Connect with us

Corridas

F1BC Touring Light 2017/3 @ Curitiba

F1BC Touring Light 2017/3 @ Curitiba

A Touring Light chegou ao circuito de Curitiba, na noite desta quarta-feira (13), para conhecer o seu campeão da temporada 2017/3 do F1 Brasil Clube. A etapa final da categoria do Brasileiro de Marcas ficou marcada por ter uma disputa direta pelo título desde sua parte inicial, com um pelotão formado por Edgard Mesquita, Marcelo Canoff, Edgard Mesquita e José Berzosa. Ao final, foi Canoff quem venceu, mas ficou com o vice-campeonato, porque, em segundo, chegou Berzosa, o grande campeão. A dobradinha deu o taça das equipes para a JBM Racing.

A disputa pelo título já se acirrou na classificação. Marcelo Canoff cravou a pole-position, sendo mais rápido que Edgard Mesquita, Josias Neto, José Berzosa e Edilson Freshi, que formavam o top-5. Todos eles tinham chances de ser campeão. Robson Radaell, Roney Ribeiro, Rodrigo Feth, Gledson Alessio e Ricardo Rick completaram o top-10 do grid de largada.

Classificação
1 Marcelo Canoff (JBM Racing), 1:24.203
2 Edgard Mesquita (Team Brasil Racing 2), 1:24.240
3 Josias Neto (Team Brasil Racing 2), 1:24.252
4 Jose Berzosa (JBM Racing), 1:24.321
5 Edilson Freshi (Tornado Motorsports 2), 1:24.373
6 Robson Radaell (Tornado Motorsports 2), 1:24.628
7 Roney Ribeiro (Tornado Motorsports), 1:24.707
8 Rodrigo Feth (Red Arrow Racing Team), 1:24.889
9 Gledson Alessio (Knights Motors Team), 1:25.025
10 Ricardo Rick (Tornado Motorsports 2), 1:25.139
11 Christian Rudnick (Knights Motors Team), 1:25.445
12 Eliam Junior (Team Brasil Racing), 1:25.482
13 Augusto Maia (Grip Racing), 1:25.553
14 Sandro Goulart (Grip Racing), 1:26.026
15 Leandro Roveda (Tornado Motorsports), 1:26.115

A última corrida da Touring Light na temporada começou, como de costume, com uma boa largada e já com disputas. Edgard Mesquita largou melhor, passou por Marcelo Canoff e assumiu a liderança. Josias Neto chegou a se manter em terceiro e protagonizar bons duelos com pilotos da Tornado Motorsports, mas foi superado por José Berzosa e Edilson Freshi.

Na sequência, Josias Neto acabou se enroscando com Robson Radaell e, com isso, deixou os ponteiros se distanciarem. Na frente, Edilson Freshi começou a pressionar José Berzosa, mas não conseguiu passar o líder do campeonato. A dupla encostou nos dois primeiros colocados, Edgard Mesquita e Marcelo Canoff, que também disputavam entre si.

Edgard Mesquita, Marcelo Canoff, José Berzosa e Edilson Freshi se isolaram dos demais pilotos e formavam um pelotão para disputar a liderança e também o título. Mesquita cometeu um pequeno erro na sequência de esses e foi superado por Canoff e Berzosa, respectivamente. Josias Neto, vice-líder do campeonato, era o quinto, mas seguia distante do grupo dos quatro primeiros.

As paradas nos boxes, iniciadas na metade da prova, deram uma nova ordem de posição dos ponteiros. Edilson Freshi supreendeu quando parou, não trocou os pneus e voltou à frente de Marcelo Canoff e Edgard Mesquita. O piloto da Tornado Motorsports foi para a liderança da prova após José Berzosa fazer a trabalho de pitstop mais lento do pelotão.

Edgard Mesquita e Marcelo Canoff começaram a disputar a segunda posição e Edilson Freshi, que tinha boa vantagem, agradecia. O líder da prova estava cumprindo a sua parte na briga pelo título, mas José Berzosa em quatro atrapalhava seus planos, já que a conquista do campeonato era do espanhol neste momento. E a situação de Berzosa ainda melhorou quando passou por Mesquita, que perdeu tempo na entrada da longa reta de Curitiba.

