Connect with us

Corridas

F1BC National Pro 2018/1 @ Tarumã

F1BC National Pro 2018/1 @ Tarumã

A National Pro chegou a sua grande decisão na temporada 2018/1 do F1 Brasil Clube. Diogo Garcia desembarcou no circuito de Tarumã, na noite desta quarta-feira (11), com 21 pontos de vantagem na disputa pelo título e ainda aumentou a diferença com o segundo lugar na corrida, confirmando-se como campeão. Tadeu Costa venceu a prova no traçado gaúcho e ficou com o vice-campeonato.

Na classificação, Tadeu Costa foi quem cravou a pole-position, superando Diego Acebedo e Diogo Garcia, líder do campeonato. Edgard Mesquita apareceu na sequência, com o quarto melhor tempo, à frente de Eraldo Silva, Cesar Louro e Wagner Monteiro. Edivan Monteiro, Renato Roveda e Augusto Maia completaram o top-10 do grid de largada.

Classificação
1 Tadeu Costa (Logitech Racing Team), 1:02.658
2 Diego Acebedo (Make Your Point eSports), 1:02.779
3 Diogo Garcia (Logitech Racing Team), 1:02.932
4 Edgard Mesquita (Team Brasil Racing), 1:02.978
5 Eraldo Silva (Logitech Racing Team), 1:03.099
6 Cesar Louro (Team Brasil Racing), 1:03.156
7 Wagner Monteiro (Cobra Racing), 1:03.302
8 Edivan Monteiro (Cobra Racing), 1:03.550
9 Renato Roveda (AvRacing), 1:03.738
10 Augusto Maia (Grip Racing), 1:03.842
11 Eyder Rodrigues (Team Brasil Racing), 1:03.987
12 Edilson Freshi (Tornado Motorsports), 1:04.055
13 Luiz Silva (Grip Racing), 1:04.770
14 Wellington Dill (Overmind Racing), 1:04.942
15 Fabio Feliciano (Team Brasil Racing 2), 1:05.174
16 Luciano Lobao (Logitech Racing Team 2), Sem tempo
17 Fernando Passos (Overmind Racing), Sem tempo

Todas as largadas da temporada da National Pro foram boas e seria óbvio que na etapa final os pilotos não fariam diferente. E a arrancada inicial ainda contou com mudanças na ordem. Tadeu Costa se manteve na ponta, à frente, agora, de Diogo Garcia, que superou Diego Acebedo. Edgard Mesquita caiu para 5º ao ser ultrapassado por Eraldo Silva.

A sequência da prova contou com boas disputas pelo grid. Na frente, a única alteração até então foi a inversão de posição entre Diego Acebedo e Eraldo Silva, que acabou abandonando a prova logo depois em duelo com Edgard Mesquita. Mesquita, aliás, que não estava nada satisfeito com o cenário da prova, já que tinha que tirar 21 pontos de Diogo Garcia, que seguia em 2º.

As paradas nos boxes começaram a ser realizadas antes mesmo da metade da corrida. Edgard Mesquita foi um dos que pararam na volta 21. Tadeu Costa, Diogo Garcia e Diego Acebedo passaram pelo pitlane logo depois. E a dupla da Logitech Racing Team havia se aproximado antes mesmo das paradas e a proximidade seguiu até o final da prova.

Tadeu Costa conquistou a vitória em Tarumã e confirmou o seu vice-campeonato, porque o título ficou com seu companheiro Diogo Garcia, que fechou em segundo. Diego Acebedo completou o pódio. Edgard Mesquita chegou em quarto e levará medalha de 3º lugar para casa. Wagner Monteiro, Fernando Passos e Cesar Louro terminaram na sequência. Várias punições recebidas por Edivan Monteiro provocou sua desclassificção da etapa final e, tambpem, alterações nas posições finais do top-10, que teve Renato Roveda, Augusto Maia e Wellington Dill.

O F1 Brasil Clube parabeniza Diogo Garcia pelo título conquistado, Tadeu Costa pelo vice-campeonato e Edgard Mesquita pelo terceiro lugar, além da Logitech Racing Team, campeã entre as equipes. A classificação completa do campeonato de pilotos e equipes está no site oficial www.f1bc.com.

