Connect with us

Corridas

F1BC Touring Classic 2018/1 @ Santa Cruz

F1BC Touring Classic 2018/1 @ Santa Cruz

Os pilotos da Touring Classic protagonizaram mais uma corrida digna dos clássicos. Disputada na noite desta terça-feira (20), no circuito de Santa Cruz, a quinta etapa do campeonato na temporada 2018/1 do F1 Brasil Clube teve emoção do início ao fim. João Felipe Oliveira viu, de longe, dois líderes abandonarem a prova e soube atacar no momento certo para conquistar sua primeira vitória no certame e no clube, além de entrar na briga pelo título. Heitor Facuri Cicoti e Raphael Camelo completaram o pódio.

Na classificação, Bruno Fernandes se aproveitou da ausência de lastro e cravou a pole-position. Luiz Brambila marcou o segundo melhor tempo e ficou à frente de Bruno Rocha, Raphael Camelo (50kg) e João Felipe Oliveira. O líder do campeonato, Heitor Facuri Cicoti (60kg), foi sexto, seguido de Rodrigo Luiz (10kg), Elizeu Filho (20kg), Gefferson Pereira e Guilherme Rocha, completarando o top-10 do grid de largada.

Classificação
1 Bruno Fernandes (Factory Assault), 1:33.905
2 Luiz Brambila (Fast Lap Virtual Race), 1:34.095
3 Bruno Rocha (Fast Lap Virtual Race 2), 1:34.167
4 Raphael Camelo (Factory Assault), 1:34.210
5 Joao Felipe Oliveira (Scuderia Vacca Rossa), 1:34.211
6 Heitor Facuri Cicoti (Independente), 1:34.349
7 Rodrigo Luiz (Factory Assaut), 1:34.440
8 Elizeu Filho (Grip Racing), 1:34.477
9 Gefferson Pereira (Team Brasil Racing), 1:34.581
10 Guilherme Rocha (Fast Lap Virtual Race), 1:34.675
11 Luciano Rocha (SUB Racing 2), 1:34.725
12 Edgard Mesquita (Team Brasil Racing), 1:34.796
13 Eduardo Celezinski (Red Arrow Racing Team), 1:34.919
14 Tiago Flor (Fast Lap Virtual Race), 1:35.246
15 Franklin Souza (SUB Racing), 1:35.487
16 Adonis Paiva (Hattrick Racing), 1:35.868
17 Rodrigo Yoshihara (Hattrick Racing), 1:37.167
18 Vinicius Loyola (Evolution Racing Team), 1:37.403
19 Giovani Novi (Nove Racing), 1:39.733
20 Thiago Moro (Grip Racing), Sem tempo

A largada no circuito de Santa Cruz foi boa, pelo menos até a passagem dos pilotos pela primeira curva. A confusão aconteceu no díficil “S” em descida, onde os carros passam em alta velocidade e é praticamente impossível dividir espaço na tangência. Alguns bólidos ficaram pelo caminho, mais ainda não tinha sido registrado nenhum abandono. Na frente, Bruno Fernandes se mantinha na liderança e ainda via Luiz Brambila em seus retrovisores.

Heitor Facuri Cicoti fez um bom início de prova e, depois de largar de 6º, chegou a aparecer em 3º, mas Raphael Camelo retormou a posição. E essa era apenas uma das várias disputas que aconteciam pelo difícil traçado gaúcho, que exigia bastante dos pilotos com os clássicos do Brasileiro de Marcas.

As paradas nos boxes foram realizadas pouco antes da metade da corrida. Graças ao bom trabalho de seus mecânicos, Heitor Facuri Cicoti voltou à frente de Raphael Camelo. Entretanto, ambos retornaram atrás de Luiz Brambila, porém, com menos diferença. Mas a etapa ainda prometia surpresas. Bruno Fernandes parou e voltou na liderança, mas teve problemas no motor e abandonou a etapa.

E o drama não parou por aí. Luiz Brambila assumiu a ponta, mas sua conexão o atrapalhou e sua estadia na liderança e na prova não durou muitas voltas. Com dois abandonos surpresas, o 1º posto caiu no colo de Heitor Facuri Cicoti, que era seguido por Raphael Camelo. Porém, foi aí que mais uma vez a prova ganhou em emoção. João Felipe Oliveira veio com vontade e superou Heitor e Camelo para assumir a 1ª posição.

E assim ficou até o final, João Felipe Oliveira conquistou sua primeira vitória no campeonato e entrou na briga pelo título. Após boa disputa, Heitor Facuri Cicoti fechou em segundo e Raphael Camelo em terceiro. Luciano Rocha chegou em quarto, à frente de Eduardo Celezinski e Rodrigo Luiz. Elizeu Filho, Franklin Souza e Gefferson Pereira completaram o top-10 da etapa.

