Connect with us

Clube

F1 Brasil Clube oficializa os campeões da temporada 2017/2

F1 Brasil Clube oficializa os campeões da temporada 2017/2

Foram 50 vencedores diferentes em 105 corridas, nos 14 campeonatos da temporada 2017/2 no F1 Brasil Clube, e o equilíbrio foi comprovado com 8 decisões de título na última etapa. Onde encontrar uma matéria que valoriza todos estes pilotos e equipes? Só no F1BC!

Novos personagens escreveram suas histórias no clube, e chegou a hora de conhecer um pouco da jornada de cada um dos destaques no F1 Brasil Clube, que parabeniza cada piloto por suas conquistas, seja com títulos, vitórias ou objetivos pessoais alcançados.

Dentre as curiosidades, destaca-se que a diversidade de vitoriosos foi destaque em algumas delas: a Experience Pro, Sportscar Pro e Sportscar Light tiveram 2 vencedores sem repetição e a National Junior, teve 3. Com 4 vitoriosos distintos, se destacaram a Formula Pro, Formula Light, Indy Pro e a National Pro. O topo do pódio da Indy Light, International Pro e Touring Pro contou com 5 nomes diferentes durante a temporada, enquanto a International Light e Touring Light contaram com 6. As 14 etapas da Nascar Pro revelaram 7 triunfos diferenciados.

Aprecie o Hall dos Campeões atualizado: www.f1bc.com/hall-dos-campeoes

FORAM 50 VENCEDORES AO TODO

Vale destacar os 50 vencedores. Em ordem aleatória, segure o fôlego: Ralph Benitez, Gabriel Chaubah, Mohamad Mourad, João Almeida, Rafael Amaral, Matheus Araújo, Elvis Lima, Michael Teichmann, Matheus Fonseca, Edgar Mesquita, Marco Brasil, Adriano Fraporti, Julio Moreira, Wagner Pegoraro. Beto Soussa, Deco Guimarães, Jeff Giassi, Jorge Destro, Diego Carmo, Murilo Biscaro, João Augusto, Daniel Krauze, Márcio Medeiros, Charles Zimmermann, Alaor Terra, Henrique Guimarães, Marcelo Lopes, Celso Andriani, Tiago Dias, Eraldo Silva, Heitor Facuri, Edilson Freshi, Tadeu Costa, Raphael Camelo, Lucas Werle, Andrew Lauret, Willian Cândido, Alê Laska, Igor Fontana, Marcelo Neiva, Daniel Shinji, José Berzosa, Marcelo Canoff, Rafael Barbosa, Leandro Werle, Fran Chao, Ike Ramos, Maxi Gejo, Martin Willer e Jhonathan Mello.

RALPH BENITEZ DOMINA EXPERIENCE PRO COM DIREITO A TÍTULO ANTECIPADO

A categoria do novo simulador Raceroom Exprience foi dominada por Ralph Benitez. O piloto da Sinister Race Team conquistou o título do certame dos DTM após vencer seis das sete etapas do campeonato, sendo derrotado em uma única vez por Gabriel Chaubah, que foi seu adversário direto pelo troféu. Benitez só não conseguiu dar a sua equipe a conquista da competição das equipes, que ficou com a Overmind Racing, dos representantes Fernando Passos, Chaubah e Renato Chiara.

A FORMULA PRO TEVE O BICAMPEONATO DE MOHAMAD MOURAD

Depois de ser campeão na primeira temporada da categoria do F1 neste ano, Mohamad Mourad foi o campeão da Formula Pro com direito ao luxo de se ausentar da penúltima etapa. Mourad somou 133 pontos no campeonato, conquistando quatro vitórias, um segundo e um quarto lugar, que contribuiram, além dos pontos de Eliezer Nunes e Rafael Amaral, para o título de sua equipe, a Racing 4Fun, na disputa entre as escuderias.

ELVIS LIMA FICA COM O TÍTULO DA FORMULA LIGHT APÓS REGULARIDADE NO TOP-3

Os F3 da Formula Light propiciaram corridas disputadíssimas durante a temporada, principalmente no duelo pelo título, que seguiu até a última etapa entre Elvis Lima e o mexicano Michael Teichmann. Melhor para o brasileiro, que depois de subir ao pódio em todas as provas, foi o campeão, contribuindo para o triunfo da sua equipe, a W3 Race, também representada por Léo Nogueira e Gustavo Dini.

INDY PRO TEM DESENCANTO DE MARCO BRASIL

Marco Brasil ficou no quase na primeira temporada da categoria neste ano, mas após excelentes corridas, com boas estratégias, que o deram quatro vitórias no campeonato, o piloto da Oval Engineering conquistou o título da Indy Pro. A disputa com os Dallara DW12 foi intensa no campeonato das equipes, que teve a Pegoraro Racing superando a Dragon Racing AV.

BETO SOUSSA CONQUISTA PRIMEIRO TÍTULO DA CARREIRA NA INDY LIGHT

Nesta temporada, a Indy Light teve, em seu grid, uma mistura de pilotos experientes com os novatos, que acabou resultando em corridas de alto equilíbrio, com diferentes candidatos a vitória em cada uma delas. Beto Soussa utilizou um pouco de sua experiência nos ovais e conquistou seu primeiro título na carreira e no clube F1BC e contribuiu, juntamente com Alê Farah e Julio Moreira, para que a Dragon Racing AV fosse a bicampeã entre as equipes.

