Connect with us

F1BC Cup Junior 2008/1 @ Spa-Francorchamps

Uma semana após o adiamento da etapa bélga de Spa-Francorchamps, apenas oito dos treze pilotos alinhados no Qualifying do último dia 7 compareceram à nova data marcada para a etapa. Mesmo assim, na soma de participações podemos computar nada menos do que 13 entradas, sendo esta também a estréia do manauara Gus Scherer.

QUALIFYING – Mais do que óbvio, a sessão de classificação para o grid de largada foi decidida na semana anterior, quando a etapa foi adiada por inúmeras largadas e bandeira vermelha. Assim, Daniele Assis manteve a pole-position, e os pilotos que não marcaram tempo na data anterior foram ordenados por entrada no campeonato, já que todos estavam zerados na pontuação.

Qualifying
1 Daniele Assis (RJ/Williams), 1:58.843
2 Luth Cysne (SC/Renault), 1:58.847
3 Diogo Leal (GO/Renault), 2:01.708
4 Lucas Chaves (DF/Red Bull), 2:02.517
5 Andrei Fonseca (MG/Honda), 2:02.543
6 Marcelo Vidal (SP/Williams), 2:02.990
7 Carlos Silva (RJ/Honda), 2:03.184
8 Raphael Brito (SP/Red Bull), 2:03.825
9 Robson Santos (SP/McLaren), 2:38.933
10 Jefferson Leão (RJ/BMW Sauber), sem tempo
11 Arthur Estrada (RJ/BMW Sauber), sem tempo
12 Eduardo Marques (MG/Ferrari), sem tempo
13 Gus Scherer (AM/Toro Rosso), sem tempo

FEATURE RACE – Na primeira largada da Feature Race em Spa-Francorchamps, Lucas Chaves não consegue frear sua Red Bull na La Surce e acerta Diogo Leal que perde uma roda e a asa traseira. A largada é cancelada e Lucas Chaves é obrigado a largar dos boxes com sua Red Bull. Com a nova partida, Marcelo Vidal larga bem e força uma ultrapassagem sobre a Honda de Andrei Fonseca rente ao muro, mas não consegue segurar sua Williams e toca na Renault de Diogo Leal, que roda. Daniele Assis se mantém na ponta, seguida por Luth Cysne e Andrei Fonseca. Marcelo Vidal, Eduardo Marques, Raphael Brito, Diogo Leal e Gus Scherer completam a ordem após a primeira curva.

Andrei Fonseca fez uma ultrapassagem audaciosa sobre Luth Cysne após este perder velocidade ao subir a Eau Rouge. Raphael Brito toca em Eduardo Marques, que passa reto e bate na proteção de pneus, perdendo a asa dianteira. Leal também não contorna bem a Eau Rouge e é superado por Scherer. Na Les Combes, Fonseca perde o ponto de freada e a contorna com dificuldade. Luth Cysne acerta a traseira da Honda, lenta na pista, e empurra Fonseca para o lado, consquistando assim a segunda posição. No mesmo lugar, Raphael e Diogo passam reto. Vidal consegue passar ileso e tanto Leal quanto Brito voltam na pista perigosamente para Scherer. Leal cai pra sexto, mas erra na Les Combes, perde o bico do carro e cai pra penúltimo ao sair na frente de Eduardo Marques nos boxes.

Na frente, Luth ao errar na La Source, é superado por Andrei novamente. No bloco intermediário, Gus se aproxima dde Marcelo e, na Pouhon, o empurra pra fora da pista, assumindo a quarta posição. E no fim da fila, após uma disputa de quase meia volta pela oitava posição, Eduardo erra a Bus Stop, tentando passar Diogo por fora desde a Blanchimont. Daniele Assis erra na La Source, e Andrei consegue passar pela Williams, mas não evita o Xis, permanecendo na segunda posição. Vidal é obrigado a parar nos boxes, caindo para a sétima posição. Marques se aproxima novamente de Diogo Leal e finalmente conquista a oitava posição.

