Connect with us

Corridas

F1BC Indy Light 2019/1 @ Charlotte

F1BC Indy Light 2019/1 @ Charlotte

Iniciando a primeira semana de penúltimas etapas da temporada 2019/1 do F1 Brasil Clube, os pilotos da Indy Light disputaram a sexta etapa da categoria na noite desta segunda-feira (25). O oval de Charlotte foi palco de uma boa corrida, que teve 3 bandeiras amarelas e vitória decidida após a bandeirada. Carlos Aguiar chegou em primeiro, mas foi punido e perdeu o triunfo. Assim, Fernando Passos venceu e teve a companhia de Bruno Vasconcelos e Ricardo Pereira no pódio. A pontuação dobrada na etapa final deixa a disputa pelo título aberta para a etapa final.

A ordem de largada teve Carlos Aguiar na pole-position e Pedro Humenhuk fechando a primeira fila. Líder do campeonato, Bruno Vasconcelos foi o 3º da sessão, ficando à frente de Deivilyn Carrasco, Mayer Vasconcellos e Fernando Stropa. Leandro Silva, Emerson Moreno, Valmor Arenhart e Bruno Miranda completaram o top-10 do grid, que contou com 23 carros esta noite.

Classificação
1 Carlos Aguiar (Aguiatech SimXperience), 23.970
2 Pedro Humenhuk (Triple Crown Motorsports), 23.980
3 Bruno Vasconcelos (Dragon Racing AV), 23.988
4 Deivilyn Carrasco (Dragon Racing AV), 23.989
5 Mayer Vasconcellos (SUB Racing), 23.993
6 Fernando Stropa (Dragon Racing AV), 24.000
7 Leandro Silva (SUB Racing), 24.001
8 Valmor Arenhart (Aguiatech SimXperience), 24.005
9 Bruno Miranda (BMRS Motorsports), 24.011
10 Emerson Takashima (Static Racing), 24.027
11 Ricardo Pereira (Scuderia Virtual Mustang), 24.027
12 Marcio Mendes (Scuderia Virtual Mustang), 24.047
13 Silvio Sanchez (Static Racing), 24.058
14 Lucas Silva (Hattrick Racing), 24.068
15 Heliton Ribeiro (Scuderia Virtual Racing), 24.437
16 Sergio Kolachinski (Overmind Racing 2), Sem tempo
17 Fernando Passos (Overmind Racing), Sem tempo
18 Paulo Maeda (Black Wings Racing Team), Sem tempo
19 Renato Chiara (Overmind Racing), Sem tempo
20 Alvaro Wanderley (SUB Racing), Sem tempo

Mal a corrida começou e uma bandeira amarela já foi acionada em um incidente que terminou em abandono de Marcio Mendes. Na relargada Carlos Aguiar se manteve à frente de Pedro Humenhuk. Logo atrás, o líder do campeonato, Bruno Vasconcelos, foi superado por Deivilyn Carrasco.

Mais uma bandeira amarela foi acionada ainda na parte inicial da corrida, no entanto, as intervenções do safety-car não foram a atração principal da noite. Após as duas iniciais, apenas na parte final da prova o pano amarelo voltou a ser agitado.

Heliton Ribeiro era quem aparecia na liderança agora, à frente de Carlos Aguiar, Deivilyn Carrasco e Bruno Vasconcelos. Heliton liderou por 18 voltas, quando Aguiar retomou a ponta. No entanto, a última bandeira amarela da noite agitou o cenário em Charlotte.

Emerson Takashima, Lucas Silva e Pedro Humenhuk, que estavam entre os ponteiros, se envolveram em um incidente e levaram todos os pilotos aos boxes. Carlos Aguiar relargou na liderança e permaneceu lá até o agito da bandeira quadriculada. Porém, uma penalização na volta 29 acabou tirando sua vitória após a bandeirada.

Fernando Passos ficou com a vitória, conquistando os 50 pontos pela primeira vez no campeonato. Bruno Vasconcelos foi o segundo e Ricardo Pereira completou o pódio. Carlos Aguiar ainda conseguiu um quarto lugar, ficando à frente de Leandro Silva e Bruno Miranda. Paulo Maeda, Fernando Stropa, Alvaro Wanderley e Sergio Kolachinski completaram o top-10.

Chegando na 2ª posição, Bruno Vasconcelos alcançou os 252 pontos e segue na liderança do campeonato. Bruno Miranda tem 171 tentos na vice-liderança, enquanto Leandro Silva fecha o top-3 com 166. Entre as equipes, a Dragon Racing AV lidera com 485 pontos, 108 tentos a mais que a vice-líder SUB Racing. A pontuação dobrada oferecida na etapa final deixa a disputa ainda aberta. A classificação completa do campeonato de pilotos e equipes está no site oficial www.f1bc.com.