INTERNATIONAL PRO COROA DIEGO CARMO COMO O CAMPEÃO

Diego Carmo se aproveitou de uma concorrência inconstante e não precisou de muito para conquistar, de forma antecipada, o título da categoria dos GT3. O piloto da Hattrick Racing, campeão da International Light na temporada anterior, somou apenas uma vitória, mas completou todas as etapas no top-5. Murilo Biscaro, da KAMF Racing, surpreendeu ao arrancar três vitórias convincentes nas últimas três provas, que resultou em um vice-campeonato. A taça da competição das equipes foi mais uma vez para a Grip Racing, de João Augusto, Matheus Araújo e Victor Bueno.

CHARLES ZIMMERMANN COMANDA DOBRADINHA DA GRIP RACING NA INTERNATIONAL LIGHT

A International Light ficou marcada por corridas disputadíssimas, que mostrou seis vencedores diferentes durante a temporada. Charles Zimmermann foi quem conquistou o título da categoria de entrada nos GT3 depois de levar a melhor na disputa com Alaor Terra que durou até a última etapa. Augusto Maia foi o vice-campeão e formou a dobradinha da Grip Racing, que levou a taça do campeonato das equipes.

NASCAR PRO TEM BRUNO BARBUGLI CONQUISTANDO O TÍTULO MAIS UMA VEZ

Não restam dúvidas que um circuito oval propicia corridas e disputas de campeonato de tirar o fôlego, e com a Nascar Pro não foi diferente. Mas apesar de toda disputa, grandes nomes e outros vencedores, foi Bruno Barbugli que conquistou, mais uma vez, o título da categoria que contou, nesta temporada, com os Camry, Camaro e Mustang. Com as vitórias na competição, Barbugli agora está entre os nomes que mais venceram no clube F1BC. Entre as equipes, a taça ficou com a Falcon Motorsports, de Alê Laska, Barbugli e Rafael Matta.

NATIONAL PRO TEM ERALDO SILVA COMO CAMPEÃO

A categoria dos Stock Car V8 teve mais uma temporada de boas corridas e o equilibrio de sempre, promovido pelo lastro e setup fixo previsto por regulamento. Eraldo Silva duelou com Heitor Facuri pelo título até a penúltima etapa, quando se sagrou campeão da National Pro, mantendo a Logitech Racing Team, também representada por Tadeu Costa, campeão do certame na temporada anterior, como a campeã entre as equipes.

BELA CAMPANHA DÁ TÍTULO DA NATIONAL JUNIOR A RAPHAEL CAMELO

Apesar de ser uma categoria voltada para os novatos do automobilismo virtual, a National Junior apresentou corridas de alto nível durante a temporada. Raphael Camelo completou todas as etapas no pódio, sendo cinco vezes por vitória, e selou a grande campanha com o título de forma antecipada, deixando Lucas Werle com o vice-campeonato. Entre as equipes, a campeã foi a equipe de Camelo e Rodrigo Luiz, a Factory Assault Team.

ANDREW LAURET DOMINA E FATURA TÍTULO DA SPORTSCAR PRO

Andrew Lauret dominou e conquistou o título da categoria mais badalada do automobilismo virtual, que contou com mais de setenta pilotos inscritos. Lauret venceu seis das sete etapas disputadas, perdendo apenas uma para Willian Cândido, seu principal adversário pelo título. O piloto da Fox BR Motorsports foi campeão da categoria dos GT3 do iRacing e confirmou sua equipe como a campeã com a ajuda de Mauricio Moreira e Gilberto Zago.

ALE LASKA LEVA O TÍTULO DA SPORTSCAR LIGHT

Apesar de todo o domínio do campeonato, tendo seis vitórias em sete corridas disputadas, Alê Laska teve de superar a concorrência de Gustavo Mundici, Alan Pereira e Igor Fontana – que chegou a vencer uma prova – para ser o campeão da Sportscar Light e conquistar seu primeiro título da carreira e no clube F1BC. A taça das equipes, porém, foi para a SUB Racing de Mundici, Fontana e Marcos Soares.

MARCELO NEIVA CHEGA AO BICAMPEONATO NA NATIONAL PRO

Se há carros do Brasileiro de Marcas no grid, existe a certeza de corridas disputadas e equilibradas. Foi assim mais uma temporada da National Pro, que teve Marcelo Neiva, conquistando o título e chegando ao bicampeonato na categoria. A campeã entre as equipes, porém, foi o segundo time da Alliance SimRacing, que contou com Daniel Shinji e Luiz de Melo, campeões na temporada anterior no certame das escuderias.

HERMANOS TOMAM CONTA DA TOURING LIGHT COM FRAN CHAO CAMPEÃO

A categoria que talvez teve a final mais marcante da temporada terminou com argentinos no topo. O brasileiro Leandro Werle tinha tudo para ser o campeão, mas sofreu com problemas de conexão quando restavam pouco mais de três minutos para o fim. O título, então, ficou com Fran Chao, que juntamente com Guido Marziali e Maxi Druvetta, coroou a RPM Nova como a campeã entre as equipes.

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA A TEMPORADA 2017/3

Inscreva-se em www.f1bc.com/inscricoes, preenchendo o formulário completo. Todos os dados serão computados no banco de dados do F1BC, que retornará com agilidade aos pedidos com as informações de pagamento e demais confirmações.

O F1BC tem o patrocínio de Aliança Consultoria, Deep Art, Doutor Lubrifica, Fanatec, Logitech, Nuuvem, RealGame, e o apoio de Canal Sim Force, F1 Brasil, F1Mania, iRacing, Reiza Studios, Sector3 Studios, SimRacingTools, e SimSync.

More in Clube