Dani é a primeira a parar nos pits na sexta volta caindo para terceira posição. Lucas, Gus e Raphael pararam na mesma volta, voltando em sétimo, quinto e nono respectivamente. Scherer sofreu com o atraso na parada, perdendo muito tempo até achar o local certo para parar sua Toro Rosso. Já Brito foi punido com 10 segundos por parar no pit-stop junto com Lucas no mesmo box.Andrei e Luth, primeiro e segundo, param ao mesmo tempo para reabastecimento e troca de pneus na sétima volta. A equipe da Renault foi mais eficiente e pôs seu piloto na frente do da Honda. Porém, na saída dos pits, os dois, junto com Daniele, protagonizaram a manobra mais linda de todo o final de semana da School, talvez do F1BC. Renault e Honda voltaram menos de meio segundo na frente de Assis. Esta, mais embalada do que os dois, passou, primeiro, Andrei por dentro sem muitas dificuldades e, depois, Luth divindo por fora com ele a entrada da Eau Rouge. Inevitavelmente eles se tocam e Cysne leva a pior, saindo da pista e perdendo a posição ganha de Fonseca.

Scherer abandona a corrida com problemas. E Leal também abandona após ter muitas dificuldades para guiar seu carro e bater. Vidal entra para os pits na oitava volta e fica muito tempo parado caindo para sétima posição. Marques entra na mesma volta e sai em sexto. Enquanto isso, na frente, Fonseca é tocado por Cysne na Les Combes, que perde a posição.

Raphael erra e cede a quinta posição para Eduardo. Marcelo teve que parar faltando poucas voltas para o final devido a um erro no contador de combustível. Andrei ainda tenta uma última vez passar novamente por Luth, mas este defende bem a posição por dentro na freada da Les Combes. Daniele tem que fazer novamente uma parada Splash-And-Go apenas pra fazer a última volta da corrida e cai para terceira posição. Parecia certa a primeira vitória da piloto da Williams. A corrida termina com Luth vencendo mais uma, seguido de Andrei Fonseca, Daniele Assis, Lucas Chaves, Eduardo Marques e Raphael Brito. Marcelo Vidal completou voltas suficientes para marcar pontos na sétima posição.

Feature Race – Final, 13 voltas
1 Luth Cysne (SC/Renault), 24:12.840 (média de 223.15 km/h)
2 Andrei Fonseca (MG/Honda), +3.695
3 Daniele Assis (RJ/Williams), +22.870 [+2s penalty]
4 Lucas Chaves (DF/Red Bull), +29.819 [+20s penalty]
5 Eduardo Marques (MG/Ferrari), +1:05.319 [+18s penalty]
6 Raphael Brito (SP/Red Bull), +1:21.626 [+85s penalty]
7 Marcelo Vidal (SP/Williams), DNF/Bug (8) [+34s penalty]
– Gus Scherer (AM/Toro Rosso), DNF (7) [+6s penalty]
– Diogo Leal (GO/Renault), DNF/Accident (6) [+25s penalty]
– Carlos Silva (RJ/Honda), DNS
– Robson Santos (SP/McLaren), DNS
– Jefferson Leão (RJ/BMW Sauber), DNS
– Arthur Estrada (RJ/BMW Sauber), DNS
Fastest Lap: Luth Cysne (SC/Renault), 1:47.657

Explicação de punições
R.Brito: +30s (toque em E.Marques, causando danos)
R.Brito: +15s (corte de chicane na entrada do box)
R.Brito: +10s (pit-stop junto com L.Chaves no mesmo box)
R.Brito: +30s (15x cut track)
D.Leal: +10s (toque em E.Marques, sem danos maiores)
D.Leal: +15s (corte de chicane na entrada do box)
L.Chaves: +20s (10x cut track)
E.Marques: +18s (9x cut track)
M.Vidal: +30s (toque em D.Leal, causando danos)
M.Vidal: +4s (2x cut track)
G.Scherer: +6s (3x cut track)
D.Assis: +2s (1x cut track)

SPRINT RACE – O grid invertido foi formado por Raphael Brito, Eduardo Marques, Lucas Chaves, Daniele Assis, Andrei Fonseca, Luth Cysne, Marcelo Vidal, Gus Sherer e Diogo Leal. Na primeira largada, Diogo se mete no meio do bolo na freada da La Source e acerta Lucas, tirando sua asa traseira. A largada é cancelada e, como punição, Diogo tem que largar dos boxes.