A última etapa da Indy Light será no dia 08/04, em Michigan [A], a partir das 20h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo no canal do F1BC no YouTube. Todas as informações sobre o F1 Brasil Clube você confere em www.f1bc.com.

As inscrições para a temporada 2019/2 do F1BC já estão abertas. Acesse www.f1bc.com/inscricoes, escolha os seus campeonatos favoritos e faça a sua inscrição. O clube já anunciou o calendário com os circuitos, atualizações nas licenças dos pilotos e todas as informações dos campeonatos da temporada 2019/2.

O F1BC tem o patrocínio de Aguiatech, Aliança Consultoria, Área Nobre Estacionamentos, Chiara Guitar Parts, Extreme SimRacing, Logitech, M7Help, e o apoio de Canal Sim-Force, F1 Brasil, F1 Mania, iRacing, Reiza Studios, e Sector3 Studios.

Final, 50 minutos
1 Fernando Passos (Overmind Racing), 85 voltas
2 Bruno Vasconcelos (Dragon Racing AV), -00.219
3 Ricardo Pereira (Scuderia Virtual Mustang), -5.008
4 Carlos Aguiar (Aguiatech SimXperience), -20.000
5 Leandro Silva (SUB Racing), +1 volta
6 Bruno Miranda (BMRS Motorsports), -21.741 (+60s)
7 Paulo Maeda (Black Wings Racing Team), +2 voltas
8 Fernando Stropa (Dragon Racing AV), +3 voltas
9 Alvaro Wanderley (SUB Racing), +3 voltas
10 Sergio Kolachinski (Overmind Racing 2), Abandono (68)
11 Deivilyn Carrasco (Dragon Racing AV), Abandono (68)
12 Lucas Silva (Hattrick Racing), +28 voltas
13 Emerson Takashima (Static Racing), Abandono (56)
14 Pedro Humenhuk (Triple Crown Motorsports), Abandono (56)
15 Heliton Ribeiro (Scuderia Virtual Racing), Abandono (44) (+60s)
16 Renato Chiara (Overmind Racing), +61 voltas
17 Valmor Arenhart (Aguiatech SimXperience), Abandono (22)
18 Silvio Sanchez (Static Racing), +63 voltas
19 Marcio Mendes (Scuderia Virtual Mustang), +84 voltas
20 Mayer Vasconcellos (SUB Racing), Last Position (LP)
Volta mais rápida: Fernando Passos, 0:23.897

Pontos bônus
Carlos Aguiar +2 pela pole-position e por liderar mais voltas

Race control
Incidente entre Bruno Vasconcelos e Deivilyn Carrasco – Nenhuma ação tomada. [1]
Incidente entre Marcio Mendes e Lucas Silva – Nenhuma ação tomada (netcode). [1]
Incidente entre Fernando Stropa e Mayer Vasconcelos – Nenhuma ação tomada. [13]
Incidente entre Mayer Vasconcelos e Valmor Arenhart – Nenhuma ação tomada. [19]
Mayer Vasconcelos, Last Position – Incidente de nível 5 (17.5.1) [+5 Licença] [21]
Heliton Ribeiro, Stop-And-Go 10s – Muito acima da velocidade limite antes da largada (17.3.3) [+3 Licença] [27]
Carlos Aguiar, +20s – Incidente de nível 2 (17.2.1) [+2 Licença] [29]
Alvaro Wanderley, Warning – Incidente de nível 1 (17.1.1) [+1 Licença] [37]
Lucas Silva, Warning – Incidente de nível 1 (17.1.1) [+1 Licença] [40]
Heliton Ribeiro, +60s – Uso de meios públicos para reclamações ou ofensas (17.4.4) [+4 Licença] [50]
Incidente entre Emerson Santos e Lucas Silva – Nenhuma ação tomada (netcode). [57]
Alvaro Wanderley, Stop-And-Go 10s – Falha no procedimento sob Safety Car, causando prejuízos severos (17.3.10) [+3 Licença] [62]
Emerson Moreno, +60s – Uso de meios públicos para reclamações ou ofensas (17.4.4) [+4 Licença] [NP]
Bruno Miranda, +60s – Uso de meios públicos para reclamações ou ofensas (17.4.4) [+4 Licença] [Pós-Corrida]

Pontos nas licenças
Heliton Ribeiro +7
Mayer Vasconcelos +5
Emerson Moreno +4
Bruno Miranda +4
Alvaro Wanderley +3
Carlos Aguiar +2
Lucas Silva +1

Observações
Heliton Ribeiro, uma etapa de suspensão – Atingiu 10 pontos na Licença (20.3)
Mayer Vasconcelos, uma etapa de suspensão – Atingiu 10 pontos na Licença (20.3)
Alvaro Wanderley, uma etapa de suspensão – Atingiu 10 pontos na Licença (20.3)

Vídeo da etapa
https://www.youtube.com/watch?v=wE153-mNFgo

Advertisement

Facebook

Advertisement

VÍDEO DESTAQUE

More in Corridas