Connect with us

Corridas

F1BC Indy Light 2017/1 @ Daytona

F1BC Indy Light 2017/1 @ Daytona

Uma corrida bastante limpa durante a maior parte do tempo, e um acidente de grandes proporções no final. Assim a Indy Light se apresentou em Daytona nesta segunda-feira (13) pela terceira etapa da temporada 2017/1, onde Sergio Rodrigues passou ileso por tudo isso, se mantendo sempre na liderança, para faturar a vitória que o recoloca no mapa da disputa pelo título no F1 Brasil Clube.

Já na classificação, Sergio cumpriu a importante missão de cravar a pole position em Daytona para defender uma posição difícil de se tomar num oval onde o acelerador fica cravado. Marcelo Fernandes, Hector Zanardo, Guilherme Rocha, e José Godoy se colocaram no ‘Top 5’, de um total de 20 presentes.

Classificação
1 Sergio Rodrigues (Sinister Race Team), 39.058
2 Marcelo Fernandes (Mondial Racing 2), 39.071
3 Hector Zanardo (Pegoraros Racing), 39.075
4 Guilherme Rocha (Pehzinho Racing), 39.082
5 Jose Godoy (Pegoraros Racing), 39.082
6 Vinicius Marega (Pegoraros Racing), 39.093
7 Bibiano Junior (Pehzinho Racing), 39.102
8 Rodrigo Villaverde (Mondial Racing 2), 39.115
9 Deco Guimaraes (Racing 4Fun), 39.118
10 Ale Farah (Dragon Racing AV), 39.121
11 Tonny Peixoto (Thunder Racing), 39.125
12 Rodrigo Munhoz (Racing 4Fun), 39.133
13 Carlos Guimaraes (Sinister Race Team), 39.137
14 Pedro Humenhuk (Falcon Motorsports), 39.141
15 Charles Zimmermann (Grip Racing), 39.155
16 Julio Moreira (Dragon Racing AV), 39.164
17 Beto Soussa (Dragon Racing AV), 39.294
18 Valmor Arenhart (Falcon Motorsports), Sem tempo
19 Gabriel Mauricio (Mondial Racing), Sem tempo
20 Fernando Stropa (Dragon Racing AV 2), Sem tempo

A primeira metade da prova foi espetacular, com excelentes disputas por posição e nenhuma bandeira amarela. Rodrigues, Rocha, Peixoto, Godoy, Fernandes e companhia seguiam um primeiro bloco de duas filas, levando toda tensão ao extremo com as altas velocidades alcançadas em Daytona: 376km/h.

Mas os incidentes ocorreram, naquele clássico erro de tocar a linha amarela e perder o controle do Dallara, rodando pra cima do adversário. Nisso, os abandonos foram se acumulando, e Villaverde, Stropa, Guimarães, Zanardo, Soussa, Marega, Mauricio, Zimmermann e Moreira deram deaus mais cedo a Daytona.

O grupo da frente era sempre de cinco a oito carros, e destaques não faltavam: Bibiano, Rocha, Peixoto, Fernandes e Godoy constantemente perseguiam Rodrigues pela liderança. Mas no trecho final do evento, um toque entre Rocha e Peixoto levou também Fernandes e Arenhart para fora, eliminando os principaos concorrentes do piloto da Sinister Race Team.

Com uma relargada fulminante, e uma derrapada do segundo colocado Deco Guimarães, Sergio Rodrigues se distanciou dos demais com três giros para o fim e garantiu a vitória em Daytona, observando Ale Farah e Rodrigo Munhoz completarem o pódio.

Agora a ordem do campeonato é a seguinte: 43 Munhoz, 36 D.Guimarães, 32 Rodrigues, 31 Rocha, 29 Soussa, 25 Farah, 23 Godoy, 22 Humenhuk, 20 Mauricio.

A próxima etapa da Indy Light será realizada no circuito de Phoenix, no dia 6 de março, às 20h00 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo na Fan Page www.facebook.com/f1brasilclube. Todas as informações sobre o F1 Brasil Clube você confere em www.f1bc.com.

O F1BC tem o apoio de Soap Car, Reiza Studios, Sector3 Studios, iRacing, NRT Servers, F1Mania, SimRacingTools, SimSync, Canal Sim Force, Aliança Consultoria, e F1-Brasil.

Final, 50 minutos
1 Sergio Rodrigues (Sinister Race Team), 62 voltas
2 Ale Farah (Dragon Racing AV), +00.252
3 Rodrigo Munhoz (Racing 4Fun), +00.290
4 Pedro Humenhuk (Falcon Motorsports), +1.386
5 Deco Guimaraes (Racing 4Fun), +29.086
6 Valmor Arenhart (Falcon Motorsports), +5 voltas
7 Tonny Peixoto (Thunder Racing), +5 voltas
8 Marcelo Fernandes (Mondial Racing 2), +5 voltas
9 Jose Godoy (Pegoraros Racing), +6 voltas
10 Julio Moreira (Dragon Racing AV), +7 voltas
11 Charles Zimmermann (Grip Racing), +12 voltas (Abandono)
12 Vinicius Marega (Pegoraros Racing), +29 voltas (Abandono)
13 Beto Soussa (Dragon Racing AV), +36 voltas (Abandono)
14 Carlos Guimaraes (Sinister Race Team), +38 voltas (Abandono)
15 Fernando Stropa (Dragon Racing AV 2), +42 voltas (Abandono)
16 Rodrigo Villaverde (Mondial Racing 2), +55 voltas (Abandono)
17 Guilherme Rocha (Pehzinho Racing), +3.639 [LP]
18 Bibiano Junior (Pehzinho Racing), +3 voltas [LP]
19 Gabriel Mauricio (Mondial Racing), +25 voltas (Abandono) [LP]
20 Hector Zanardo (Pegoraros Racing), +36 voltas (Abandono) [LP]
Volta mais rápida: Marcelo Fernandes, 38.517

Race Control
Guilherme Rocha, Last Position – Acidente múltiplo (16.5.2) [+5 Licença][57]
Bibiano Junior, Last Position – Incidente de nível 5 (16.5.1) [+5 Licença][51]
Incidente entre Sergio Rodrigues e Tonny Peixoto – Nenhuma ação tomada.[51]
Vinicius Marega, Stop-And-Go 30s – Chat durante a sessão para reclamações (16.4.4) [+4 Licença][33]
Gabriel Mauricio, Last Position – Incidente de nível 5 (16.5.1) [+5 Licença][33]
Rodrigo Munhoz, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença][28]
Incidente entre Carlos Guimarães, Charles Zimmerman e Pedro Humenhuk – Nenhuma ação tomada.[28]
Hector Zanardo, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença][26]
Hector Zanardo, Last Position – Incidente de nível 5 (16.5.1) [+5 Licença][26]
Valmor Arenhart, Stop-And-Go 30s – Chat durante a sessão para reclamações (16.4.4) [+4 Licença] [27]
Incidente entre Rodrigo Villaverde e Jose Godoy – Nenhuma ação tomada.[7][Netcode]
Tonny Peixoto, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença][4]
Marcelo Fernandes, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença][1]

Pontos nas Licenças
Guilherme Rocha +5
Bibiano Junior +5
Vinicius Marega +4
Gabriel Mauricio +5
Rodrigo Munhoz +1
Hector Zanardo +6
Valmor Arenhart +4
Tonny Peixoto +1
Marcelo Fernandes +1

Observações
Bibiano Junior, uma etapa de suspensão – Atingiu 10 pontos na Licença (19.1)

More in Corridas