Na segunda largada, seis carros dividem o espaço da freada da La Source. Daniele e Raphael levam a pior ficando em últimos. Andrei fica na ponta seguido de perto por Eduardo e Luth. Marcelo, Gus e Lucas formam o pelotão intermediário. Cysne supera Marques na saída da Eau Rouge, assim como Lucas em cima de Marcelo. Porém, o piloto da Red Bull tenta ultrapassar Gus na freiada da Les Combes e passa reto, perdendo a posição para Marcelo, caindo para sexto. Na mesma curva, Raphael consegue fazer o que seu companheiro de equipe Red Bull não fez, e ultrapassa Daniele.

Na frente, a briga pelas primeiras posições é intensa com alguma alternância entre Marques e Cysne até que, na Stavelot, Fonseca freia muito dentro da curva e perde velocidade assim como a posição para ambos. Também na Stavelot, Chaves toca em Vidal que sai da pista fritando o pneu de forma espetacular. O piloto da Williams cai pra oitavo e o da Red Bull ainda perde a posição para Scherer e Assis o acerta, jogando-o no muro. Não tendo outra alternativa ao ficar com o carro todo torto, Chaves é obrigado a abandonar a Sprint Race ainda na primeira volta.

Luth e Eduardo travam uma bela disputa pela primeira posição por praticamente quatro voltas, sendo que o piloto da Renault leva a melhor. Enquanto isso, Andrei se defende de Gus, se mantendo na terceira posição. Raphael erra ao fazer a La Source e perde sua posição para Daniele. Ele ainda tenta retomar sua posição na freiada da Le Combes, mas erra e sai da pista. Já Daniele erra mais à frente, e na volta à pista bate, perdendo o bico e caindo para sétimo, abandonando em seguida.

Desse ponto em diante, os carros continuaram contanstes na pista sem maiores mudanças. Luth em primeiro, Eduardo em segundo e Andrei fechando o pódio. Gus , Raphael, Marcelo e Diogo completaram a classificação ao fim da Sprint Race. Devido a punição recebida pelo piloto da Red Bull, Raphael Brito, por cortes de pista durante a prova, ele caiu para sexta posição, ficando Marcelo Vidal, da Williams, em quinto.

Sprint Race – Final, 4 voltas
1 Luth Cysne (SC/Renault), 7:18.380 (média de 227.55 km/h)
2 Eduardo Marques (MG/Ferrari), +1.309
3 Andrei Fonseca (MG/Honda), +3.018
4 Gus Scherer (AM/Toro Rosso), +13.387
5 Marcelo Vidal (SP/Williams), +20.836
6 Raphael Brito (SP/Red Bull), +19.151 [+6s penalty]
7 Diogo Leal (GO/Renault), +39.395
– Daniele Assis (RJ/Williams), DNF (2) [+30s penalty]
– Lucas Chaves (DF/Red Bull), DNF/Suspension (0) [+12s penalty]
– Carlos Silva (RJ/Honda), DNS
– Robson Santos (SP/McLaren), DNS
– Jefferson Leão (RJ/BMW Sauber), DNS
– Arthur Estrada (RJ/BMW Sauber), DNS
Fastest Lap: Luth Cysne (SC/Renault), 1:46.832

Explicação de punições
D.Assis: +30s (toque em L.Chaves, causando danos)
L.Chaves: +10s (toque em M.Vidal, sem maiores danos)
L.Chaves: +2s (1x cut track)
R.Brito: +6s (3x cut track)

Advertisement

Facebook

Advertisement

VÍDEO DESTAQUE

More in Corridas