F1BC Cup Pro 2009/1 @ Mine

Muitas emoções e duas corridas movimentadíssimas marcaram a etapa final da F1BC Cup 6. Na última etapa, o palco foi a inédita e desconhecida pista de Mine. Os protagonistas foram três pilotos experientes: Matheus Araújo, Rodrigo Wizard e Daniele Ferraz. E o campeão? Leia o texto completo e descubra!

Dos três candidatos ao título, um já ficou fora da disputa logo no início. A carioca Daniele Ferraz não participou da etapa devido a problemas de conexão, e teve que abrir mão do campeonato de maneira melancólica. Melhor para Rodrigo Wizard e Matheus Araújo que, com menos concorrência, fizeram a primeira fila!

Qualifying
1 Rodrigo Wizard (BMW Sauber), 1:18.318
2 Matheus Araújo (Honda), 1:18.725
3 Gustavo Kerlahkian (BMW Sauber), 1:18.934
4 Fernando Passos (Ferrari), 1:19.140
5 Alexsandro Bazanella (Toyota), 1:19.387
6 Jonatan Pelisoli (Super Aguri), 1:19.877
7 Luis Morais (Toro Rosso), 1:19.933
8 Leandro Craveiro (Williams), 1:20.689
9 Ricardo Rossi (Toyota), 1:24.481

FEATURE RACE – Com os dois postulantes ao título lado a lado, foi dada a largada sob grande expectativa. Wizard e Araújo rasgam a reta mantendo suas posições, Craveiro e Pelisoli fazem boa saída, pulando para terceiro e quarto, respectivamente, enquanto Kerlahkian larga muito mal e cai para penúltimo. O carioca da BMW teve muito azar, pois logo em seguida foi atingido por Bazanella, tendo que partir para uma corrida de recuperação. Craveiro também se dá mal após levar um toque de Pelisoli, indo parar na barreira de pneus e abandonando em seguida.

Lá na frente, Araújo perseguia Wizard implacavelmente, esperando por um erro do adversário para ultrapassar. E o experiente paulista acaba errando e é superado, mas retoma a posição logo em seguida, já que o mineiro da Honda também erra. Com isso, Passos se aproxima dos dois e aperta Araújo, até tocar o mineiro, que cai para terceiro.

Com a primeira rodada de pit stops, Araújo retoma a segunda posição, mas os quatro primeiros – Wizard, Araújo, Passos e Pelisoli – voltam à pista muito próximos, e o mineiro volta a perseguir o adversário da BMW, mas se vê ameaçado por Passos e Pelisoli, sendo superado por ambos. Araújo retoma a segunda posição, mas em ultrapassagens com toques nos dois adversários.

Com os dois acidentes envolvendo Araújo, Wizard ganha um descanso. Mas a folga dura apenas algumas voltas, pois Araújo volta com tudo e parte novamente para o ataque. No lance decisivo para a corrida, Araújo ultrapassa Wizard, que em seguida acaba tocando o mineiro após tentar uma ultrapassagem por dentro e o piloto da Honda fechar a porta.

A corrida acabou tendo Wizard como vencedor e Araújo em segundo, mas um bug da pista ocasionou transtornos aos pilotos, já que o spotter repassava informações incorretas. Com isso, a corrida terminou com 24 voltas, duas a mais que o previsto, e o saldo final foi um abandono (Gustavo Kerlahkian) e uma punição indevida de Stop & Go (Alexsandro Bazanella). O resultado final da corrida também teve que ser revisto e, acrescentadas as devidas punições, Wizard mantém a vitória, mas o segudo lugar fica para Morais, e Araújo completa o pódio.

Feature Race – Final, 24 voltas
1 Rodrigo Wizard (BMW Sauber), 33:58.596 [+15s penalty]
2 Luis Morais (Toro Rosso), +24.422
3 Matheus Araújo (Honda), +9.534 [+25s penalty]
4 Alexsandro Bazanella (Toyota), +50.104 [+5s penalty]
5 Jonatan Pelisoli (Super Aguri), +39.469 [+40s penalty]
6 Fernando Passos (Ferrari), +55.104 [+20s penalty]
7 Ricardo Rossi (Toyota), +1lap
8 Gustavo Kerlahkian (BMW Sauber), DNF/Acidente (22)
Volta mais rápida: Rodrigo Wizard (BMW Sauber), 1:20.547

