Connect with us

Corridas

F1BC National Pro 2017/3 @ Velopark

F1BC National Pro 2017/3 @ Velopark

Quem viu Tadeu Costa rodado na primeira curva jamais imaginaria que a vitória da terceira etapa da National Pro, disputada na noite desta quarta-feira (25), seria dele. O piloto da Logitech Racing Team, que coleciona títulos nesta categoria, contou com abandonos de alguns ponteiros e com a erro do seu companheiro, Eraldo Silva, nos boxes para vencer no circuito do Velopark.

Na classificação, Edgard Mesquita foi o mais rápido e cravou a pole-position. Tadeu Costa (40kg de lastro) marcou o segundo melhor tempo à 0s052 do piloto da Team Brasil Racing, ficando à frente de Marcos Riffel (50kg), Heitor Facuri Cicoti (30kg) e Hudy Nascimento. Eraldo Silva, Rodrigo Luiz, Giulio Borlenghi (20kg) e Diego Carmo (10kg) apareceram na sequência. Diogo Garcia, até então líder do campeonato, completou o top-10 do grid de largada com seus 60kg de peso extra.

Classificação
1 Edgard Mesquita (Team Brasil Racing), 0:53.369
2 Tadeu Costa (Logitech Racing Team), 0:53.421
3 Marcos Riffel (Factory Assault), 0:53.527
4 Heitor Facuri Cicoti (Independente), 0:53.592
5 Hudy Nascimento (Cobra Racing), 0:53.592
6 Eraldo Silva (Logitech Racing Team), 0:53.595
7 Rodrigo Luiz (Factory Assault), 0:53.858
8 Giulio Borlenghi (Hattrick Racing), 0:53.923
9 Diego Carmo (Hattrick Racing), 0:53.952
10 Diogo Garcia (Logitech Racing Team), 0:53.959
11 Davi Brito (Sim-Force SimRacing), 0:53.969
12 Willian Nascimento (Cobra Racing), 0:54.055
13 Marcio Medeiros (Hattrick Racing), 0:54.057
14 Edivan Monteiro (Cobra Racing), 0:54.228
15 Raphael Gonzalles (Factory Assault), 0:54.325
16 Gustavo Caetano (SUB Racing), 0:54.925
17 Leonardo Teles (Independente), 0:54.975
18 Cristiano Damaceno (Cobra Racing 2), 0:55.604
19 Savio Assuncao (SUB Racing), 0:55.700
20 Gustavo Vieira (VdeM), 0:55.718
21 Francisco Junior (Sinister Race Team), 0:55.730
22 Carlos Aguiar (SUB Racing), 0:57.252
23 Hernani Klehm (Hattrick Racing 2), 0:57.263
24 Andrei Borges (Fuerza Virtual Racing), Sem tempo

Diferentemente da National Light, categoria de entrada para os Stock Car que teve sua terceira etapa disputada na última terça-feira (25), a corrida começou com uma grande confusão na largada. Nenhum piloto conseguiu acertar a tangência da chincane, principalmente Hudy Nascimento, que espalhou para cima de Tadeu Costa e, com a rodada do carro da Logitech Racing Team, causou um grande incidente logo na primeira curva. Edgard Mesquita não foi atingido e seguiu na liderança.

Após a confusão na largada, parecia que a prova iria tomar um rumo mais tranquilo, mas não foi o que ocorreu. Carlos Aguiar rodou na pista depois de ser tocado por Andrei Borges e, na tentativa de voltar ao traçado, acabou entrando na frente de alguns carros, inclusive o de Marcos Riffel, que era o segundo neste momento. E ainda teve mais: Edgard Mesquita, que liderava a corrida, não conseguiu desviar de Rodrigo Luiz, que estava rodado próximo a última curva, e perdeu a posição para Eraldo Silva.

Enfim, a corrida começou a trilhar um caminho mais calmo e a contar com algumas disputas pelo grid. Destaque para os duelos de Tadeu Costa, que depois do entrevero no início da prova, veio conquistando posições aos poucos e já era o segundo colocado. Outro fator que movimentou a etapa foram as estratégias de boxes. Alguns pilotos pararam entre a metade e o parte final dos 50 minutos. Os ponteiros, Eraldo Silva, Tadeu Costa e Giulio Borlenghi foram ao pitlane nos últimos minutos.

