Connect with us

Equipes

Rafael Matta participará de seletiva para bolsa em escola de pilotagem

Rafael Matta participará de seletiva para bolsa em escola de pilotagem

Com experiências em automobilismo real e virtual, o ribeirão-pretano Rafael Matta, tricampeão no F1 Brasil Clube entre as categorias Indy Pro e Nascar Pro, foi selecionado entre mais de 300 inscritos para participar de uma seletiva que concederá uma bolsa para academia Pilotech, o único centro de treinamento especializado em automobilismo do Brasil.

Se você jogava Enduro no Atari e corre hoje de automobilismo virtual, em algum momento da sua vida você deve ter se perguntado: onde vai chegar a evolução da simulação? A resposta correta parece ser: dentro da pista, sentado num carro de verdade, atado ao cinto, aplicando os conhecimentos adquiridos.

Em alguns simuladores (como Automobilista, iRacing, Assetto Corsa, entre outros) as diferenças entre simulação e realidade são mínimas. Aliás, segundo a opinião de alguns pilotos “reais-virtuais”, a privação sensorial na simulação, como a falta de percepção de equilíbrio, tato e olfato, por exemplo, faz com que o piloto virtual desenvolva reações muito mais apuradas do que as de outros pilotos que não tenham por costume praticar e-Sports. Ou seja: bons pilotos virtuais, costumam ser tornar pilotos reais mais completos.

Um bom exemplo disso é o ribeirão-pretano Rafael Matta. Começou a sua carreira no Kart em 1994 e no automobilismo virtual em 2007. Curiosamente, foi somente após os resultados nos e-sports, que uma enxurrada de vitórias nas pistas reais começaram a aparecer.

Entre 2007 e 2014 foi campeão de diversas ligas nacionais e internacionais de automobilismo virtual; entre elas a F1BC.com, principal liga de automobilismo virtual do país, e VASCAR, da Alemanha. Em 2014 regressou para as pistas (de asfalto) no campeonato de Marcas e Pilotos no estado de SP e sagrou-se campeão. Em 2015, novamente na Marcas e Pilotos, conquistou o bicampeonato por antecipação.

Agora, em 2018, Matta acaba de ser escolhido entre mais de 300 pilotos inscritos, para participar de uma seletiva que concederá uma bolsa para academia Pilotech, o único centro de treinamento especializado em automobilismo do Brasil.

O caminho inverso também é verdadeiro. É bastante comum encontrar grandes pilotos brasileiros, como Rubens Barrichello (StockCar), Vitor Genz (StockCar), Marcos Gomes (StockCar), Miguel Paludo (Nascar) praticando suas habilidades nos simuladores mais avançados. Vale lembrar que até mesmo a equipe Mclaren de F1 recentemente contratou, para integrar seu time de testes e desenvolvimento, Rudy van Buren, um gamer.

Se você ainda acha que automobilismo virtual é video-game, pense melhor. Porque não é!

Advertisement

Facebook

Advertisement

VÍDEO DESTAQUE

More in Equipes