Connect with us

Corridas

F1BC Aliança National Light 2018/2 @ Londrina

F1BC Aliança National Light 2018/2 @ Londrina

A grande final da Aliança National Light, realizada nesta terça-feira (7) no circuito de lOndrina, teve uma grande disputa entre Wagner Monteiro, que marcou a pole position, e William Fernandes, que sem a classificação precisou largar de último para ainda vencer e faturar a taça nesta temporada 2018/2 no F1 Brasil Clube.

A tomada de tempos teve Wagner Monteiro com a melhor volta, seguido por Alex Sander Pereira surpreendendo em segundo, e Edivan Monteiro e William Nascimento confirmando a excelente fase da Cobra Racing, já campeã entre as escuderias. Diego Venzon completou o grupo dos cinco, de 14 participantes nesta prova final.

Classificação
1 Wagner Monteiro (Cobra), 1:20.272
2 Alex Sander Pereira (Grip), 1:20.432
3 Edivan Monteiro (Cobra), 1:20.548
4 Willian Nascimento (Cobra), 1:20.577
5 Diego Venzon (FastLap), 1:20.863
6 Eduardo Emilio (Evolution), 1:21.183
7 Alex Martins (RedArrow), 1:21.822
8 Luciano Rocha (SUB), 1:21.860
9 Caio Possati (Grip), 1:21.862
10 Daniel Balsa (Grip 2), 1:22.010
11 Savio Assuncao (SUB 2), 1:22.747
12 Yurem Rubens (SUB 2), 1:22.756
13 Luiz Humberto (Grip), 1:23.110
14 William Fernandes (Independente), sem tempo

Já na largada Wagner arrancou como se não houvesse o amanhã e se manteve a frente, enquanto Alex Sander, Edivan e os demais brigavam pelo segundo posto. William Fernandes iniciou sua recuperação com boas ultrapassagens sobre os últimos colocados.

A quarta posição foi a que apresentou mais mudanças, fruto de um pelotão formado com insanas disputas. Alex Sander acabou pagando Drive Through por excesso de saídas de pista, enquanto William Nascimento e Diego Venzon trocaram tinta, e o piloto da Cobra foi para uma parada antecipada. Tudo isso lançou William Fernandes ao segundo posto.

Quando William encostou em Wagner, o piloto da Cobra Racing partiu para a estratégia de troca de pneus, e voltou em sétimo, perdendo bastante tempo com este pit stop e precisando forçar para cima dos adversários, mas distante do sonho de vencer.

Assim William Fernandes venceu, partindo da última posição, confirmando o título da Aliança National Light em seu maior desafio na temporada, conseguindo bater o trio da Cobra Racing, que também lutou com fairplay a todo momento.

Edivan Monteiro fechou em segundo, e Eduardo Emilio, que buscou nao se envolver bas disputas – embora estivesse sempre próximo delas – fechou o pódio para faturar o vice-campeonato, para a festa da Evolution. Diego Venzon e Alex Sander Pereira completaram o Top 5, com bons prognósticos para as equipes Fast Lap e Grip rumo a próxima temporada.

O F1 Brasil Clube parabeniza William Fernandes pelo título conquistado, Eduardo Emilio pelo vice-campeonato e Wagner Monteiro pelo terceiro lugar, além da Cobra Racing, campeã entre as equipes. A classificação completa do campeonato de pilotos e equipes está no site oficial www.f1bc.com.

A próxima temporada da Aliança Light será iniciada no dia 11 de setembro, a partir das 20h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo na fanpage do F1BC. Todas as informações sobre o F1 Brasil Clube você confere em www.f1bc.com.

Gostou da categoria? As inscrições para a próxima temporada já estão abertas e você pode garantir a sua vaga em www.f1bc.com/inscricoes, preenchendo o formulário completo. Todos os dados serão computados no banco de dados do F1BC, que retornará com agilidade aos pedidos com as informações de pagamento e demais confirmações.

O F1BC tem o patrocínio de Aguiatech, Aliança Consultoria, Chiara Guitar Parts, Deep Art Store, Extreme SimRacing, Logitech, M7Help, Pro Racing Simuladores, e o apoio de Canal Sim-Force, F1 Brasil, F1 Mania, iRacing, Reiza Studios, e Sector3 Studios.

Final, 50 minutos
1 William Fernandes (Independente), 38 voltas
2 Edivan Monteiro (Cobra), +0:14.862
3 Eduardo Emilio (Evolution), +0:17.379
4 Diego Venzon (FastLap), +0:39.189
5 Alex Sander Pereira (Grip), +0:46.291
6 Luciano Rocha (SUB), +0:50.660
7 Wagner Monteiro (Cobra), +0:56.151
8 Willian Nascimento (Cobra), +1 voltas
9 Caio Possati (Grip), +1 voltas
10 Luiz Humberto (Grip), +1 voltas
11 Alex Martins (RedArrow), +1 voltas
12 Daniel Balsa (Grip 2), +2 voltas
13 Savio Assuncao (SUB 2), +2 voltas
14 Yurem Rubens (SUB 2), +2 voltas
Volta mais rapida: William Fernandes, 1:20.748

Race Control
Incidente entre Willian Nascimento e Diego Venzon – Nenhuma ação tomada.[1]
Alex Martins, Warning – Incidente de nível 1 (17.1.1) [+1 Licença][4]
Yurem Rubens, Drive-Through – Incidente de nível 2 (17.2.1) [+2 Licença][5]
Yurem Rubens, Warning – Resistência quando retardatário sem perdas (17.1.3) [+1 Licença][9]
Alex Martins, Warning – Resistência quando retardatário sem perdas (17.1.3) [+1 Licença][25]
Alex Martins, Warning – Resistência quando retardatário sem perdas (17.1.3) [+1 Licença][25](2)
Wagner Monteiro, Warning – Incidente de nível 1 (17.1.1) [+1 Licença][32]
Caio Possati, Warning – Faróis/buzina para sinalização (17.1.7) [+1 Licença][37]

Pontos nas Licenças
Alex Martins +3
Yurem Rubens +3
Wagner Monteiro +1
Caio Possati +1

Vídeo da etapa

Advertisement

Facebook

Advertisement

VÍDEO DESTAQUE

More in Corridas