Connect with us

Clube

Formula Pro e Formula Light seguem caminhos diferentes na temporada 2018/1

Formula Pro e Formula Light seguem caminhos diferentes na temporada 2018/1

A temporada 2018/1 do F1 Brasil Clube, que se inicia no dia 8 de janeiro e já tem suas inscrições abertas, promete muitas novidades e a ida da Formula Pro para o rFactor 2 é uma delas. A Formula Light, por sua vez, segue em caminho diferente, continuando no Automobilista. Mas ambas as categorias permanecem na receita que a fizeram marcar a história do clube.

O rFactor 2 retornará ao F1BC no próximo ano e o clube viu a possibilidade de impulsionar a Formula Pro, visando atrair novos pilotos e resgatar os campeões das temporadas passadas. A categoria será disputada com o mod F1-2017, nas terças-feiras, às 22h, com competidores de nível P/A/B/C, e continuará seguindo a competição real no calendário de etapas. Além disso, quem se inscrever neste campeonato poderá escolher um dos quatro chassis disponíveis (BGP, FER, RBR, MCL), variando entre sons de motores Mercedes, Ferrari e Renault.

A Formula Light permanecerá com o Automobilista e seus carros da Formula 3 Brasil, que vão para a pista nas noites das quintas-feiras, às 20h. A novidade desta categoria para a próxima temporada será no calendário das etapas, composto, agora, por um misto de circuitos nacionais e internacionais, que serão palco de disputas entre pilotos das licenças C/D/R.

A própria divisão com base na experiência dos pilotos leva a Formula Light a ter um equilíbrio de forças. Até mesmo as equipes mais experientes só podem escalar pilotos com menor quilometragem, o que faz com que estes possam evoluir através da competitividade desta categoria. Com reabastecimento e trocas de pneus liberadas, as estratégias variam entre uma e duas paradas nos boxes, de acordo com a característica de cada circuito, forçando os pilotos a buscarem a melhor compreensão possível sobre o plano de corrida, que dura 50 minutos.

A categoria que hoje conta com os Formula 3 Brasil do Automobilista, já foi disputada, entre outros bólidos, com os modelos da GP2, GP3, F-Renault, F-3, F-BMW e F-Nippon, consagrando campeões como Fernando Passos, Gean Celso, Vinicius Dutra, Ezio Filho, Leonardo Couto, Fernando Lima, Eduardo Segabinassi, Leko Thayer, Tacito Nunes, Rafael Callegari, Sergio Fujii, Diego Said, Anderson Roberto, Felipe Oliveira, Leonardo Lopes, Gabryel Ribeiro, Alan Lopez, Andre Kimi, Daniel Rigoni, Carlos Reynaud, Enrico Espada, Thiago Amado, Robson Vieira, Breno Campos, Elvis Lima e Matheus Fonseca.

Enquanto a Formula Light é a porta de entrada para os monopostos no F1BC, a história mostra a Formula Pro como categoria máxima do clube, já que ela foi a sucessora do primeiro campeonato realizado, ainda em 2006, intitulada “F1BC Cup”, que logo se estendeu para divisões Pro, Light e Junior, contando com carros da F-1 entre os anos de 1999 e 2007. Àquela época, Rodrigo Wizard foi campeão nas primeiras três edições, além da sexta e sétima edição, com Carlos Junior faturando a quarta e Luth Cysne a quinta.

Com o conceito já definido, a Formula Pro teve alguns dos maiores campeões da história do F1BC. A lista tem Henrique Galleazzi, Fagner Roberto (4x), Diogo Oliveira, Renato Dornelles, Ciro Nishimura (3x), Rafael Cozzi (3x), Sergio Fujii, Diego Nogueira (2x), Thiago Barbosa, Cristiano Bohessef, Anderson Roberto (2x), Daniel Machado, Mohamad Mourad (3x).

Campeão da Formula Pro, Thiago Barbosa conversou com a redação do F1 Brasil Clube e falou sobre sua carreira no automobilismo virtual e no F1BC. Ao final da conversa, Barbosa revelou que a retirada do rFactor 2 da grade do clube foi um dos motivos do seu afastamento das pistas virtuais, mas que, agora, retornará a categoria em que conquistou o título em 2014.

“Minha carreira no automobilismo virtual foi focada nos monopostos, principalmente os Formula 1, e no F1BC não foi diferente. Por uma questão hierarquica na época, comecei correndo na Formula Junior e Formula Challenge, com os F-BMW. E para minha surpresa e também de outros, acabei conquistando o título nas duas categorias. A partir daí, já saltei para a Formula Pro, onde, depois de disputar alguns campeonatos, também consegui ser campeão”, contou.

“Por motivos pessoais e a decisão do clube de retirar o rFactor 2 da sua grade de simuladores, acabei me afastando um pouco, já que não havia uma categoria que me chamasse atenção. Mas recebi a ótima notícia de que o rF2 irá retornar ao clube e receberá o campeonato da Formula Pro e é claro que eu não irei perder essa oportunidade de voltar a competir no F1BC”, finalizou.

AMPLA PESQUISA DO F1BC

O F1 Brasil Clube lançou uma ampla pesquisa recentemente, visando melhorias para o clube. Para quem ainda não respondeu o questionário, que seguirá aberto até o dia 20 de dezembro, data em que se encerra a temporada 2017/3, basta acessar www.f1bc.com/pesquisa. Lembrando que os participantes concorrem a um cupom de R$100,00 para serem utilizados na biblioteca de jogos da Nuuvem.

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA A TEMPORADA 2018/1

Inscreva-se em www.f1bc.com/inscricoes, preenchendo o formulário completo. Todos os dados serão computados no banco de dados do F1BC, que retornará com agilidade aos pedidos com as informações de pagamento e demais confirmações.

O F1BC tem o patrocínio de Aliança Consultoria, Doutor Lubrifica, Fanatec, Logitech, Nuuvem, Poesia Perfumes, RealGame, e o apoio de Canal Sim-Force, F1 Brasil, F1 Mania, iRacing, Reiza Studios, Sector3 Studios, SimRacingTools, e SimSync.

Advertisement

Facebook

Advertisement

VÍDEO DESTAQUE

More in Clube