Connect with us

Corridas

F1BC Indy Pro 2019/3 @ Indianápolis

F1BC Indy Pro 2019/3 @ Indianápolis

Espetacular final em Indianápolis tem vitória de Bruno Miranda e título de João Silveira

O F1 Brasil Clube teve a honra de receber a final da temporada 2019/3 da Indy Pro no oval de Indianápolis nesta terça-feira (3), em uma prova fantástica com 3 bandeiras amarelas, 36 trocas de liderança e o final com prorrogação que culminou em vitória de Bruno Miranda (Dragon Racing AV), e título para João Silveira, da equipe campeã Corinthians Rally Team.

A classificação mostrou a busca de Victor del Porto pela virada na briga pelo título com o ponto bônus da pole position, enquanto Romar Arns, Cristiano Benevenuto, Allan Moreira e Bruno Miranda completaram o ‘Top 5’. João Silveira foi apenas o 11º colocado, posição perigosa do exato meio do pelotão. Confira a ordem completa a seguir.

Classificação
1 Victor Del Porto (Static Racing), 39.574
2 Romar Arns (Escuderia Sul-Brasil), 39.584
3 Cristiano Benevenuto (SUB Racing), 39.584
4 Allan Moreira (Pegoraros Racing), 39.596
5 Bruno Miranda (Dragon Racing AV), 39.600
6 Valmor Arenhart (Catarina Motorsport), 39.603
7 Carlos Aguiar (Aguiatech SimXperience), 39.604
8 Bruno Vasconcelos (Corinthians Rally Team), 39.608
9 Julio Moreira (Dragon Racing AV), 39.610
10 Rodrigo Franzoni (RTWP Grip Racing), 39.610
11 Joao Silveira (Corinthians Rally Team), 39.612
12 Ricardo Pereira 2 (Aguiatech SimXperience), 39.612
13 Jose Crescente (Pegoraros Racing 3), 39.627
14 Emerson Takashima (Dragon Racing AV), 39.627
15 Beto Soussa (Corinthians Rally Team 2), 39.639
16 Adriano Fraporti (Pegoraros Racing), 39.655
17 Silvio Sanchez (Corinthians Rally Team), 39.666
18 Alvaro Wanderley (SUB Racing), 39.672
19 Jairo Costa (Aguiatech SimXperience 2), 39.711
20 Adriano Augusto (Scuderia Virtual Mustang), 39.782
21 Leandro Silva (SUB Racing), 39.848
22 Allan Botelho (Countdown Racing), sem tempo

Mesmo sendo um dos ovais mais complicados, os pilotos da Indy Pro repetiram o feito da temporada anterior e realizaram um início de prova em final de campeonato com longo trecho sob bandeira verde, sem nenhum incidente e até mesmo com pit stops no período.

As trocas na liderança eram constantes, com Del Porto, Benevenuto, Aguiar, Arenhart, Moreira e Arns sendo os que mais se destacaram na frente do pelotão. Já o favorito ao título João Silveira perdia posições com uma tocada bastante conservadora, contando com a companhia de Soussa e Sanchez ao seu redor.

A primeira bandeira amarela veio em incidente entre Ricardo Pereira e Carlos Aguiar, e o pelotão se juntou novamente para as disputas renovadas. Cada abandono a mais era uma chance a menos para os rivais de Silveira sonharem com o troféu de campeão.

A parte final da prova teve um incidente de Jairo Costa escapando sozinho e batendo forte, bem quando estava na liderança. A bandeira amarela gerou uma relargada onde os pilotos foram mais agressivos, e novo incidente foi visto com Silvio Sanchez e Adriano Fraporti, e isso respingou no próprio Silveira, que abandonou a cinco voltas do fim – mas já com uma posição mínima suficiente para se sagrar campeão da Indy Pro.

A relargada teve Bruno Miranda a frente e mantendo sua condição para vencer com o carro da Dragon e garantir o vice-campeonato, com Beto Soussa e Victor del Porto no pódio. Valmor Arenhart e Alvaro Wanderley completaram o grupo dos cinco primeiros.

O F1 Brasil Clube parabeniza o campeão João Silveira, Bruno Miranda pelo vice-campeonato, e Victor del Porto pelo terceiro lugar, além do Corinthians Rally Team pelo título por equipes – todos estes ganharão troféus exclusivos do F1 Brasil Clube!

“A Indy Pro teve uma final de altíssimo nível, com o excelente número de 22 pilotos e apenas 3 bandeiras amarelas, o que traz boas expectativas para a próxima temporada”, afirmou Rodrigo Steigmann, Diretor Geral do F1 Brasil Clube.

A Indy Pro terá sua nova temporada iniciando no dia 7 de janeiro às 22h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo no canal do F1BC no YouTube. Todas as informações sobre o F1 Brasil Clube você confere em www.f1bc.com.

