Connect with us

F1BC Cup Pro 2008/1 @ Cleveland

Foram 14 pilotos dividindo a pista de Cleveland, nso Estados Unidos, e muitas disputas no F1BC Cup 3, nesta sétima etapa do campeonato. A pista, com todos os seus problemas (luzes de largada não funcionando, cones dividindo pista de entrada dos boxes, e chicane de alta velocidade) não foram um grande problema para os pilotos. É claro, punições viriam a surgir, mas quem soube evitá-las deu um grande passo rumo a um melhor resultado.

QUALIFYING – Os 15 minutos livres voltaram nesta etapa como formato de Qualifying para a corrida, e os pilotos usaram bem este valioso tempo para maracarem seus tempos. Sem problemas, Felipe Augusto mais uma vez deixou a marca de pole-man e cravou o melhor tempo, seguido de seu companheiro de equipe Gabriel Zanchetta, ressurgido das cinzas, deixando Carlos Junior e Rodrigo Wizard na segunda fila.

Qualifying
1 Felipe Augusto (PE/Super Aguri), 51.105
2 Gabriel Zanchetta (SP/Super Aguri), 51.627
3 Carlos Junior (PA/McLaren), 51.681
4 Rodrigo Wizard (SP/Honda), 51.879
5 Carlos Zoro (SC/Toyota), 51.904
6 Sergio Kolachinski (PR/Ferrari), 52.117
7 Cassius Naves (MG/BMW Sauber), 52.328
8 Luis Morais (SP/Toro Rosso), 52.817
9 Frank Aguiar (RJ/Red Bull), 53.254
10 Fernando Passos (RJ/Spyker), 53.332
11 Deco Ganecci (SP/Toyota), 53.454
12 Eduardo Azeredo (RJ/Ferrari), 3.929
13 Lucas Sena (RJ/Renault), 55.027
14 Djalma Bereta (SP/Toro Rosso), sem tempo

Legenda
Server A
Server B

FEATURE RACE – O Server A começou com uma boa largada de ambas as Super Aguris, e com Sergio Kolachinski levando um toque de Carlos Zoro e perdendo terreno. Rodrigo Wizard se desconcentrou na confusão e caiu de quatro para sétimo, enquanto Carlos Junior foi à caça dos adversários, e Cassius Naves mantinha um bom ritmo. Durante os pit-stops, Cassius ganhou a posição de Gabriel, enquanto Junior já era o segundo. Nas últimas voltas, a única alteração no resultado foi a ultrapassagem de Wizard em Kolachinski, e o abandono de Cassius com pane seca no giro final. Zoro chegou uma volta atrás do líder Felipe, que cravou também uma bela volta mais rápida. As punições por corte de caminho não alteraram o resultado real dos carros que cruzaram a linha de chegada, mas aproximou Gabriel, Sergio e Rodrigo, que então poderiam ter finalizado a prova a menos de um segundo de distância entre eles.

No Server B, foi a vez de Luis Morais levantar o caneco, e ainda chegando na sexta posição geral. Mesmo não largando bem, o piloto da Toro Rosso viu seus adversários ficando pelo caminho por conta de incidentes. Seu companheiro de equipe Djalma Bereta estourou o motor ainda no início da prova, mas os dois acidentes espetaculares foram protagonizados por Eduardo Azeredo, Frank Aguiar e Lucas Sena. No primeiro, Aguiar rodou, e Azeredo sem poder desviar acabou decolando na Red Bull do adversário, capotando várias vezes até pular a barreira de concreto e ir parar no canteiro central da pista. O segundo, mais bizarro ainda, foi de Lucas Sena, que entrou errado pelo lado direito dos boxes e em altíssima velocidade, esborrachando o carro e a si próprio. Sobraram Fernando Passos e Deco Ganecci na pista, sendo que Fernando poderia até ter vencido, e foi por muito pouco.

Feature Race, Final (27 voltas)
1 Felipe Augusto (PE/Super Aguri), 24:34.474 (média de 243.65 km/h)
2 Carlos Junior (PA/McLaren), +12.503 [+8s penalty]
3 Gabriel Zanchetta (SP/Super Aguri), + 27.015 [+20s penalty]
4 Rodrigo Wizard (SP/Honda), +39.265 [+8s penalty]
5 Sergio Kolachinski (PR/Ferrari), +41.780 [+6s penalty]
6 Luis Morais (SP/Toro Rosso), 24:52.419
7 Fernando Passos (RJ/Spyker), +1.580
8 Deco Ganecci (SP/Toyota), +43.193 [+5s penalty]
9 Cassius Naves (MG/BMW Sauber), DNF/Fuel (26) [+26s penalty]
10 Carlos Zoro (SC/Toyota), +1 lap [+54s penalty]
11 Djalma Bereta (SP/Toro Rosso), DNF/Engine (6) [+2s penalty]
12 Frank Aguiar (RJ/Red Bull), DNF/Accident (6) [+40s penalty]
13 Eduardo Azeredo (RJ/Ferrari), DNF/Accident (6) [+2s penalty]
14 Lucas Sena (RJ/Renault), DNF/Accident (3) [+5s penalty]
Fastest Lap: Felipe Augusto (PE/Super Aguri), 51.964

