Connect with us

Corridas

F1BC National Pro 2016/3 @ Santa Cruz do Sul

F1BC National Pro 2016/3 @ Santa Cruz do Sul

O encontro derradeiro da National Pro teve seis postulantes ao título nesta quarta-feira (7), mas ninguém conseguiu superar o então líder do campeonato. Tadeu Costa foi para a pole position e venceu praticamente de ponta a ponta para garantir seu heptacampeonato, em apresentação excepcional no circuito virtual de Santa Cruz do Sul.

Na classificação, Tadeu Costa venceu a disputa pela pole position e teve a grata companhia de Sergio Pamplona da Ghost Racer na primeira fila. Diogo Garcia e Junior Becker formaram a segunda fila, e os rivais de Tadeu pintaram somente em seguida, com Neto Nascimento e Renan Oliveira. Os 10 primeiros ficaram completos por Eraldo Silva, Welington Gandim, Rodrigo Cavasin, e Fellipe Porto.

Classificação
1 Tadeu Costa (Ghost Racer), 1:17.770
2 Sergio Pamplona (Ghost Racer), 1:17.921
3 Diogo Garcia (Clube do Volante), 1:17.955
4 Junior Becker (Insanox Sport Racing), 1:18.004
5 Neto Nascimento (Independente), 1:18.021
6 Renan Oliveira (Insanox Sport Racing), 1:18.054
7 Eraldo Silva (Dream Racing), 1:18.289
8 Welington Gandin (Insanox Sport Racing), 1:18.349
9 Rodrigo Cavasin (EasySetup Racing), 1:18.640
10 Fellipe Porto (Clube do Volante), 1:18.773
11 Angelo dos Santos (Clube do Volante), 1:19.126
12 Fabio Velloso (Marsch Team), 1:19.204
13 Diogo Miranda (Thunder Racing), 1:20.801
14 Renan Carrenho (Thunder Racing), 1:20.977
15 Kleber Bottaro (Forza Brasil Racing), 1:23.293

A largada foi boa na primeira parte do pelotão. O porém foi Neto Nascimento ter uma arrancada mais lenta, perdendo colocações e promovendo ganhos a outros. Um incidente teve Angelo Dos Santos, Welington Gandim, Rodrigo Cavasin, e Neto Nascimento perdendo várias posições. Para Neto, era uma melancólica despedida das chances de conquista.

Tadeu tinha sempre a companhia de Sergio Pamplona, mas Diogo Garcia permanecia pressionando o segundo colocado. Fellipe Porto perdeu o quarto posto para Renan Oliveira, mas ambos seguiram na perseguição constante. Rodrigo Cavasin teve de superar Angelo dos Santos após longo embate.

Os abandonos mostraram pilotos que estavam muito bem na prova, como Fabio Velloso, Eraldo Silva e Diogo Miranda, indo para o ‘motorhome’ mais cedo. O próprio Renan teve problemas de conexão e deixou o evento pouco depois da metade do percurso.

Ao final, Tadeu Costa desacelerou na linha de chegada e premiou Sergio Pamplona com a vitória, mas próprio Tadeu com o segundo lugar comemorou o título, seu sétimo na carreira na National Pro e no F1 Brasil Clube. Diogo Garcia completou o pódio.

O F1 Brasil Clube parabeniza Tadeu Costa pelo título conquistado, Fellipe Porto pelo vice-campeonato, e Sergio Pamplona pelo terceiro lugar, além da Clube do Volante, campeã entre as equipes. A classificação final de pilotos e equipes está no site oficial www.f1bc.com.

A próxima temporada da National Pro se iniciará no dia 18 de janeiro, no circuito de Cordoba, às 22h00 (horário de Brasília). O F1BC ainda está com as inscrições abertas, e através do site www.f1bc.com/inscricoes você pode fazer parte do grid não só desta categoria como outras que o clube lhe oferece.

Final, 50 minutos
1 Sergio Pamplona (Ghost Racer), 38 voltas
2 Tadeu Costa (Ghost Racer), +0:01.066
3 Diogo Garcia (Clube do Volante), +0:07.045
4 Fellipe Porto (Clube do Volante), +0:11.028
5 Angelo dos Santos (Clube do Volante), +0:35.188
6 Rodrigo Cavasin (EasySetup Racing), +0:38.287
7 Junior Becker (Insanox Sport Racing), +1 voltas
8 Welington Gandin (Insanox Sport Racing), +1 voltas
9 Neto Nascimento (Independente), +2 voltas
10 Renan Carrenho (Thunder Racing), +2 voltas
11 Kleber Bottaro (Forza Brasil Racing), +3 voltas
12 Renan Oliveira (Insanox Sport Racing), Abandono (21)
13 Diogo Miranda (Thunder Racing), Suspensao (14)
14 Eraldo Silva (Dream Racing), Abandono (4)
— Fabio Velloso (Marsch Team), Desclassificado
Volta mais rapida: Junior Becker, 1:17.844

Race Control
Incidente entre Renan Oliveira e Rodrigo Cavasin – Nenhuma ação tomada.[1]
Fabio Velloso, Drive-Through – Incidente de nível 2 (16.2.1) [+2 Licença][1]
Eraldo Silva, Drive-Through – Incidente de nível 2 (16.2.1) [+2 Licença][1]
Junior Becker, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença][1]
Angelo dos Santos, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença][8]

Pontos nas licenças
Fabio Velloso +2
Eraldo Silva +2
Junior Becker +1
Angelo dos Santos +1

Vídeo da etapa

More in Corridas