Connect with us

Corridas

F1BC RTWP Indy Light 2019/2 @ Daytona

F1BC RTWP Indy Light 2019/2 @ Daytona

A RTWP Indy Light teve sentimentos mistos nesta segunda-feira (29) em sua sexta etapa da temporada 2019/2 no F1 Brasil Clube, no superspeedway de Daytona: enquanto a corrida em si foi bastante técnica e bem fluída, fora da pista o clima esquentou, e Silvio Sanchez (Static Racing) saiu vitorioso.

Na classificação, destaque para o Top 5 com Deivilyn Carrasco, Carlos Aguiar, Andre Moreira, Ricardo Pereira e Fernando Stropa. Juntando com Bruno Miranda, sexto, as equipes Aguiatech e Dragon dividiram as atenções com três representantes cada nas primeiras filas. Confira a ordem completa abaixo.

Classificação
1 Deivilyn Carrasco (Dragon Racing AV), 38.463
2 Carlos Aguiar (Aguiatech SimXperience), 38.465
3 Andre Moreira (Dragon Racing AV), 38.472
4 Ricardo Pereira 2 (Aguiatech SimXperience), 38.474
5 Fernando Stropa (Dragon Racing AV), 38.475
6 Bruno Miranda (Aguiatech SimXperience), 38.485
7 Jairo Costa (Hattrick Racing), 38.489
8 Silvio Sanchez (Static Racing), 38.507
9 Rodrigo Franzoni (Grip Racing), 38.508
10 Tonny Peixoto (Static Racing), 38.516
11 Jorge Destro (SUB Racing 2), 38.517
12 Alvaro Wanderley (SUB Racing 2), 38.518
13 Emerson Takashima (Static Racing), 38.576
14 Alexandre Eduardo (Independente), 38.640
15 Eduardo Francisco (Negretti Motorsport), 38.645
16 Doni Pereira (Radar Team), 38.970
17 Emerson Moreno (SUB Racing 2), sem tempo
18 Fernando Passos (Overmind Racing), sem tempo
19 Gabriel Chaubah (Overmind Racing), sem tempo
20 Renato Chiara (Overmind Racing 2), sem tempo
21 Wellington Dill (Overmind Racing 2), sem tempo
22 Marcio Rodrigues (KSTM e-Motorsports), sem tempo

Os primeiros nove minutos de prova foram de pura velocidade, sob bandeira verde e sem acidentes. Os mais arrojados já estavam no primeiro pelotão, enquanto alguns buscavam maior conservadorismo até mesmo sem anotarem tempo na classificação e largarem no fim da fila.

O primeiro incidente chegou entre Marcio Rodrigues e Renato Chiara, que sem sorte levou a pancada do piloto da KSTM. Em bandeira amarela, todos aproveitaram para parar nos boxes.

A sequência da corrida durou mais algumas voltas sob o pano verde, até que um incidente entre Tonny Peixoto, tocando a traseira de Jorge Destro e levando o piloto da SUB Racing ao muro, esquentou os ânimos.

A partir de então as estratégias começaram a variar, com alguns pilotos seguindo na pista sem paradas – como Carrasco, Moreira, Costa, Moreno e Takashima – enquanto outros ficaram mais tempo e passavam a depender do combustível, casos de Aguiar, Carrasco, Miranda, Passos e Chaubah.

Dizem até que Passos e Chaubah, que pararam na última volta de bandeira amarela, seriam os únicos com combustível para irem até o fim mesmo em totalidade de bandeira verde até o final, mas isso foi interrompido na disputa que viria a seguir, a derradeira.

Emerson Moreno já estava levando volta do pelotão da frente, mas nem Aguiar nem Sanchez pareciam conseguir passar pelo piloto da SUB. Quando Sanchez conseguiu e abriu, Carlos tocou a linha amarela e escorregou, perdendo velocidade bruscamente e não dando chances para Andre Moreira e Alvaro Wanderley desviarem, em incidente que marcou o desfecho em Daytona.

Bandeira amarela e fim de prova na sexta etapa da RTWP Indy Light, com Silvio Sanchez vitorioso em Daytona pela Static Racing. Carlos Aguiar ainda se equilibrou para fechar em segundo, mas a penalização chegou no pós-corrida, elevando Doni Pereira e Bruno Miranda ao pódio.

De fato o final de prova viu ânimos acirrados, e a direção de provas agiu sobre o que ocorreu dentro e fora das pistas, seguindo seu regulamento com precisão e reforçando seu compromisso com o respeito em seu ambiente.

A próxima etapa da RTWP Indy Light será no dia 12/8, em Michigan, a partir das 20h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo no canal do F1BC no YouTube. Todas as informações sobre o F1 Brasil Clube você confere em www.f1bc.com.

