Indy Series: Yurem Rubens (EG) vence primeira prova com servidor nacional do iRacing em Homestead

F1BC Indy Series 2020/3 @ Homestead

O F1 Brasil Clube recebeu a sexta e penúltima etapa da Indy Series na temporada 2020/3, no circuito de Homestead, e o novo servidor nacional do iRacing foi destaque para uma corrida menos acidentada, com apenas uma bandeira amarela e que culminou em vitória de Yurem Rubens (EG Racing), assumindo a liderança isolada do campeonato a um evento da decisão.

A sessão de 5 minutos que define o grid teve Rodrigo Franzoni na pole position, enquanto Victor del Porto foi o segundo, e o ‘Top 5’ foi completo por Beto Soussa, Yurem Rubens e Valmor Arenhart. Veja o grid de largada completo a seguir.

Classificação
1 Rodrigo Franzoni (EG Racing), 25.216
2 Victor del Porto (Static Racing), 25.226
3 Beto Soussa (Corinthians), 25.241
4 Yurem Rubens (EG Racing), 25.241
5 Valmor Arenhart (Catarina Motorsport), 25.260
6 Emerson Takashima (Dragon Racing AV 2), 25.265
7 Tiago Bandeira (Corinthians), 25.266
8 Julio Moreira (Dragon Racing AV), 25.266
9 Joao Ritter (Corinthians), 25.276
10 Adriano Fraporti (Pegoraros Racing), 25.277
11 Silvio Sanchez (Corinthians), 25.287
12 Marcio Baroni (EG Racing 2), 25.302
13 Alexandre Rigon (Bread King Sports), 25.317
14 Ricardo Bizotto (EG Racing), 25.359
15 Cristiano Benevenuto (SUB Racing), 25.408
16 Gil Ribeiro (Kings of Asphalt), 25.409
17 Felipe Ribeiro (Dragon Racing AV 2), 25.410
18 Fernando Stropa (Dragon Racing AV 2), 25.473
19 Raphael Sabara (Black Nagata), sem tempo
20 Jose Crescente (Pegoraros Racing), sem tempo
21 Igor Goularte (Kings of Asphalt), sem tempo
22 Lino Palladino (Team CTR e-Sports), sem tempo

Com o servidor nacional agora nas sessões ‘hosted’ do F1 Brasil Clube, o baixo ping reduziu drasticamente os problemas de ‘netcode’ que geravam incidentes devido a uma proximidade entre os carros. Um grande avanço para a comunidade do iRacing brasileiro.

Tudo bem que Homestead é um dos ovais mais seguros, conhecido estatisticamente por receber provas no F1BC com baixas quantidades de bandeiras amarelas, mas alguns lances vistos durante a transmissão ao vivo mostraram que um servidor com ping mais alto teria contribuido para mais acidentes.

Os pit stops porém levaram a alguns erros individuais na entrada, como na bandeira amarela que levou Alexandre Rigon e Igor Goularte para fora da pista. João Ritter liderava a partir deste ponto, seguido por Yurem Rubens, Adriano Fraporti, Victor del Porto e Rodrigo Franzoni, em disputas alucinantes a cada volta.

Na 100ª volta Ritter foi aos boxes sob bandeira verde, voltando em 17º – perdendo pelo menos uma volta com uma parada mais lenta, notada especialmente em relação a Valmor Arenhart, que voltou de seu pit um giro a frente.

A disputa começava a se afunilar entre menos concorrentes pela vitória, com Rubens e Del Porto mostrando o porquê de estarem dividindo a liderança do campeonato até então. Aos demais as espalhadas, espremidas e finas ocorreram, mas de fato a maior parte do tempo tudo não passou de susto.

Os giros finais tiveram a arrancada de Yurem Rubens para a vitória em Homestead, com Victor del Porto em segundo, resultado que os mantém como principais candidatos ao título – lembrando que a final tem pontuação dobrada.

Adriano Fraporti foi ao pódio em grande atuação, e Valmor Arenhart e José Crescente completaram o ‘Top 5’. Cristiano Benevenuto, Rodrigo Franzoni, Beto Soussa, Gil Ribeiro e Julio Moreira completaram a relação dos 10 primeiros.

“Quando surgiu a notícia dos servidores nacionais, esta era uma decisão sem precisar pensar duas vezes, pois era óbvio que teríamos um aumento significativo na qualidade das corridas”, afirma Rodrigo Wizard Steigmann, Diretor Geral do F1 Brasil Clube.

A Indy Series terá sua grande final no dia 8 de dezembro às 22h (horário de Brasília), no circuito de Kentucky, com transmissão ao vivo no canal F1BC. Todas as informações sobre o F1 Brasil Clube você confere em www.f1bc.com.

