Connect with us

Corridas

F1BC International Pro 2017/1 @ Algarve

F1BC International Pro 2017/1 @ Algarve

A terceira etapa da International Pro mostrou uma boa reviravolta na briga por este título da temporada 2017/1 no F1 Brasil Clube. Foi no circuito de Algarve, nesta quarta-feira (8) que Victor Bueno se livrou de adversários tão velozes quanto, e faturou a segunda vitória seguida. Matheus Araujo e Fellipe Porto completaram o pódio, chegando próximos do piloto da Grip Racing.

Na classificação, 15 carros se mostraram presentes – uma queda em relação às provas anteriores. Murilo Biscaro foi a boa surpresa com a pole position, seguido por Matheus Araujo, Erick Goldner (líder da tabela com 60kg de lastro), João Augusto, e Victor Bueno no ‘Top 5’.

Classificação
1 Murilo Biscaro (KAMF Racing), 1:38.409
2 Matheus Araujo (Grip Racing 2), 1:38.993
3 Erick Goldner (Clube do Volante), 1:39.444
4 Joao Augusto (Grip Racing), 1:39.484
5 Victor Bueno (Grip Racing), 1:39.530
6 Fellipe Porto (Clube do Volante), 1:39.553
7 Eliezer Nunes (EZR Racing), 1:39.829
8 Francisco Muniz (Marsch Team), 1:40.488
9 Esdras Souza (Pandolino Racing), 1:40.890
10 Augusto Maia (Grip Racing 2), 1:40.942
11 Diogo Miranda (Thunder Racing), 1:41.050
12 Daniel Cruz (Grip Racing), 1:41.251
13 Ricardo Pereira (Clube do Volante), 1:41.427
14 Ricardo Ruy (Ruy Racing), 1:41.933
15 Edson Previato (Ruy Racing 2), 1:43.219

Mais uma largada bem executada nesta noite, mas com um certo climão quando se viu que Murilo Biscaro, Ricardo Ruy, Daniel Cruz e Esdras Souza tiveram problemas em seus simuladores e não puderam partir para os 50 minutos de prova.

Victor Bueno largou muito bem e assumiu a ponta, seguido por João Augusto – ambos com a Lamborghini -, enquanto Matheus Araujo e Fellipe Porto duelavam pelo terceiro posto, a frente de Eliezer Nunes e seu Ford GT, Francisco Muniz, e Diogo Miranda com o Audi R8. Quem encarou problemas foi Erick Goldner, rapidamente perdendo espaço com seu lastro e tendo dificuldades em ultrapassar os rivais ao final das retas.

Boas disputas surgiram com Augusto Maia versus Diogo Miranda, além de Francisco Muniz com o Porsche contra Erick Goldner, que por sua vez teve ainda mais problemas na parte final da prova ao rodar e bater, perdendo a asa traseira de seu Corvette e terminando na 10ª posição.

Victor Bueno deixou para fazer seu pit stop bem na penúltima volta da corrida, mas viu sua vantagem ser de cinco segundos sobre Matheus Araujo, que tinha parado bem antes e ameaçava a primeira posição de Bueno com um excelente ritmo. Pit stop lento mesmo foi de João Augusto, que precisou passar Goldner, Muniz e Nunes.

Final com Victor Bueno vencendo, e Matheus Araujo ao lado de Fellipe Porto completando o pódio. Apenas 3.7 segundos separaram vencedor do terceiro colocado ao final. Augusto e Nunes fecharam o grupo dos cinco melhores em Algarve.

Agora Matheus Araujo assumiu a ponta da tabela com 51 pontos, um tento a mais em relação a Victor Bueno. Erick Goldner ainda se salvou e fica em terceiro com 47. Um campeonato que promete em sua sequência.

A próxima etapa da International Pro será realizada no circuito de Jacarepaguá, no dia 15 de fevereiro, às 22h00 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo na Fan Page www.facebook.com/f1brasilclube. Todas as informações sobre o F1 Brasil Clube você confere em www.f1bc.com.

O F1BC tem o apoio de Soap Car, Reiza Studios, Sector3 Studios, iRacing, NRT Servers, F1Mania, SimRacingTools, SimSync, Canal Sim Force, Aliança Consultoria, e F1-Brasil.

Final, 50 minutos
1 Victor Bueno (Grip Racing), 30 voltas
2 Matheus Araujo (Grip Racing 2), +0:03.448
3 Fellipe Porto (Clube do Volante), +0:03.784
4 Joao Augusto (Grip Racing), +0:10.419
5 Eliezer Nunes (EZR Racing), +0:34.785
6 Francisco Muniz (Marsch Team), +0:43.955
7 Diogo Miranda (Thunder Racing), +1:43.079
8 Augusto Maia (Grip Racing 2), +1 voltas
9 Edson Previato (Ruy Racing 2), +1 voltas
10 Erick Goldner (Clube do Volante), +1 voltas
11 Murilo Biscaro (KAMF Racing), Não largou
12 Esdras Souza (Pandolino Racing), Não largou
13 Daniel Cruz (Grip Racing), Não largou
14 Ricardo Ruy (Ruy Racing), Não largou
Volta mais rapida: Joao Augusto, 1:39.712

Race Control
Incidente entre Felipe Porto e Joao Augusto – Nenhuma ação tomada.[10]
Erick Goldner, Warning – Entrada/saída irregular nos boxes sem ganho (16.1.6) [+1 Licença] [17]
Francisco Muniz, Warning – Faróis/buzina para sinalização (16.1.7) [+1 Licença] [25]
Augusto Maia, Warning – Entrada/saída irregular nos boxes sem ganho (16.1.6) [+1 Licença][26]

Pontos nas Licenças
Erick Goldner +1
Francisco Muniz +1
Augusto Maia +1

More in Corridas