Mas Eraldo Silva acabou se atrapalhando e excendendo o limite de velocidade da área dos mecânicos, o que lhe rendeu um drive-through já nas voltas finais. Assim, Tadeu Costa assumiu a ponta e conquistou a sua segunda vitória no campeonato. Giulio Borlenghi foi segundo e Silva ainda conseguiu ser terceiro. Heitor Facuri Cicoti foi quarto, à frente de Diogo Garcia, Willian Nascimento e Marcio Medeiros. Hudy Nascimento, Francisco Junior e Raphael Gonzalles completaram o top-10 da etapa.

Com a vitória, Tadeu Costa pulou para a liderança do campeonato com 50 pontos, apenas quatro a mais que Diogo Garcia, seu companheiro de Logitech Racing Team que aparece em segundo. Giulio Borlenghi soma 36 tentos e fecha o top-3. A classificação completa de pilotos e equipes está no site oficial www.f1bc.com.

A próxima etapa da National Pro será realizada no circuito de Interlagos (2017), no dia 8 de novembro, às 20h00 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo na Fan Page www.facebook.com/f1brasilclube. Todas as informações sobre o F1 Brasil Clube você confere em www.f1bc.com.

O F1BC tem o patrocínio de Aliança Consultoria, Doutor Lubrifica, Fanatec, Logitech, Nuuvem, Poesia Perfumes, RealGame, e o apoio de Canal Sim-Force, F1 Brasil, F1 Mania, iRacing, Reiza Studios, Sector3 Studios, SimRacingTools, e SimSync.

Final, 50 minutos

1 Tadeu Costa (Logitech Racing Team), 55 voltas
2 Giulio Borlenghi (Hattrick Racing), +0:13.525
3 Eraldo Silva (Logitech Racing Team), +0:20.788
4 Heitor Facuri Cicoti (Independente), +0:28.928
5 Diogo Garcia (Logitech Racing Team), +0:46.096
6 Willian Nascimento (Cobra Racing), +1 volta
7 Marcio Medeiros (Hattrick Racing), +1 volta
8 Hudy Nascimento (Cobra Racing), +1 volta
9 Francisco Junior (Sinister Race Team), +2 voltas
10 Raphael Gonzalles (Factory Assault), +2 voltas
11 Davi Brito (Sim-Force SimRacing), Combustivel (52)
12 Leonardo Teles (Independente), +3 voltas
13 Andrei Borges (Fuerza Virtual Racing), +5 voltas
14 Edgard Mesquita (Team Brasil Racing), Suspensao (48)
15 Marcos Riffel (Factory Assault), Abandono (46)
16 Diego Carmo (Hattrick Racing), Motor (42)
17 Gustavo Caetano (SUB Racing), Acidente (31)
18 Rodrigo Luiz (Factory Assault), Abandono (21)
19 Cristiano Damaceno (Cobra Racing 2), Abandono (16)
20 Hernani Klehm (Hattrick Racing 2), Suspensao (8)
21 Edivan Monteiro (Cobra Racing), Suspensao (0) (+60s)
22 Gustavo Vieira (VdeM), Não largou
23 Carlos Aguiar (SUB Racing), Suspensao (5) (LP)
24 Savio Assuncao (SUB Racing), Desclassificação (DQ)
Volta mais rápida: Heitor Facuri Cicoti, 0:53.543

Race control
Edivan Monteiro, +60s – Incidente de nível 4 (17.4.1) [+4 Licença][1]
Hudy Nascimento, Stop-And-Go 30s – Incidente de nível 4 (17.4.1) [+4 Licença][1]
Andrei Borges, Drive-Through – Incidente de nível 2 (17.2.1) [+2 Licença][6]
Carlos Aguiar, Last Position – Incidente quando retardatário (17.5.4) [+5 Licença][6]
Carlos Aguiar, Last Position – Incidente quando retardatário (17.5.4) [+5 Licença][6](2)
Raphael Gonzalles, Warning – Resistência quando retardatário sem perdas (17.1.3) [+1 Licença][15]
Incidente entre Eraldo Silva e Marcos Riffel – Nenhuma ação tomada.[16]
Análise de possível problema de conexão de Raphael Gonzalles.[21]
Raphael Gonzalles, Drive-Through – Incidente de nível 2 (17.2.1) [+2 Licença][26]
Marcio Medeiros, Warning – Resistência quando retardatário sem perdas (17.1.3) [+1 Licença][48]

Pontos nas licenças
Carlos Aguiar +10
Edivan Monteiro +4
Hudy Nascimento +4
Raphael Gonzalles +3
Andrei Borges +2
Marcio Medeiros +1

Observações

Carlos Aguiar, uma etapa de suspensão – Atingiu 10 pontos na Licença (19.1)

Vídeo da etapa

More in Corridas