a Touring Light, dia 17 do mesmo mês, ambas no circuito de Cordoba, às 20h00 (horário de Brasília). O F1BC ainda está com as inscrições abertas, e através do site www.f1bc.com/inscricoes você pode fazer parte do grid não só desta categoria como outras que o clube lhe oferece.

Final, 50 minutos
1 Jean Pierre (Alliance Sim Racing), 35 voltas
2 Daniel Shinji (Alliance Sim Racing), +0:00.184
3 Luiz de Melo (Alliance Sim Racing), +0:00.284
4 Wagner Monteiro (SUB Racing), +0:05.184
5 Marcelo Canoff (JBM Racing), +0:05.429
6 Marcelo Mazon (Ruy Racing), +0:18.887
7 Eduardo Pehls (Alliance Sim Racing 2), +0:21.892
8 Murilo Parra (JBM Racing), +0:28.885
9 Edilson Freshi (Freshi Motorsport), +0:47.366
10 Joao Warmling (Grip Racing), +0:48.671
11 Alessandro Teixeira (Tornado Motorsport), +1:10.255
12 Alessandro Moraes (Marinho Racing), +1:11.239
13 Andre Neiva (Pehzinho Racing), +1:17.628
14 Sandro Goulart (Grip Racing), +1 voltas
15 Wagner Matos (Alliance Sim Racing 2), Abandono (29)
16 Marcio Rodrigues (MidiaSom Racing), Suspensao (28)
17 Edivan Monteiro (SUB Racing), Suspensao (25)
18 Alex Martins (Red Arrow Racing Team), Acidente (20)
19 Edson Previato (Bahia Racing), Suspensao (13) [+20s]
20 Lucas Werle (AvRacing), Abandono (5)
— Leandro Matheus (Red Arrow Racing Team), +1:20.336 [DQ]
Volta mais rapida: Daniel Shinji, 1:23.607

Race Control
Edivan Monteiro, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença][1]
Leandro Matheus, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença][1]
Marcio Rodrigues, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença][1]
Alex Martins, Drive-Through – Incidente de nível 2 (16.2.1) [+2 Licença][6]
Incidente entre Edivan Monteiro e Wagner Matos – Nenhuma ação tomada.[6]
Incidente entre Edivan Monteiro e Wagner Matos – Nenhuma ação tomada.[8]
Sandro Goulart, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença][10]
Edson Previato, +20s – Freada, desaceleração ou parada imprópria (16.2.12) [+2 Licença] [13]
Wagner Matos, Abandono imediato – Ping em nível não aceitável para disputas (16.7.2)
Leandro Matheus, +20s – Incidente de nível 2 (16.2.1) [+2 Licença][34]

Pontos nas licenças
Leandro Matheus +3
Alex Martins +2
Edson Previato +2
Edivan Monteiro +1
Marcio Rodrigues +1
Sandro Goulart +1

Observações
Leandro Matheus, Disqualification – Atingiu 10 pontos na Licença na etapa final (19.3)

Vídeo da etapa
https://www.youtube.com/watch?v=664Kx59edvY

More in Corridas