F1BC Indy Pro 2020/1 @ Motegi

Valmor Arenhart (Catarina Motorsport) dá show em vitória na Indy Pro, em Motegi

A Indy Pro teve sua sexta etapa nesta temporada 2020/1 no F1 Brasil Clube no oval de Motegi, onde Valmor Arenhart (Catarina Motorsport) deu show no final para vencer, e Bruno Miranda manteve o favoritismo rumo ao título.

Na tomada de tempos, Bruno Miranda confirmou a grande fase com a pole position, seguido por Victor del Porto, Beto Soussa, Julio Moreira, e Valmor Arenhart no ‘Top 5’. Abaixo segue a ordem completa para a largada em fila dupla.

Classificação
1 Bruno Miranda (Dragon Racing AV), 26.979
2 Victor del Porto (Static Racing), 27.087
3 Beto Soussa (Corinthians Rally Team), 27.088
4 Julio Moreira (Dragon Racing AV), 27.089
5 Valmor Arenhart (Caratina Motorsport), 27.099
6 Joao Ritter (Corinthians Rally Team), 27.114
7 Cristiano Benevenuto (SUB Racing), 27.188
8 Alvaro Wanderley (SUB Racing), 27.316
9 Andre Moreira (Dragon Racing AV), 27.373
10 Jose Godoy (Pegoraros Racing), sem tempo
11 Leandro Silva (SUB Racing), sem tempo
12 Rodrigo Franzoni (Grip Racing), sem tempo

Em um oval que, quando aparece nos calendários, sempre impõe dificuldades, os pilotos da Indy pro mostraram muita habilidade nas disputas iniciais. Rodrigo Franzoni foi o destaque nos giros de abertura, fazendo ultrapassagem dupla, mas acabou batendo e acionando a primeira bandeira amarela da noite.

Toda a prova se desenhou em sequência duradoura sob bandeira verde, com disputas e estratégias sendo traçadas pelos pilotos e equipes. Apenas João Ritter havia deixado a prova mais cedo, assim como Franzoni.

Com uma bandeira amarela no trecho final, onde Alvaro Wanderley abandonou em um acidente, Vitor e Dollynho ainda não haviam parado, e fizeram o pit stop em vantagem. Valmor galgou posições e apareceu em terceiro.

Na relargada Bruno passou por Victor e passou a segurar a dupla. Já Valmor Arenhart partiu para o ataque e tomou deles a liderança, faturando sozinho a vitória em Motegi e deixando seus rivais na sequência: Miranda, Del Porto, Benevenuto e Soussa apareceram na ordem, concluindo o ‘Top 5’ de uma prova altamente técnica.

Bruno Miranda segue seu caminho rumo ao título, agora com 259 pontos e se preparando para encarar a final com pontuação dobrada talvez em um modo mais conservador, administrando os pontos. Isso porque seus adversários mais próximos são Victor del Porto (213), Julio Moreira (175), e Valmor Arenhart (174). Entre as escuderias, a Dragon foi a 594 pontos, contra 352 do Corinthians, e está a apenas 8 pontos absolutos de garantir o título.

A Indy Pro terá sua final no dia 7 de abril às 22h (horário de Brasília) no circuito do Texas, com transmissão ao vivo no canal do F1BC no YouTube. Todas as informações sobre o F1 Brasil Clube você confere em www.f1bc.com.

Final, 130 voltas
1 Valmor Arenhart (Caratina Motorsport), 130 Laps
2 Bruno Miranda (Dragon Racing AV), -01.818
3 Victor del Porto (Static Racing), -01.876
4 Cristiano Benevenuto (SUB Racing), -02.569
5 Beto Soussa (Corinthians Rally Team), -03.083
6 Julio Moreira (Dragon Racing AV), -03.946
7 Andre Moreira (Dragon Racing AV), -04.932
8 Jose Godoy (Pegoraros Racing), -2 L
9 Leandro Silva (SUB Racing), -26 L (DNF)
10 Alvaro Wanderley (SUB Racing), -32 L (DNF)
11 Joao Ritter (Corinthians Rally Team), -93 L (DNF)
12 Rodrigo Franzoni (Grip Racing), -111 L (DNF)
Volta mais rápida: Beto Soussa, 27.217

Pontos Bônus
Bruno Miranda +1 pela pole position
Bruno Miranda +1 por liderar mais voltas

Race Control
Nenhuma análise.

O F1BC tem o patrocínio de Adelante Sports, Aliança Assessoria Contra Incêndio, Fanatic Brazil, Gordão Burger, Got It English, M7Help, Planet Games, SpeedZone, Canal Time Attack, VISAMUNDO, e o apoio de F1 Brasil, F1 Mania, NRT Servers, iRacing, Reiza Studios, Kunos Simulazioni, e SimSync.