Final, 130 voltas
1 Yurem Rubens (EG Racing), 130 Laps
2 Victor del Porto (Static Racing), -03.328
3 Adriano Fraporti (Pegoraros Racing), -07.102
4 Valmor Arenhart (Catarina Motorsport), -08.790
5 Jose Crescente (Pegoraros Racing), -10.622
6 Cristiano Benevenuto (SUB Racing), -10.674
7 Rodrigo Franzoni (EG Racing), -10.902
8 Beto Soussa (Corinthians), -13.313
9 Gil Ribeiro (Kings of Asphalt), -14.722
10 Julio Moreira (Dragon Racing AV), -1 L
11 Marcio Baroni (EG Racing 2), -1 L
12 Lino Palladino (Team CTR e-Sports), -1 L
13 Joao Ritter (Corinthians), -1 L
14 Felipe Ribeiro (Dragon Racing AV 2), -1 L
15 Fernando Stropa (Dragon Racing AV 2), -2 L
16 Ricardo Bizotto (EG Racing), -3 L
17 Silvio Sanchez (Corinthians), -10 L
18 Raphael Sabara (Black Nagata Racing Team), -14 L
19 Tiago Bandeira (Corinthians), -95 L
20 Igor Goularte (Kings of Asphalt), -97 L

21 Alexandre Rigon (Bread King Sports), -91 L
22 Emerson Takashima (Dragon Racing AV 2), -3 L
Volta mais rápida: Valmor Arenhart, 0:24.983

Race Control
Incidente entre Valmor Arenhart e Rodrigo Franzoni – Nenhuma ação tomada [13]
Incidente entre Joao Ritter e Rodrigo Franzoni – Nenhuma ação tomada [14]
Incidente entre Joao Ritter e Rodrigo Franzoni – Nenhuma ação tomada [22]
Incidente entre Valmor Arenhart e Rodrigo Franzoni – Nenhuma ação tomada [25]
Igor Goularte, Alerta – Incidente com prejuízos mínimos (7.7.1) [+1 Licença] [25]
Alexandre Rigon, Last Position – Incidente com prejuízos terminais (7.7.5) [+5 Licença] [34]
Incidente entre Rodrigo Franzoni e Alexandre Rigon – Nenhuma ação tomada [38]
Incidente entre Raphael Sabara, Emerson Takashima e Jose Crescente – Nenhuma ação tomada [38]
Incidente entre Joao Ritter e Yurem Rubens – Nenhuma ação tomada [40]
Incidente entre Rodrigo Franzoni e Lino Palladino – Nenhuma ação tomada [46]
Incidente entre Emerson Takashima e Rodrigo Franzoni – Nenhuma ação tomada [54]
Incidente entre Fernando Stropa e Ricardo Bizotto – Nenhuma ação tomada [58]
Fernando Stropa, Alerta – Incidente com prejuízos mínimos (7.7.1) [+1 Licença] [71]
Incidente entre Yurem Rubens e Adriano Fraporti – Nenhuma ação tomada [77]
Incidente entre Rodrigo Franzoni e Jose Crescente – Nenhuma ação tomada [106]
Jose Crescente, Alerta – Incidente com prejuízos mínimos (7.7.1) [+1 Licença] [107]
Incidente entre Rodrigo Franzoni e Jose Crescente – Nenhuma ação tomada [108]
Incidente entre Rodrigo Franzoni e Jose Crescente – Nenhuma ação tomada [109]
Jose Crescente, Alerta – Incidente com prejuízos mínimos (7.7.1) [+1 Licença] [112]
Rodrigo Franzoni, Alerta – Envio excessivo de Notificação (7.10.6) [+1 Licença] [112]
Incidente entre Marcio Baroni e Adriano Fraporti – Nenhuma ação tomada [115]
Emerson Takashima, Last Position – Incidente com prejuízos terminais (7.7.5) [+5 Licença] [116]
Incidente entre Marcio Baroni e Adriano Fraporti – Nenhuma ação tomada [124]
Incidente entre Joao Ritter e Fernando Stropa – Nenhuma ação tomada [124]

Pontos nas Licenças
Alexandre Rigon +5
Emerson Takashima +5
Jose Crescente +2
Igor Goularte +1
Fernando Stropa +1
Rodrigo Franzoni +1

Observações
Alexandre Rigon, sem classificação na próxima etapa – Atingiu 5 pontos na Licença (20.2)
Emerson Takashima, sem classificação na próxima etapa – Atingiu 5 pontos na Licença (20.2)

O F1BC tem o patrocínio de ITS3, M7Help, a parceria e apoio de Adelante Sports, Aliança Assessoria Contra Incêndio, Got It English, Planet Games, SpeedZone, F1 Brasil, F1 Mania, W1 League, e parceria técnica com iRacing, Reiza Studios, Kunos Simulazioni, e SimSync.