Mas a estratégia de não trocar os pneus rendeu sofrimento e perdas de posição para Edilson Freshi na parte final da prova. Marcelo Canoff e José Berzosa foram os primeiros a superarem o carro da Tornado Motorsports e, logo na sequência, foi a vez de Edgard Mesquita. No agito da bandeira quadriculada, Canoff venceu e ficou com o vice-campeonato. Berzosa chegou em segundo, confirmando-se como o grande campeão da categoria do Brasileiro de Marcas. A dupla formou a dobradinha da JBM Racing, que conquistou o título da disputa entre as equipes.

Edgard Mesquita foi terceiro e Edilson Freshi o quarto. Josias Neto ficou com o terceiro lugar do campeonato após terminar em quinto, à frente de Roney Ribeiro, Christian Rudnick e Ricardo Rick. Robson Radaell e Gledson Alessio completaram o top-10 da etapa final da Touring Light.

O F1 Brasil Clube parabeniza José Berzosa pelo título, Marcelo Canoff pelo vice-campeonato e Josias Neto pelo terceiro lugar, além da JBM Racing, campeã entre as equipes. A classificação final de pilotos e equipes está no site oficial www.f1bc.com.

A próxima temporada da Touring Light se iniciará no dia 17 de janeiro, no circuito de Interlagos (GP 2017), às 20h00 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo na Fan Page www.facebook.com/f1brasilclube. Todas as informações sobre o F1 Brasil Clube você confere em www.f1bc.com.

Gostou da categoria? As inscrições para a próxima temporada já estão abertas e você pode garantir a sua vaga em www.f1bc.com/inscricoes, preenchendo o formulário completo. Todos os dados serão computados no banco de dados do F1BC, que retornará com agilidade aos pedidos com as informações de pagamento e demais confirmações.

O F1BC tem o patrocínio de Aliança Consultoria, Doutor Lubrifica, Fanatec, Logitech, Nuuvem, Poesia Perfumes, RealGame, e o apoio de Canal Sim-Force, F1 Brasil, F1 Mania, iRacing, Reiza Studios, Sector3 Studios, SimRacingTools, e SimSync.

Final, 50 minutos
1 Marcelo Canoff (JBM Racing), 36 voltas
2 Jose Berzosa (JBM Racing), +0:00.278
3 Edgard Mesquita (Team Brasil Racing 2), +0:02.893
4 Edilson Freshi (Tornado Motorsports 2), +0:04.569
5 Josias Neto (Team Brasil Racing 2), +0:12.929
6 Roney Ribeiro (Tornado Motorsports), +0:36.869
7 Christian Rudnick (Knights Motors Team), +0:39.408
8 Ricardo Rick (Tornado Motorsports 2), +0:43.809
9 Robson Radaell (Tornado Motorsports 2), +0:48.500
10 Gledson Alessio (Knights Motors Team), +1:14.341
11 Eliam Junior (Team Brasil Racing), +1 volta
12 Leandro Roveda (Tornado Motorsports), +1 volta
13 Augusto Maia (Grip Racing), Suspensao (24)
14 Sandro Goulart (Grip Racing), Acidente (9)
15 Rodrigo Feth (Red Arrow Racing Team), Desclassificação (DQ)
Volta mais rápida: Edgard Mesquita, 1:23.861

Race control
Leandro Roveda, Warning – Incidente de nível 1 (17.1.1) [+1 Licença] [1]
Rodrigo Feth, Stop-And-Go 10s – Incidente de nível 3 (17.3.1) [+3 Licença] [2]
Robson Radaell, Warning – Incidente de nível 1 (17.1.1) [+1 Licença] [9]

Pontos nas licenças
Rodrigo Feth +3
Leandro Roveda +1
Robson Radaell +1

Observações
Rodrigo Feth, Disqualification – Atingiu 10 pontos na Licença na etapa final (20.3)

Vídeo da etapa

F1BC TOURING LIGHT 2017/3 @ CURITIBA

Posted by F1BC – F1 Brasil Clube on Wednesday, December 13, 2017

More in Corridas