Com os resultados, Heitor Facuri Cicoti chegou aos 76 pontos e se manteve na liderança do campeonato. Raphael Camelo também continuou na segunda colocação com 69, 10 a mais que João Felipe Oliveira, vencedor da noite que pulou de 8º para 3º na tabela. E na reta final de campeonato, vale destacar a disputa entre as equipes: a Factory Assault lidera com 144 pontos, com boa vantagem para Team Brasil Racing, que soma 78 na vice-liderança. A classificação completa do campeonato de pilotos e equipes está no site oficial www.f1bc.com.

A próxima etapa da Touring Classic será realizada no circuito de Buenos Aires N8, no dia 3 de abril, a partir das 20h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo em HD no YouTube do F1BC. Todas as informações sobre o F1 Brasil Clube você confere em www.f1bc.com.

Gostou da categoria? Na próxima temporada, o campeonato passará a se chamar Marcas Classic e as inscrições já estão abertas e você pode garantir a sua vaga em www.f1bc.com/inscricoes, preenchendo o formulário completo. Todos os dados serão computados no banco de dados do F1BC, que retornará com agilidade aos pedidos com as informações de pagamento e demais confirmações.

O F1BC tem o patrocínio de Aguiatech, Aliança Consultoria, Área Nobre Estacionamentos, Doutor Lubrifica, Fanatec, Logitech, M7Help, Poesia Perfumes, RealGame, e o apoio de Canal Sim-Force, F1 Brasil, F1 Mania, iRacing, Reiza Studios, Sector3 Studios, SimRacingTools, e SimSync.

Final, 50 minutos
1 Joao Felipe Oliveira (Scuderia Vacca Rossa), 33 voltas
2 Heitor Facuri Cicoti (Independente), +0:03.529
3 Raphael Camelo (Factory Assault), +0:04.164
4 Luciano Rocha (SUB Racing 2), +0:16.334
5 Bruno Rocha (Fast Lap Virtual Race 2), +0:30.881
6 Eduardo Celezinski (Red Arrow Racing Team), +1:05.100
7 Rodrigo Luiz (Factory Assaut), +1:07.021
8 Elizeu Filho (Grip Racing), +1:08.246
9 Franklin Souza (SUB Racing), +1:12.808
10 Gefferson Pereira (Team Brasil Racing), +1:38.661
11 Edgard Mesquita (Team Brasil Racing), +1 volta
12 Rodrigo Yoshihara (Hattrick Racing), +2 voltas
13 Giovani Novi (Nove Racing), Abandono (21)
14 Luiz Brambila (Fast Lap Virtual Race), Abandono (20)
15 Adonis Paiva (Hattrick Racing), Abandono (18)
16 Bruno Fernandes (Factory Assault), Motor (18)
17 Tiago Flor (Fast Lap Virtual Race), Suspensao (18)
18 Vinicius Loyola (Evolution Racing Team), Abandono (10)
19 Guilherme Rocha (Fast Lap Virtual Race), Motor (9)
20 Thiago Moro (Grip Racing), Abandono (5)
Volta mais rápida: Bruno Fernandes, 1:33.944

Race control
Raphael Camelo, Warning – Incidente de nível 1 (17.1.1) [+1 Licença][1]
Guilherme Rocha, Warning – Incidente de nível 1 (17.1.1) [+1 Licença][1]
Bruno Rocha, Drive-Through – Incidente de nível 2 (17.2.1) [+2 Licença][1]
Rodrigo Luiz, Warning – Incidente de nível 1 (17.1.1) [+1 Licença][1]
Edgard Mesquita, Stop-And-Go 10s – Incidente de nível 3 (17.3.1) [+3 Licença][12]
Geferson Pereira, Warning – Incidente de nível 1 (17.1.1) [+1 Licença][12]
Rodrigo Yoshihara, Warning – Resistência quando retardatário sem perdas (17.1.3) [+1 Licença][17]
Eduardo Celezinski, Warning – Incidente de nível 1 (17.1.1) [+1 Licença][22]
Elizeu Filho, Warning – Incidente de nível 1 (17.1.1) [+1 Licença][22]

Pontos nas licenças
Edgard Mesquita +2
Bruno Rocha +2
Raphael Camelo +1
Guilherme Rocha +1
Rodrigo Luiz +1
Geferson Pereira +1
Rodrigo Yoshihara +1
Eduardo Celezinski +1
Elizeu Filho +1

Vídeo da etapa

Advertisement

Facebook

Advertisement

VÍDEO DESTAQUE

More in Corridas