Final, 89 voltas
1 Bruno Miranda (Dragon Racing AV), -00.000
2 Beto Soussa (Corinthians Rally Team 2), -00.020
3 Victor Del Porto (Static Racing), -00.082
4 Valmor Arenhart (Catarina Motorsport), -00.231
5 Alvaro Wanderley (SUB Racing), -1.083
6 Cristiano Benevenuto (SUB Racing), -3.659
7 Romar Arns (Escuderia Sul-Brasil), -33.913
8 Allan Moreira (Pegoraros Racing), -40.025
9 Leandro Silva (SUB Racing), -2 L
10 Adriano Augusto (Scuderia Virtual Mustang), -2 L
11 Adriano Fraporti (Pegoraros Racing), -6 L (DNF)
12 Joao Silveira (Corinthians Rally Team), -6 L (DNF)
13 Rodrigo Franzoni (RTWP Grip Racing), -9 L (DNF)
14 Jose Crescente (Pegoraros Racing 3), -10 L (DNF)
15 Jairo Costa (Aguiatech SimXperience 2), -16 L (DNF)
16 Emerson Takashima (Dragon Racing AV), -27 L (DNF)
17 Julio Moreira (Dragon Racing AV), -41 L (DNF)
18 Carlos Aguiar (Aguiatech SimXperience), -55 L (DNF)
19 Bruno Vasconcelos (Corinthians Rally Team), -77 L (DNF)
20 Allan Botelho (Countdown Racing), -40 L (DNF) [LP]
21 Silvio Sanchez (Corinthians Rally Team), -5 L (DNF) [LP]
— Ricardo Pereira 2 (Aguiatech SimXperience), -56 L (DNF) [DQ]
Volta mais rápida: Valmor Arenhart, 39.664

Pontos Bônus
Victor del Porto +1 pela pole position
Victor del Porto +1 por liderar mais voltas

Race Control
Beto Soussa, Alerta – Incidente com prejuízos mínimos (7.7.1) [+1 Licença] [1]
Jairo Maragato, Alerta – Incidente com prejuízos mínimos (7.7.1) [+1 Licença] [10]
Incidente entre Carlos Aguiar – Nenhuma ação tomada. [13]
Incidente entre Adriano Augusto e Rodrigo Franzoni – Nenhuma ação tomada. [19]
Incidente entre Bruno Miranda – Nenhuma ação tomada. [23]
Incidente entre Bruno Miranda – Nenhuma ação tomada. [26]
Incidente entre Carlos Aguiar e Valmor Arenhart – Nenhuma ação tomada. [27]
Carlos Aguiar, Alerta – Incidente com prejuízos mínimos (7.7.1) [+1 Licença] [31]
Ricardo Pereira, Last Position – Incidente com prejuízos terminais (7.7.5) [+5 Licença] [34]
Alvaro Wanderley, Alerta – Erro no procedimento de largada com prejuízos mínimos (7.3.1) [+1 Licença] [39]
Jose Crescente, Alerta – Erro no procedimento de largada com prejuízos mínimos (7.3.1) [+1 Licença] [39]
Leandro da Silva, Alerta – Erro no procedimento de largada com prejuízos mínimos (7.3.1) [+1 Licença] [39]
Allan Botelho, Last Position – Erro no procedimento sob bandeira azul com prejuízos severos (7.5.3) [+5 Licença] [48]
Emerson Takashima, Alerta – Chat durante classificação ou corrida (7.10.1) [+1 Licença] [61]
Incidente entre Valmor Arenhart e Jairo Maragato – Nenhuma ação tomada. [62]
Incidente entre Rodrigo Franzoni e Cristiano Bennevenuto – Nenhuma ação tomada. [63]
Incidente entre Jairo Maragato e Allan Moreira – Nenhuma ação tomada. [69]
Incidente entre Cristiano Bennevenuto e Rodrigo Franzoni – Nenhuma ação tomada. [79]
Silvio Sanchez, Last Position – Incidente com prejuízos terminais (7.7.5) [+5 Licença] [83]

Pontos nas Licenças
Ricardo Pereira +5
Allan Botelho +5
Silvio Sanchez +5
Beto Soussa +1
Jairo Maragato +1
Carlos Aguiar +1
Alvaro Wanderley +1
Jose Crescente +1
Leandro da Silva +1
Emerson Takashima +1

Observações
Ricardo Pereira, Disqualification – Atingiu 10 pontos na Licença na etapa final (20.4)

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA A TEMPORADA 2020/1

As inscrições para a temporada 2020/1 do F1 Brasil Clube já estão abertas. Acesse www.f1bc.com/inscricoes, escolha os seus campeonatos favoritos e faça a sua inscrição. O clube logo entrará em contato para confirmar sua participação.

O F1BC tem o patrocínio de Abacom Compressores, Adelante Sports, Aguiatech, Aliança Assessoria Contra Incêndio, Chiara Custom Guitar, Extreme SimRacing, Fanatic Brazil, Fast Lap Kart Indoor, Got It English, M7Help, Planet Games, RTWP Hosting, SpeedZone, TimãoWeb, Canal Time Attack, Walltime, e o apoio de F1 Brasil, F1 Mania, NRT Servers, iRacing, Reiza Studios, Kunos Simulazioni, Studio 397, SimSync, GridKart Brasil e Canal Sim-Force.

Advertisement

Facebook

Advertisement

VÍDEO DESTAQUE

More in Corridas