Connect with us

Corridas

F1BC Indy Pro 2017/1 @ Indianápolis

F1BC Indy Pro 2017/1 @ Indianápolis

Com 19 pilotos dando um verdadeiro show em Indianápolis, a Indy Pro teve nesta quinta-feira (8) mais uma mostra de seu alto nível, na terceira etapa da temporada 2017/1 no F1 Brasil Clube. No ‘photo finish’, Sergio Rodrigues passou 32 milésimos de segundo a frente de Thiago Peres diante da bandeira quadriculada.

A disputa pela pole position teve uma primeira fila da Pegoraros Racing com Vinicius Marega e Thiago Peres, enquanto Sergio Rodrigues e Carlos Washington formaram a sequência, e Fabricio Macedo completou o ‘Top 5’ de um total de 19 presentes. Infelizmente Valmor Arenhart não largou e deixou o grupo com menos um.

Classificação
1 Vinicius Marega (Pegoraros Racing), 39.742
2 Thiago Peres (Pegoraros Racing), 39.744
3 Sergio Rodrigues (Sinister Race Team), 39.755
4 Carlos Washington (Alliance SimRacing), 39.770
5 Fabricio Macedo (Pegoraros Racing), 39.773
6 Wagner Pegoraro (Pegoraros Racing), 39.775
7 Julio Moreira (Dragon Racing AV), 39.778
8 Jose Crescente (Pegoraros Racing), 39.780
9 Marco Brasil (Pegoraros Racing), 39.788
10 Tonny Peixoto (Thunder Racing), 39.789
11 Alberto Ribeiro (MIG Motorsport), 39.795
12 Rodrigo Masson (MIG Motorsport), 39.802
13 William Trajano (MIG Motorsport), 39.802
14 Beto Soussa (Dragon Racing AV), 39.811
15 Ale Farah (Dragon Racing AV), 39.840
16 Adriano Fraporti (Pegoraros Racing), 39.841
17 Rafael Matta (Falcon Motorsports), 39.864
18 Valmor Arenhart (Falcon Motorsports), Sem tempo
19 Jose Godoy (Pegoraros Racing), Sem tempo

A corrida teve um altíssimo nível técnicvo, justificado pelas primeiras 35 voltas em bandeira verde. Tanto foi que os pilotos logo precisaram fazer pit stops para reabastecimento, por volta do giro 30, com Peres, Marega, Rodrigues, Brasil, Washington, Fraporti e Ribeiro sempre próximos.

Um incidente passou em branco na transmissão ao vivo, onde William Trajano e Tonny Peixoto – um dos destaques iniciais – infelizmente se encontraram e foram para fora da pista, abandonando o evento. A bandeira amarela só foi acionada mesmo na volta 36, com uma rodada de Rafael Matta, que estampou o muro interno da Curva 2 e voltou voando para o centro da pista.

Os pilotos aproveitaram para irem aos boxes, e agora tinham mais 40 voltas para o fim. Era praticamente impossível completarem este longo trecho em bandeira verde, mesmo poupando combustível. Marega resolveu adiantar sua parada, mas logo um acidente triplo entre Julio Moreira, Carlos Washington e Fabricio Macedo colocou o Safety Car de volta à pista.

Era a bandeira amarela que os pilotos queriam para pouparem um pouco do combustível e poderem ir até o final sem novo pit stop. Mesmo assim Alberto Ribeiro fez uma parada, voltando para acelarar forte no final. Washington ficou fora de ação a duas voltas de desvantagem após cumprir penalidade, embora fosse forte concorrente pela vitória.

Peres e Rodrigues relargaram a frente e travaram um lindo duelo, com ultrapassagens e várias voltas lado a lado em toda a extensão sas 2.5 milhas do templo sagrado. Ao final, Sergio Rodrigues faturou a vitória com 32 milésimos de segundo de vantagem, um bico de carro a frente de Thiago Peres na linha de chegada.

Marco Brasil completou o pódio em grande atuação, seguido por Adriano Fraporti e Vinicius Marega, que mostraram todo poderio da Pegoraros Racing na Indy Pro. Beto Soussa fechou em sexto, com Alberto RIbeiro, Rodrigo Masson, Ale Farah e Jose Crescente no ‘Top 10’.

A próxima etapa da Indy Pro será realizada no circuito de Richmond, no dia 16 de fevereiro, às 22h00 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo na Fan Page www.facebook.com/f1brasilclube. Todas as informações sobre o F1 Brasil Clube você confere em www.f1bc.com.

O F1BC tem o apoio de Soap Car, Reiza Studios, Sector3 Studios, iRacing, NRT Servers, F1Mania, SimRacingTools, SimSync, Canal Sim Force, Aliança Consultoria, e F1-Brasil.

Final, 80 voltas
1 Sergio Rodrigues (Sinister Race Team), 80 voltas
2 Thiago Peres (Pegoraros Racing), +00.031
3 Marco Brasil (Pegoraros Racing), +00.536
4 Adriano Fraporti (Pegoraros Racing), +00.635
5 Vinicius Marega (Pegoraros Racing), +1.564
6 Beto Soussa (Dragon Racing AV), +2.068
7 Alberto Ribeiro (MIG Motorsport), +2.968
8 Rodrigo Masson (MIG Motorsport), +6.040
9 Ale Farah (Dragon Racing AV), +8.360
10 Jose Crescente (Pegoraros Racing), +8.437
11 Wagner Pegoraro (Pegoraros Racing), +10.608
12 Carlos Washington (Alliance SimRacing), +2 voltas
13 Jose Godoy (Pegoraros Racing), +4 voltas
14 Rafael Matta (Falcon Motorsports), +17 voltas (Abandono)
15 Julio Moreira (Dragon Racing AV), +35 voltas (Abandono)
16 Tonny Peixoto (Thunder Racing), +64 voltas (Abandono)
17 William Trajano (MIG Motorsport), +64 voltas (Abandono) [LP]
18 Fabricio Macedo (Pegoraros Racing), +31 voltas (Abandono) [LP]
19 Valmor Arenhart (Falcon Motorsports), Não largou
Volta mais rápida: Vinicius Marega (Pegoraros Racing), 40.008

Race Control
Incidente entre Rodrigo Masson e Adriano Fraporti – Nenhuma ação tomada.[62]
Marco Brasil, Warning – Chat durante a sessão (16.1.4) [+1 Licença][56]
Carlos Washington, Stop-And-Go 30s – Chat durante a sessão para reclamações (16.4.4) [+4 Licença][45]
Fabricio Macedo, Last Position – Incidente de nível 5 (16.5.1) [+5 Licença][45]
Sergio Rodrigues, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença][34]
Willian Trajano, Last Position – Incidente de nível 5 (16.5.1) [+5 Licença][16]
Marco Brasil, Warning – Chat durante a sessão (16.1.4) [+1 Licença][13]
Incidente entre Vinicius Marega e Sergio Rodrigues – Nenhuma ação tomada.[2]

Pontos nas Licenças
Marco Brasil +2
Carlos Washington +4
Fabricio Macedo +5
Sergio Rodrigues +1
Willian Trajano +5

More in Corridas