Final, 50 minutos
1 Silvio Sanchez (Static Racing), 53 voltas
2 Doni Pereira (Radar Team), -2.193
3 Bruno Miranda (Aguiatech SimXperience), -2.706
4 Fernando Passos (Overmind Racing), -3.089
5 Gabriel Chaubah (Overmind Racing), -3.572
6 Rodrigo Franzoni (Grip Racing), -3.789
7 Ricardo Pereira 2 (Aguiatech SimXperience), -5.162
8 Emerson Takashima (Static Racing), -5.426
9 Deivilyn Carrasco (Dragon Racing AV), -6.221
10 Renato Chiara (Overmind Racing 2), -11.732
11 Carlos Aguiar (Aguiatech SimXperience), -1.270 [+40s]
12 Emerson Moreno (SUB Racing 2), -2 L
13 Alvaro Wanderley (SUB Racing 2), -3 L (DNF)
14 Jairo Costa (Hattrick Racing), -3 L (DNF)
15 Andre Moreira (Dragon Racing AV), -5 L (DNF) [+60s]
16 Eduardo Francisco (Negretti Motorsport), -15 L (DNF)
17 Fernando Stropa (Dragon Racing AV), -27 L (DNF)
18 Alexandre Eduardo (Independente), -28 L (DNF)
19 Jorge Destro (SUB Racing 2), -33 L (DNF)
20 Marcio Rodrigues (KSTM e-Motorsports), -34 L (DNF) [+40s]
21 Wellington Dill (Overmind Racing 2), -48 L (DNF)
22 Tonny Peixoto (Static Racing), -31 L (DNF) [LP]
Volta mais rápida: Emerson Takashima, 37.880

Pontos Bônus
Deivilyn Carrasco +1 por liderar mais voltas
Deivilyn Carrasco +1 pela pole position

Race Control
Bruno Miranda, Warning – Incidente de nível 1 (17.1.1) [+1 Licença] [1]
Incidente entre Carlos Aguiar e Fernando Stropa – Nenhuma ação tomada [10]
Incidente envolvendo Bruno Miranda – Nenhuma ação tomada [10]
Incidente envolvendo Bruno Miranda – Nenhuma ação tomada [13]
Marcio Rodrigues, +40s – Incidente de nível 3 (17.3.1) [+3 Licença][14]
Incidente entre Emerson Moreno e Silvio Sanchez – Nenhuma ação tomada.[20]
Tony Peixoto, Last Position – Incidente de nível 5 (17.5.1) [+5 Licença][23]
Jorge Destro, Warning – Envio excessivo de Notificação (17.1.9) [+1 Licença][23]
Jorge Destro, Warning – Chat durante a sessão (17.1.4) [+1 Licença][23]
Incidente entre Fernando Stropa, Bruno Miranda e Jose Pereira – Nenhuma ação tomada.[27]
Incidente entre Jairo Maragato e Alvaro Wanderley – Nenhuma ação tomada.[24]
Incidente entre Jairo Maragato e Alexandre Eduardo – Nenhuma ação tomada.[27]
Incidente entre Deivlyn Carrasco e Carlos Aguiar – Nenhuma ação tomada.[37]
Incidente envolvendo Emerson Moreno – Nenhuma ação tomada.[48]
Emerson Moreno, Warning – Resistência quando retardatário sem perdas (17.1.3) [+1 Licença][50]
Carlos Aguiar, +40s – Incidente de nível 3 (17.3.1) [+3 Licença][53]
Andre Moreira, +60s – Uso de meios públicos para reclamações ou ofensas (17.4.4) [+4 Licença] [iRacing voice chat]
Jorge Destro, +60s – Uso de meios públicos para reclamações ou ofensas (17.4.4) [+4 Licença] [YouTube chat]
Jorge Destro, +60s – Uso de meios públicos para reclamações ou ofensas (17.4.4) [+4 Licença] [iRacing text chat]

Pontos nas Licenças
Bruno Miranda +1
Marcio Rodrigues +3
Tonny Peixoto +5
Jorge Destro +10
Emerson Moreno +1
Carlos Aguiar +3
Andre Moreira +4

Observações
Marcio Rodrigues, uma etapa de suspensão – Atingiu 10 pontos na Licença (20.3)
Tonny Peixoto, uma etapa de suspensão – Atingiu 10 pontos na Licença (20.3)
Jorge Destro, uma etapa de suspensão – Atingiu 10 pontos na Licença (20.3)
Andre Moreira, aplicação do item 3 do Regulamento enviado via e-mail.

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA A TEMPORADA 2019/3

As inscrições para a temporada 2019/3 do F1 Brasil Clube já estão abertas. Acesse www.f1bc.com/inscricoes, escolha os seus campeonatos favoritos e faça a sua inscrição. O clube logo entrará em contato para confirmar sua participação.

O F1BC tem o patrocínio de Abacom Compressores, Adelante Sports, Aguiatech, Aliança Assessoria Contra Incêndio, Bruno Peres’ English Course, Chiara Custom Guitar, Extreme SimRacing, Fanatec Brasil, Fast Lap Kart Indoor, M7Help, Planet Games, RTWP Hosting, SpeedZone, TimãoWeb, Canal Time Attack, e o apoio de F1 Brasil, F1 Mania, NRT Servers, iRacing, Reiza Studios, Kunos Simulazioni, Studio 397, SimSync, GridKart Brasil e Canal Sim-Force.

Advertisement

Facebook

Advertisement

VÍDEO DESTAQUE

More in Corridas