Punições
A. Bazanella (Toyota) – toque em G. Kerlahkian fazendo rodar, +15s (v.1)
J. Pelisoli (Super Aguri) – toque em L. Craveiro com danos na asa dianteira, +30s (v1); saída incorreta dos boxes, +10s (v.11 e 16)
F. Passos (Ferrari) – toque em J. Pelisoli ganhando posição, +5s (v.1); toque em M. Araújo fazendo rodar, +15s (v.5); punição pendente da etapa anterior, +15s (Valência)
M. Araújo (Honda) – toque em R. Wizard ganhando posição, +5s (v.7); toque em F. Passos fazendo rodar, +15s (v.8); toque em J. Pelisoli ganhando posição, +5s (v.9)
A. Bazanella (Toyota) – saída incorreta dos boxes, +5s (v.11)
R. Wizard (BMW Sauber) – toque em M. Araújo fazendo rodar, +15s (v.18)

SPRINT RACE – Com o grid inverso, os candidatos ao título largaram mais atrás. E dada a largada, Araújo, Wizard e Pelisoli deram ótima saída e pularam pras primeiras posições, mas um toque de Wizard fez Pelisoli ficar atravessado na pista, e em seguida Araújo completou a rodada com outro toque no piloto da Aguri, que de primeiro caiu para último em poucos metros! Na curva seguinte, outro acidente envolvendo Wizard – desta vez tocando em Passos que, por consequência do toque, levou Araújo pra fora da pista.

A esta altura, o líder da prova era Morais, que teve o gostinho da liderança por pouco tempo, já que foi atropelado por Bazanella na seguda volta. Mas, como aqui se faz, aqui se paga, e o castigo para Bazanella veio à jato, mais precisamente de azul e branco: Kerlahkian vinha mais rápido e atropelou o piloto da Toyota, que caiu para a terceira posição.

Mais à frente, Araújo tentava recuperar posições, mas um erro do piloto, que rodou sozinho, o jogou para último, já que ao ficar atravessado na pista, foi atropelado por Kerlahkian, e teve que trocar o bico no box, perdendo um tempo precioso. Este erro de Araújo acabou sacramentando o título do rival Rodrigo Wizard, que pela quinta vez em sete edições, sagrou-se campeão da categoria mais nobre do F1BC!

A partir daí, a corrida prosseguiu sem maiores emoções, e a corrida terminou sem mais trocas de posições, com Wizard cruzando em primeiro. Mesmo com as punições à quase todos os pilotos, a vitória e o título ficaram com o paulista Rodrigo Wizard, pentacampeão da categoria!

Sprint Race – Final, 9 voltas
1 Rodrigo Wizard (BMW Sauber), 12:24.344 [+35s penalty]
2 Luis Morais (Toro Rosso), +32.119 [+5s penalty]
3 Fernando Passos (Ferrari), +43.617
4 Alexsandro Bazanella (Toyota), +6.239 [+45s penalty]
5 Jonatan Pelisoli (Super Aguri), +17.835 [+45s penalty]
6 Ricardo Rossi (Toyota), +1:08.151 [+5s penalty]
7 Matheus Araújo (Honda), +57.166 [+20s penalty]
8 Gustavo Kerlahkian (BMW Sauber), DNF/Acidente (8)
– Leandro Craveiro (Williams), DNS/Conexão
Volta mais rápida: Fernando Passos (Ferrari), 1:20.907

Punições
R. Wizard (BMW Sauber) – toque em J. Pelisoli fazendo rodar, +15s (v.1); toque em F. Passos e M. Araújo, +20s (v.1)
M. Araújo (Honda) – toque em J. Pelisoli fazendo rodar, +15s (v.1); toque em R. Rossi ganhando posição, +5s (v.4)
J. Pelisoli (Super Aguri) – retorno perigoso à pista, +30s (v.2)
A. Bazanella (Toyota) – toque em L. Morais fazendo rodar, +15s; retorno perigoso à pista, +30s (v.2)
G. Kerlahkian (BMW Sauber) – toque em A. Bazanella fazendo rodar, +15s (v.2); toque em M. Araújo com danos na asa dianteira), +30s); toque em F. Passos fazendo rodar, +15s (v.6)
R. Rossi (Toyota) – toque em M. Araújo ganhando posição, +5s (v.3)
L. Morais (Toro Rosso) – toque em M. Araújo ganhando posição, +5s (v.5)