Connect with us

Corridas

F1BC Nascar Pro 2018/1 @ Milwaukee

F1BC Nascar Pro 2018/1 @ Milwaukee

A Nascar Pro teve a sua quarta etapa na temporada 2018/1 do F1 Brasil Clube disputada na noite desta segunda-feira (22), no oval de Milwaukee. Bruno Barbugli mostrou desde o início que estava bem preparado para voltar a vencer na categoria e, ao final das 140 voltas, foi o atual campeão quem comemorou a vitória, a sua primeira na temporada. Ale Laska foi o segundo e completou a dobradinha da Falcon Motorsports após fazer um belo trabalho com um pitstop a menos.

A ordem de largada teve Bruno Barbugli na pole-position e Ale Laska fechando a primeira fila. Romar Arns, Junior Borborema e Alysson Pereira apareceram na sequência. Rafael Hubie, Endrigo de Castro, Leandro Moreira, Mike Ramos e Francisco Junior completaram o top-10 do grid de largada, que ainda teve Pedro Humenhuk, Rodrigo Berte, Paulo Cezar Villas Boas, Vera Silva, Marcelo Fernandes e Allan Botelho.

Classificação
1 Bruno Barbugli (Falcon Motorsports), 29.327
2 Ale Laska (Falcon Motorsports), 29.385
3 Romar Arns (Escuderia Sul-Brasil), 29.408
4 Junior Borborema (DR Racers), 29.538
5 Alysson Pereira (Independente), 29.555
6 Rafael Hubie (Bravus eMotorsport), 29.570
7 Endrigo de Castro (Paraguay Racing AV), 29.583
8 Leandro Moreira (Mondial Racing), 29.697
9 Mike Ramos (Bravus eMotorsport), 29.732
10 Francisco Junior (Sinister Race Team), 29.925
11 Pedro Humenhuk (Falcon Motorsports), 30.379
12 Rodrigo Berte (Galaxy SimRacing), Sem tempo
13 Paulo Cezar Villas Boas (HGT Brasil), Sem tempo
14 Vera Silva (G-Force Motorsports), Sem tempo
15 Marcelo Fernandes (Bravus eMotorsport), Sem tempo
16 Allan Botelho (Countdown Racing), Sem tempo

Parecia que a largada seria tranquila e sem incidentes, mas um toque entre Alysson Pereira e Junior Borborema provocou o acionamento da primeira bandeira amarela logo na primeira volta. Borborema, líder do campeonato até então, conseguiu seguir na prova e na mesma volta do líder. O pole-position da noite, Bruno Barbugli, seguia na liderança.

Após a relargada, a corrida entrou em uma boa sequência em bandeira berde, possibilitando o surgimento de algumas disputas. Muitas delas tinha Junior Borborema como protagonista, buscando a recuperação na etapa. Mas Leandro Moreira acabou rodando sozinho na volta 32 e o safety-car retornou à pista novamente.

A bandeira amarela foi acionada mesmo no período de encerramento do 1º estágio, que deu pontos bônus para Bruno Barbugli, Ale Laska, Endrigo de Castro, Mike Ramos, Francisco Junior, Marcelo Fernandes, Pedro Humenhuk, Rafael Hubi, Vera Slva e Alysson Pereira. Entretanto, a relargada foi seguida de um incidente de proporção maior que começou entre Marcelo e Junior, mas que ainda envolveu Alan Botelho e Leandro Moreira em mais entrada do safety-car.

E dessa vez os pilotos decidiram ir aos boxes e no retorno, quem aparecia liderando era Rafael Hubie, seguido de Alysson Pereira e Junior Borborema. Bruno Barbugli aproveitou a perda de ritmo de Pereira e já desmonstrava que buscava recuperar a liderança quando logo pulou para 3º na relargada. E não demorou para que o atual campeão partisse para cima de Borborema e, depois, de Rafael Hubie para reassumir o primeiro posto.

Em torno da volta 60, os pilotos começaram a sentir o desgaste dos pneus. Bruno Barbugli e Rafael Hubie disputavam a liderança, demonstrando que estava com seu equipamento sob controle. Hubie, porém, que chegou a passar Barbugli, rodou na entrada da reta principal e provocou o acionamento da bandeira amarela pela quarta vez na prova.

Todos os pilotos aproveitaram para ir aos boxes. Desta vez, Bruno Barbugli voltou na liderança e agora via Ale Laska e Junior Borborema em seu retrovisor. Mas a corrida novamente foi interrompida por um entrevero entre Pedro Humenhuk e Vera Silva. E os competidores retornaram ao pitlane, a exceção de Laska, Borborema, Endrigo de Castro e Paulo Cezar Villas Boas.

