Connect with us

Corridas

F1BC Nascar Pro 2017/3 @ Daytona

F1BC Nascar Pro 2017/3 @ Daytona

Com o altíssimo nível que sempre apresenta,a Nascar pro teve uma abertura de temporada 2017/3 marcante nesta segunda-feira (11) no F1BC. Quem poderia imaginar que, em Daytona, nenhuma bandeira amarela seria agitada ao longo das 80 voltas? Pois foi isso que ocorreu, e com 18 pilotos completando a corrida. Melhor para Mike Ramos, que fugiu de qualquer confusão no final para começar com o pé direito a campanha da Bravus eMotorsport.

A classificação foi o ponto baixo do evento, com apenas 7 pilotos arriscando cronometrar volta rápida. Os demais se embolaram na ordem de entrada e ficaram do meio em diante do grupo. Romar Arns marcou a posição de honra, com Victor Del Porto marcando seu retorno ao clube na primeira fila. Sergio Calizario, Ale Laska, e Mauricio Alves formaram o ‘Top 5’.

Classificação
1 Romar Arns (Escuderia Sul-Brasil), 48.116
2 Victor Del Porto (Static Racing), 48.138
3 Sergio Calizario (Falcon Motorsports 2), 48.144
4 Ale Laska (Falcon Motorsports), 48.147
5 Mauricio Alves (Mondial Racing), 48.158
6 Pedro Humenhuk (Falcon Motorsports), 48.201
7 Jorge Destro (Falcon Motorsports 2), 48.217
8 Junior Borborema (DR Racers), sem tempo
9 Bruno Barbugli (Falcon Motorsports), sem tempo
10 Arthur de Castro (DR Racers), sem tempo
11 Mike Ramos (Bravus eMotorsport), sem tempo
12 Alex Montoanelli (Interlagos Motorsports), sem tempo
13 Alysson Pereira (Independente), sem tempo
14 Rafael Hubie (Bravus eMotorsport), sem tempo
15 Rafael David (Pro Drivers), sem tempo
16 Paulo Cezar Villas Boas (HGT Brasil), sem tempo
17 Diego Santos (4Nerds Racing), sem tempo
20 Marcelo Fernandes (Bravus eMotorsport), sem tempo
21 Allan Botelho (Mondial Racing), sem tempo

Já nas primeiras voltas a decepção maior ocorreu, com Romar Arns liderando e tendo queda de conexão. O gaúcho ainda voltou ao servidor, mas com oitro giros de desvantagem. Pedor Humenhuk também caiu, logo no alinhamento, e voltou com duas voltas de déficit.

A liderança passou de mão em mão em Daytona. Del Porto, Calizario, Ramos, Castro, Laska, e o primeiro pelotão contava com 10 carros, se separando do segundo, igualmente grande. Mas aproximando da metade do percurso o segundo grupo passou a acelerar mais, alcançando os que agora tinham de poupar combustível.

As paradas nos boxes, na metade do evento, mudaram a ordem mas juntaram o grupo todo, tamanha a competitividade da Nascar Pro. Claro que alguns ficavam para trás, como Rafael David, Marcelo Fernandes, Rafael Hubie e Diego Santos, que agora abriam passagem sempre que o pelotão chegava. Até mesmo Romar voltou a figurar no grupo da frente, mas a oito voltas atrás.

No final da corrida, os pequenos enroscos começaram a dar as caras. Junior Borborema e Alysson Pereira puxaram a fila ‘outside’ com oito voltas para o fim, e logo Del Porto também se colocou a frente, formando o trio. Barbugli tentou seguir partindo por fora, e Victor colocou abaixo, quando eles se tocaram e perderam contato com os líderes, bem como Arthur de Castro, que levou um toque por ali.

Na volta final, Mauricio Alves tentou boytar lado a lado com Mike Ramos, mas perdeu a traseira e rodou. Victor Del Porto tentou avançar sobre Borborema e também escorregou. Era a definição em Daytona com Mike Ramos garantindo a vitória, seguido por Alysson Pereira e Jr. Borborema.

Ale Laska foi quarto, ganhando posições de Victor Del Porto, Bruno Barbugli, Alex Montoanelli, Mauricio Alves, Arthur de Castro e Paulo Cezar Vilas Boas, que completaram o grupo daqueles que fecharam na volta do líder.

A próxima etapa da Nascar Pro será realizada no circuito de Chicagoland, no dia 25 de agosto, às 22h00 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo na Fan Page www.facebook.com/f1brasilclube. Todas as informações sobre o F1 Brasil Clube você confere em www.f1bc.com.

O F1BC tem o patrocínio de Aliança Consultoria, Doutor Lubrifica, Fanatec, Logitech, Nuuvem, RealGame, e o apoio de Canal Sim Force, F1 Brasil, F1Mania, iRacing, Reiza Studios, Sector3 Studios, SimRacingTools, e SimSync.

Final, 80 voltas
1 Mike Ramos (Bravus eMotorsport), 80 voltas
2 Alysson Pereira (Independente), -00.470
3 Junior Borborema (DR Racers), -1.372
4 Ale Laska (Falcon Motorsports), -6.103
5 Victor Del Porto (Static Racing), -7.784
6 Bruno Barbugli (Falcon Motorsports), -9.214
7 Alex Montoanelli (Interlagos Motorsports), -30.178
8 Mauricio Alves (Mondial Racing), -35.016
9 Arthur de Castro (DR Racers), -38.938
10 Paulo Cezar Villas Boas (HGT Brasil), -45.383
11 Rafael David (Pro Drivers), -1 L
12 Rafael Hubie (Bravus eMotorsport), -1 L
13 Diego Santos (4Nerds Racing), -1 L
14 Jorge Destro (Falcon Motorsports 2), -2 L
15 Marcelo Fernandes (Bravus eMotorsport), -2 L
16 Pedro Humenhuk (Falcon Motorsports), -3 L
17 Romar Arns (Escuderia Sul-Brasil), -9 L
18 Sergio Calizario (Falcon Motorsports 2), -21 L
19 Allan Botelho (Mondial Racing), -27 L
Volta mais rápida: Alysson Pereira 45.119

Pontos Bônus
Mike Ramos +2 por liderar mais voltas
Junior Borborema +1 por liderar uma volta
Ale Laska +1 por liderar uma volta
Victor Del Porto +1 por liderar uma volta
Bruno Barbugli +1 por liderar uma volta
Arthur de Castro +1 por liderar uma volta
Sergio Calizario +1 por liderar uma volta

Race Control
Análise de possível problema de conexão de Jr Borborema.[14]
Marcelo Fernandes, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença][42]
Incidente entre Allan Botelho e Rafael David – Nenhuma ação tomada.[53][netcode]
Marcelo Fernandes, +20s – Incidente de nível 2 (16.2.1) [+2 Licença][59]
Bruno Barbugli, +20s – Incidente de nível 2 (16.2.1) [+2 Licença][77]
Pedro Humenhuk, +40s – Incidente de nível 3 (16.2.1) [+3 Licença][77]

Pontos nas Licenças
Marcelo Fernandes +3
Bruno Barbugli +2
Pedro Humenhuk +3

Vídeo da etapa

More in Corridas