Connect with us

F1BC Cup Classic 2008/2 @ Interlagos

Após uma bela primeira etapa, em Phoenix, a categoria Classic empolgou e, neste segundo final de semana, já pôde contar com muito mais participantes. Foram 13 no total, ainda que algumas ausências tenham sido sentidas. A pista para a estréia e adaptação dos novatos não poderia ser melhor: Interlagos, o terreno mais conhecido pela maioria dos pilotos virtuais.

QUALIFYING – Divididos em dois servidores, de um lado Rodrigo Wizard baixava seu tempo cada vez mais, e no outro Diogo Tenan impressionava em seu início de campanha. Ao final, Wizard garantiu a pole-position, com Tenan em segundo, e Cadu em terceiro, mesmo tendo registrado apnas uma volta, por problemas de conexão. O quarto lugar ficou com mais um estreante dentro da Classic, o carioca Lucas Sena.

Qualifying
1 Rodrigo Wizard (SP/Dallara), 1:10.845
2 Diogo Tenan (RJ/Williams), 1:11.715
3 Carlos Cunha (PR/Leyton House), 1:11.785
4 Lucas Sena (RJ/Leyton House), 1:11.997
5 Andre Chiara (SP/Mclaren), 1:12.571
6 Edgard Sparmdale (MG/Minardi), 1:13.248
7 Raphael Brito (SP/Dallara), 1:13.270
8 Gabriel Chaubah (MT/Benetton), 1:13.364
9 Diogo Leal (GO/Williams), 1:13.785
10 Claudio Da Silva (MT/Lotus), 1:16.420
11 Djalma Bereta (SP/Jordan), 1:16.570
12 Fernando Ferreira (DF/Benetton), 1:18.007
13 Fernando Igor (CE/Brabham), 1:18.940

RACE – Mesmo com a conexão caindo, Cadu tentou a sorte e, pelo menos na primeira volta, se deu bem, pulando de terceiro para a liderança. André também largou com agilidade e foi para segundo, enquanto Rodrigo saiu mal e caiu para terceiro. Logo na subida do Laranjinha, o primeiro incidente ocorreu, quando Tenan tentou botar por dentro e ultrapassar Wizard, mas o paulista não conseguiu evitar o toque por trás do carioca e mandou a Williams para a barreira de pneus. Diogo ainda trocou a asa dianteira mas abandonou após perder o controle, algumas voltas mais tarde.

Enquanto Cadu tinha sua derradeira queda de conexão, que o tirou da prova, Rodrigo ultrapassava André e tomava então a liderança da prova. Pouco depois foi a vez de Lucas deixar a McLaren para trás e ser segundo. Wizard tentou construir uma vantagem que lhe permitisse vencer mesmo com a punição pelo toque em Diogo, e pisou fundo em busca de se distanciar dos demais.

Quase todos os pilotos usaram a estratégia de uma parada. Na briga pela vitória, Wizard parou na 18 (metade da corrida), e voltou imediatamente atrás de Lucas, repassando o piloto da Leyton House na 22ª volta, este aparentemente com pneus desgastados. Lucas foi até a 25ª volta desta forma, fazendo seu pit-stop para os dez giros finais. Ao final, Wizard recebeu a quadriculada com mais de 40 segundos de vantagem para Lucas, concluindo seu objetivo. Edgard Sparmdale mais uma vez fez uma corrida muito equilibrada e subiu pelo segundo final de semana seguido no pódio. Raphael Brito e André Chiara ficaram em quarto e quinto em suas estréias na Classic.

Final, 35 voltas
1 Rodrigo Wizard (SP/Dallara), 43:14.746 (média 204.89 km/h) [+30 s penalty]
2 Lucas Sena (RJ/Leyton House), +42.749
3 Edgard Sparmdale (MG/Minardi), +1:06.297
4 Raphael Brito (SP/Dallara), +1 volta
5 Andre Chiara (SP/Mclaren), +1 volta
6 Diogo Leal (GO/Williams), 47:13.342
7 Gabriel Chaubah (MT/Benetton), +12.043
8 Fernando Ferrerira (DF/Benetton), +1 volta
9 Claudio Da Silva (MT/Lotus), +2 voltas
10 Djalma Bereta (SP/Jordan), +2 voltas
11 Fernando Igor (CE/Brabham), DNF/Fuel (25)
12 Diogo Tenan (RJ/Williams), DNF (3)
13 Carlos Cunha (PR/Leyton House), DNF/Connection (1)
Fastest Lap: Rodrigo Wizard (SP/Dallara), 1:12.218
Hattrick para Rodrigo Wizard.

Punições
R.Wizard: toque em Diogo Tenan, causando danos na asa dianteira (+30s)

Advertisement

Facebook

Advertisement

VÍDEO DESTAQUE

More in Corridas