Connect with us

F1BC Cup Pro 2007/1 @ Hockenheim

Os esforços dos rivais para conter Rodrigo Wizard (Ferrari) rumo ao título fracassaram novamente. Desta vez, Francisco Aguiar (Williams) perdeu a classificação, Carlos Junior (McLaren) não conseguiu participar por um compromisso, e Leonardo Felix (Ferrari) teve uma queda de conexão bem em cima da hora. Yuri Apolônio (McLaren) não conseguiu se classificar no Servidor 1 e, portanto, coube a Deco Ganecci (Williams) e Sergio Lopes (Arrows) tentarem a missão, enquanto Victor Cardoso tentava algo com a fraca Jaguar.

Qualificação
1 Rodrigo Wizard (SP/Ferrari), 1:13.628
2 Victor Cardoso (RJ/Jaguar), 1:15.086
3 Deco Ganecci (SP/Williams), 1:15.205
4 Leonardo Felix (PR/Ferrari), 1:15.726
5 Sergio Lopes (SP/Arrows), 1:16.437
6 Yuri Apolonio (SC/Williams), 1:16.653
7 Eduardo Azeredo (RJ/Jordan), 1:18.885
8 Felippe Ze Marques (SP/Arrows), 1:20.291
9 Francisco Aguiar (RJ/Williams), no time

Server 1 – Wizard vence, Deco 2° e Jaguar pódio

Apesar da vitória chegar com certa tranquilidade para Rodrigo Wizard, que impressionou ao cravar a pole-position em 1min13s628, deixando o segundo colocado Victor Cardoso a 1s458 de distância – maior diferença de pole-position até hoje no F1BC -, a corrida teve seus momentos que poderiam complicar a vida do paulista. A largada foi tranquila, com os jogadores mantendo suas posições de largada (Wizard, Cardoso, Ganecci, Lopes), mas uma escapada na curva do Stadium fez com que Wizard permitisse a ultrapassagem de Cardoso, colocando assim a Jaguar pela primeira vez na liderança de uma prova.

Por mais incrível que pudesse parecer, as distâncias entre os quatro primeiros colocados não tinha muita variação a partir daí, mesmo com a diferença abissal do rendimento dos carros. Foi aí que os erros apareceram para definir. Na saída da curva 6, Victor rodou ao passar pela zebra, bem na frente de Rodrigo, que freou para evitar uma batida.

Deco e Sergio vinham logo atrás, e os três saíram nesta ordem para continuidade da corrida, com o piloto da Jaguar caindo para último e precisando fazer uma corrida de recuperação, que mostrou-se eficiente ao superar Lopes. Na frente, Wizard ainda tinha uma carta na manga: estava mais leve que os concorrentes, e abriu vantagem para fazer seu pit-stop na volta 10 e retornar emparelhado com a Arrows, que não tinha feito sua parada.

Rodrigo ganhou a posição e partiu para tentar manter seu tempo suficientemente bom para que Deco não desse flying laps que o fizesse retornar na frente da Ferrari após o pit-stop, com êxito. O paulista da Ferrari cruzou a linha de chegada com 15 segundos de vantagem para Deco, que por sua vez ficou a 15 segundos de vantagem para Victor. Já Sergio teve uma série de complicações com o limitador de velocidade nos boxes, e teve de se contentar em terminar uma volta atrás.

Server 2 – Aguiar corre atrás do prejuízo do atraso

Foram quatro pilotos disputando esta prova. Yuri Apolonio, Eduardo Azeredo, Felippe Marques e Chico Aguiar, que se atrasou, perdeu a qualificação e largou em último. Porém, a virada foi heróica, e o piloto da Williams fez bonito, mesmo se envolvendo em acidente com Yuri e cumprindo Penalty. Logo na largada o piloto da Williams ganhou posições e partiu pra cima do piloto da McLaren, e logo após o pit-stop os dois colidiram, com Apolonio levando a pior e terminando a prova com o carro avariado.

Chico cumpriu a punição por conta própria, se isentando de uma futura complicação, e ainda assim conseguiu chegar a frente. Azeredo com oportunismo e regularidade chegou na segunda posição. Já o estreante Felippe, não teve a mesma sorte, pois ainda não dominou a técnica do uso do limitador de velocidade nos boxes. Após cumprir sucessivas punições pelo excesso de velocidade no pitlane, o piloto da Arrows preferiu abandonar e solucionar o problema para a próxima etapa, na Hungria.

Final, 22 voltas
1 Rodrigo Wizard (SP/Ferrari), 28:44.943
2 Deco Ganecci (SP/Williams), + 16.146
3 Victor Cardoso (RJ/Jaguar), + 30.473
4 Sergio Lopes (SP/Arrows), + 1 volta
5 Francisco Aguiar (RJ/Williams), SB, 29:29.314
6 Eduardo Azeredo (RJ/Jordan), + 1:11.497
7 Yuri Apolonio (SC/Williams), + 2 voltas
8 Felippe Ze Marques (SP/Arrows), DNF/Accident
9 Leonardo Felix (PR/Ferrari), DNF
Volta mais rápida: Rodrigo Wizard
Hattrick para Rodrigo Wizard.

More in Sem categoria