A próxima temporada da National Pro se iniciará no circuito do Velo Cittá (Full), no dia 16 de maio, a partir das 20h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo em HD no YouTube do F1BC. Todas as informações sobre o F1 Brasil Clube você confere em www.f1bc.com.

Gostou da categoria? As inscrições para a próxima temporada já estão abertas e você pode garantir a sua vaga em www.f1bc.com/inscricoes, preenchendo o formulário completo. Todos os dados serão computados no banco de dados do F1BC, que retornará com agilidade aos pedidos com as informações de pagamento e demais confirmações.

O F1BC tem o patrocínio de Aguiatech, Aliança Consultoria, Área Nobre Estacionamentos, Doutor Lubrifica, Fanatec, Logitech, M7Help, Poesia Perfumes, RealGame, e o apoio de Canal Sim-Force, F1 Brasil, F1 Mania, iRacing, Reiza Studios, Sector3 Studios, SimRacingTools, e SimSync.

Final, 50 minutos
1 Tadeu Costa (Logitech Racing Team), 47 voltas
2 Diogo Garcia (Logitech Racing Team), +0:01.428
3 Diego Acebedo (Make Your Point eSports), +0:04.998
4 Edgard Mesquita (Team Brasil Racing), +0:07.993
5 Wagner Monteiro (Cobra Racing), +0:22.965
6 Fernando Passos (Overmind Racing), +0:32.774
7 Cesar Louro (Team Brasil Racing), +0:43.420
8 Renato Roveda (AvRacing), +1 volta
9 Augusto Maia (Grip Racing), Abandono (18)
10 Wellington Dill (Overmind Racing), Suspensao (17)
11 Eraldo Silva (Logitech Racing Team), Abandono (16)
12 Edilson Freshi (Tornado Motorsports), Suspensao (10)
13 Eyder Rodrigues (Team Brasil Racing), Acidente (9)
14 Fabio Feliciano (Team Brasil Racing 2), Abandono (7)
15 Luciano Lobao (Logitech Racing Team 2), Suspensao (1)
16 Luiz Silva (Grip Racing), Suspensao (0)
17 Edivan Monteiro (Cobra Racing), Desclassificação (DQ)
Volta mais rápida: Tadeu Costa, 1:03.068
Hattrick para Tadeu Costa.

Race control
Luiz Silva, Drive-Through – Incidente de nível 2 (17.2.1) [+2 Licença][1]
Edivan Monteiro, Warning – Incidente de nível 1 (17.1.1) [+1 Licença][8]
Edivan Monteiro, Drive-Through – Incidente de nível 2 (17.2.1) [+2 Licença][10]
Incidente entre Eraldo Silva e Diego Acebedo – Nenhuma ação tomada.[11]
Renato Roveda, Drive-Through – Incidente de nível 2 (17.2.1) [+2 Licença][12]
Edivan Monteiro, Warning – Envio excessivo de Notificação (17.1.9) [+1 Licença][12]
Edivan Monteiro, Warning – Envio excessivo de Notificação (17.1.9) [+1 Licença][12](2)
Edivan Monteiro, Warning – Envio excessivo de Notificação (17.1.9) [+1 Licença][12](3)
Edivan Monteiro, Warning – Envio excessivo de Notificação (17.1.9) [+1 Licença][12](4)
Augusto Maia, Drive-Through – Incidente de nível 2 (17.2.1) [+2 Licença][16]
Eraldo Silva, Warning – Incidente de nível 1 (17.1.1) [+1 Licença][17]

Pontos nas licenças
Edivan Monteiro +7
Luiz Silva +2
Renato Roveda +2
Augusto Maia +2
Eraldo Silva +1

Observações
Edivan Monteiro, Disqualification – Atingiu 10 pontos na Licença na etapa final (20.3)

Vídeo da etapa

Advertisement

Facebook

Advertisement

VÍDEO DESTAQUE

More in Corridas