Na relargada, Ale Laska abriu na liderança, enquanto Bruno Barbugli aproveitou seus pneus novos para pular para 2º. Barbugli demorou para colar no piloto da Falcon Motorsports, que fazia um bom trabalho na administração do seu equipamento. Mas, logo depois, o atual campeão assumiu a ponta novamente. Atrás, Endrigo de Castro, Junior Borborema e Rafael Hubie protagonizavam uma boa briga pelo 3º posto.

A corrida continuou neste cenário de disputas entre os ponteiros e em bandeira verde até o final das 140 voltas. Bruno Barbugli passou em primeiro e venceu a primeira na temporada depois de ver Ale Laska, o segundo, bem perto nos giros finais. Rafael Hubie chegou em terceiro, seguido de Endrigo de Castro, Junior Borborema e Alysson Pereira. Mike Ramos, Rodrigo Berte, Paulo Cezar Villas Boas e Allan Botelho completaram o top-10 da etapa.

Com os resultados, a liderança do campeonato agora é de Ale Laska, somando 129 pontos. Rafael Hubie e Junior Borborema aparecem na sequência, com 123 e 122, respectivamente. Vencedor da prova, Bruno Barbugli é o quarto com 117 tentos. A classificação completa do campeonato de pilotos e equipes está no site oficial www.f1bc.com.

A próxima etapa da Nascar Pro será realizada no oval de Iowa [A], no dia 29 de janeiro, a partir das 22h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo em HD no YouTube do F1BC. Todas as informações sobre o F1 Brasil Clube você confere em www.f1bc.com.

Gostou da categoria? As inscrições ainda estão abertas e você pode garantir a sua vaga em www.f1bc.com/inscricoes, preenchendo o formulário completo. Todos os dados serão computados no banco de dados do F1BC, que retornará com agilidade aos pedidos com as informações de pagamento e demais confirmações.

O F1BC tem o patrocínio de Aliança Consultoria, Doutor Lubrifica, Fanatec, Logitech, Nuuvem, Poesia Perfumes, RealGame, Área Nobre Estacionamentos, M7Help, Aguiatech, e o apoio de Canal Sim-Force, F1 Brasil, F1 Mania, iRacing, Reiza Studios, Sector3 Studios, SimRacingTools, e SimSync.

Final, 140 voltas
1 Bruno Barbugli (Falcon Motorsports), 140 voltas
2 Ale Laska (Falcon Motorsports), +0:01.832
3 Rafael Hubie (Bravus eMotorsport), +0:08.157
4 Endrigo de Castro (Paraguay Racing AV), +0:17.143
5 Junior Borborema (DR Racers), +0:17.199
6 Alysson Pereira (Independente), +0:21.660
7 Mike Ramos (Bravus eMotorsport), +1 volta
8 Rodrigo Berte (Galaxy SimRacing), +1 volta
9 Paulo Cezar Villas Boas (HGT Brasil), +1 volta
10 Allan Botelho (Countdown Racing), +23 volta
11 Vera Silva (G-Force Motorsports), Abandono (113)
12 Pedro Humenhuk (Falcon Motorsports), +52 voltas
13 Leandro Moreira (Mondial Racing), Abandono (38)
14 Francisco Junior (Sinister Race Team), Abandono (38) (+60s)
15 Marcelo Fernandes (Bravus eMotorsport), Abandono (38) (+60s)
16 Romar Arns (Escuderia Sul-Brasil), Abandono (0)
Volta mais rápida: Bruno Barbugli, 0:29.687
Hattrick para Bruno Barbugli.

Pontos bônus – 1º estágio
Bruno Barbugli – 10 pontos
Ale Laska – 9 pontos
Endrigo de Castro – 8 pontos
Mike Ramos – 7 pontos
Francisco Junior – 6 pontos
Marcelo Fernandes – 5 pontos
Pedro Humenhuk – 4 pontos
Rafael Hubie – 3 pontos
Vera Silva – 2 pontos
Alysson Pereira – 1 ponto

Race control
Endrigo de Castro, Warning – Incidente de nível 1 (17.1.1) [+1 Licença] [1]
Alysson Pereira, Warning – Incidente de nível 1 (17.1.1) [+1 Licença] [1]
Marcelo Fernandes, +60s – Incidente de nível 4 (17.4.1) [+4 Licença] [30]
Francisco Junior, +60s- Chat durante a sessão para reclamações (17.4.4) [+4 Licença] [31]
Paulo Villas Boas, Warning – Incidente de nível 1 (17.1.1) [+1 Licença] [43]
Pedro Humenhuk, Stop-And-Go 10s – Incidente de nível 3 (17.3.1) [+3 Licença] [78]

Pontos nas licenças
Marcelo Fernandes +4
Francisco Junior +4
Pedro Humenhuk +3
Endrigo de Castro +1
Alysson Pereira +1
Paulo Villas Boas +1

Vídeo da etapa

Facebook

Advertisement

More in Corridas