SPRINT RACE – No Server A, uma grande coincidência com o resultado, sendo que os pilotos que subiram no pódio da Sprint Race foram os mesmos e na mesma ordem da corrida mais curta de Indianápolis, a etapa anterior. Na realidade, quem cruzou a linha de chegada na frente foi Cassius Naves, seguido de carlos Junior e Felipe Augusto, mas as punições por corte de chicane trocaram as posições. A largada teve uma boa disputa na primeira curva, com Gabriel tentando ultrapassar Rodrigo por dentro, e uma boa defesa do paulista da Honda. que não deu espaços na Curva 2 e ainda teve de fechar a porta para Sergio – uma defesa dupla em uma reta bastante larga. Na saídas daquela curva, porém, Kolachinski levou um toque de Junior, que fez o paranaense (radicado em São Paulo, risos) perder suas colocações. Na volta seguinte, Wizard estava na cola de Zoro e o ultrapassou, mas o catarinense bateu na traseira da Honda na curva seguinte e deixou o atual campeão sem asa traseira. Wizard ainda foi para o pit mas seu carro estava completamente torto, e na volta seguinte ele quase acertou o líder até então, Cassius Naves, quando contornava a chicane, quando o mineiro teve bastante reflexo e desviou. Zanchetta e Kolachinski poderiam ter levado a vitória, mas eles também levaram pequenas punições em tempo por corte de chicane e ficaram em quarto e quinto, respectivamente. Zoro levou vários penaltys, também por levar um cone embora, e teve de se contentar com o sexto lugar.

Continuação da Sprint Race, o Server B deu uma mostra de cavalheirismo, até de forma exagerada, quando Fernando Passos e Eduardo Azeredo devolveram suas posições para Deco Ganecci, após acertarem a traseira do piloto da Toyota, cada um a seu tempo. Passos foi o primeiro a fazer isso, mas não tinha como evitar a colisão pois Deco errou uma curva, mas mesmo assim o piloto da Spyker dcedeu a posição. Nisso, Eduardo Azeredo também tocou Ganecci nas curvas seguintes, mas passou o adversário e também Passos, que estava desacelerando para o colega. Na linha de chegada, porém, Edu foi coerente e deixou Deco levar a vitória, com Passos em terceiro. Lucas Sena chegou em quarto, mesmo com alguns cut tracks, e Djalma Bereta em quinto, uma volta atrás. Frank Aguiar não largou, e Luis teve problemas.

Sprint Race, Final (8 voltas)
1 Carlos Junior (PA/McLaren), 7:16.747 (média de 244.27 km/h)
2 Felipe Augusto (PE/Super Aguri), +0.474 [+2s penalty]
3 Cassius Naves (MG/BMW Sauber), 7:15.773 [+6s penalty]
4 Gabriel Zanchetta (SP/Super Aguri), + 2.516 [+4s penalty]
5 Sergio Kolachinski (PR/Ferrari), +4.367 [+6s penalty]
6 Carlos Zoro (SC/Toyota), +4.016 [+32s penalty]
7 Deco Ganecci (SP/Toyota), 8:48.904
8 Eduardo Azeredo (RJ/Ferrari), +1.272
9 Fernando Passos (RJ/Spyker), +4.343
10 Lucas Sena (RJ/Renault), +24.109 [+8s penalty]
11 Djalma Bereta (SP/Toro Rosso), +1 lap
12 Rodrigo Wizard (SP/Honda), +2 laps
13 Luis Morais (SP/Toro Rosso), DNF (3) [+5s penalty]
14 Frank Aguiar (RJ/Red Bull), DNS
Fastest Lap: Felipe Augusto (PE/Super Aguri), 52.213

Punições e alertas para próxima etapa
* Todos os jogadores: evitar futuros Cut Tracks,
* Luis Morais: evitar deixar p/ resolver problemas de mismatch em cima da hora,
* Carlos Zoro: evitar toques e batidas na traseira de adversários (em observação),
* Rodrigo Wizard: evitar manobras bruscas em posição arriscada (em observação)

Advertisement

Facebook

Advertisement

VÍDEO DESTAQUE

More in Corridas