Connect with us

Corridas

F1BC Deep Art Nascar Pro 2017/2 @ Fontana

F1BC Deep Art Nascar Pro 2017/2 @ Fontana

A Deep Art Nascar Pro teve seu encerramento de temporada 2017/2 no F1BC com uma bela disputa pelo título no oval de FOntana, onde apenas uma bandeira amarela foi vista – a cinco voltas do fim – e fez os piloto smostrarem ritmo pleno e estratégia de apenas uma parada. Leandro Morissawa venceu novamente, mas foi Bruno Barbugli, segundo colocado, quem levantou a taça pela terceira vez neste certame, nesta segunda-feira (14).

A classificação teve Leandro Morissawa mostrando supremacia a frente de Bruno Barbugli, Junior Borborema, ALe Laska, Carlos Guimarães e ROmar Arns, além de Mike Ramos, ALysson pereira, Marcelo Fernandes e Arthur de Castro completando o ‘Top 10’ de total de 16 presentes, um número bem abaixo em relação ao de 37 inscritos no início da competição.

Classificação
1 Leandro Morissawa (Falcon Motorsports 3), 40.152
2 Bruno Barbugli (Falcon Motorsports), 40.181
3 Junior Borborema (DR Racers), 40.215
4 Ale Laska (Falcon Motorsports), 40.313
5 Carlos Guimaraes (Sinister Race Team), 40.321
6 Romar Arns (Escuderia Sul-Brasil), 40.409
7 Mike Ramos (Bravus eMotorsport), 40.414
8 Alysson Pereira (Independente), 40.423
9 Marcelo Fernandes (Bravus eMotorsport 3), 40.761
10 Arthur de Castro (DR Racers), sem tempo
11 Sergio Calizario (Falcon Motorsports), sem tempo
12 Luis Bezerra (Independente), sem tempo
13 Laercio Leite (Sinister Race Team), sem tempo
14 Pedro Humenhuk (Falcon Motorsports 2), sem tempo
15 Rafael Trindade (Racing 4Fun), sem tempo
16 Rodrigo Munhoz (Racing 4Fun), sem tempo

Como previsto pelos analista e próprios pilotos, a corrida teve um começo de poucos erros, com um traçado veloz de dua smilhas, e as bandeiras amarelas não apareceram. Com 30 voltas concluídas, apenas Humenhuk e Pereira foram para um pit stop – sinalizando que parariam novamente. Os demais foram se arrastando até a volta 43.

Mas os erros individuais foram aparecendo de acordo com o desgaste dos pneus. Marcelo Fernandes, Sergio Calizario, Rodrigo Munhoz, Laercio Leite e Mike Ramos foram vítimas destas rodadas impiedosas que levaram seus bólidos ao muro. Mas com a escapada na área interna da pista, o Safety Car não se deu ao trabalho de interromper a partida.

Morissawa parou pouco antes de Barbugli, que esbanjou confiança ao seguir mais duas voltas além do previsto em pista, deixando claro que teria pneus para brigar no final. E isso de fato ocorreu nas últimas voltas, quando Bruno encostou no japonês voador e pressionou o pole position da prova. Já Borborema ficava para trás, sem chances de buscar mesmo Laska e Castro, que tinham melhores condições com o passar das voltas.

No fim, uma rodada de Trindade acionou a bandeira amarela. Borborema tinha acabado de errar e também levou volta dos líderes, enterrando as chances de título. Leandro Morissawa comemorou o fim da briga com Bruno Barbugli para comemorar mais uma vitória.

Mas Bruno Barbugli, segundo, foi o grande campeão. O piloto que também festejou o título com a Falcon Motorsports fechou uma campanha histórica, em seu tricampeonato na Nascar Pro e seu tetra no F1BC de modo geral. Junior Borborema foi o vice, e Arthur de Castro, que tomou o pódio de Laska, o terceiro na tabela.

O F1 Brasil Clube parabeniza Bruno Barbugli pelo título conquistado, Junior Borborema pelo vice-campeonato, e Arthur de Castro pelo terceiro lugar, além da Falcon Motorsports, campeã entre as equipes. A classificação final de pilotos e equipes está no site oficial www.f1bc.com.

Na próxima temporada, a Nascar Pro irá contar com os modelos da “Class A” no iRacing, com acerto fixo e 14 etapas semanais, e será iniciada no dia 11 de setembro, em circuito a definir, às 22h00 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo na Fan Page www.facebook.com/f1brasilclube. Todas as informações sobre o F1 Brasil Clube você confere em www.f1bc.com.

O F1BC tem o patrocínio de Aliança Consultoria, Deep Art, Fanatec, Nuuvem, RealGame, e o apoio de Canal Sim Force, F1 Brasil, F1Mania, iRacing, NRT Servers, Reiza Studios,Sector3 Studios, SimRacingTools, e SimSync.

Final, 90 voltas
1 Leandro Morissawa (Falcon Motorsports 3), 90 voltas
2 Bruno Barbugli (Falcon Motorsports), -00.171
3 Arthur de Castro (DR Racers), -00.438
4 Ale Laska (Falcon Motorsports), -00.635
5 Romar Arns (Escuderia Sul-Brasil), -00.948
6 Carlos Guimaraes (Sinister Race Team), -4.361
7 Junior Borborema (DR Racers), -1 L
8 Pedro Humenhuk (Falcon Motorsports 2), -2 L
9 Rafael Trindade (Racing 4Fun), Abandono (84)
10 Alysson Pereira (Independente), Abandono (81)
11 Mike Ramos (Bravus eMotorsport), Abandono (66)
12 Laercio Leite (Sinister Race Team), Abandono (51)
13 Rodrigo Munhoz (Racing 4Fun), Abandono (25)
14 Sergio Calizario (Falcon Motorsports), Abandono (21)
15 Marcelo Fernandes (Bravus eMotorsport 3), Abandono (11)
16 Luis Bezerra (Independente), Não Largou
Volta mais rápida: Leandro Morissawa, 40.428

Pontos Bônus
Leandro Morissawa +2 por liderar mais voltas
Bruno Barbugli +1 por liderar uma volta
Romar Arns +1 por liderar uma volta

Race Control
Marcelo Fernandes, Pós corrida +20s – Incidente de nível 2 (16.2.1) [+2 Licença][5]
Arthur de Castro, Warning – Chat durante a sessão (16.1.4) [+1 Licença][30]
Arthur de Castro, Warning – Chat durante a sessão (16.1.4) [+1 Licença][43]
Arthur de Castro, Warning – Chat durante a sessão (16.1.4) [+1 Licença][89]
Junior Borborema, Warning – Chat durante a sessão (16.1.4) [+1 Licença][89]

Pontos nas Licenças
Marcelo Fernandes +2
Arthur de Castro +3
Junior Borborema +1

More in Corridas