Connect with us

F1BC Cup Pro 2007/1 @ Spielberg

Após o confuso GP da Espanha, os competidores chegaram a A1-Ring com o entusiasmo dobrado. Em uma disputa mais do que acirrada na classificação, Rodrigo Wizard obteve sua quinta pole em cinco etapas disputadas, provando seu bom rendimento com a Ferrari. Porém, por 27 milésimos Deco Ganecci não quebra a sequência de poles positions do paulista.

Em mais uma noite contando com muitos participantes (nove, no total), tanto para a classificação quanto para a corrida, os organizadores do F1BC separaram os competidores em dois servidores. Combinando o resultado dos dois servidores, ficou assim o grid de largada:

Qualificação
1 Rodrigo Wizard (SP/Ferrari), 1:06.197
2 Deco Ganecci (SP/Williams), 1:06.224
3 Francisco Aguiar (RJ/Williams), 1:06.514
4 Sergio Kolachinski (PR/Ferrari), 1:06.764
5 Yuri Apolonio (SC/Williams), 1:07.227
6 Vitor Flat Out (ES/McLaren), 1:07.498
7 Sergio Lopes (SP/Arrows), 1:08.200
8 Davi Vasconcelos (BA/Williams), 1:08.880
9 Rodrigo Dias (PR/BAR), 1:10.986
7 Ivo Barbosa (RJ/Renault), no time

Server 1 – Ganecci tropeça e Wizard vence no sufoco

A corrida para este servidor prometia desde quando o resultado da classificação havia saído. A diferença entre os cinco era de um pouco mais de 1 segundo. A tensão na largada era visível, tanto que ela foi refeita por três vezes. Ganecci assumiu a primeira posição, sofrendo pressão de Wizard a todo instante. Na briga pelo terceiro lugar, novamente Apolonio e Aguiar encontraram-se na pista em uma briga de durou exatas 11 voltas, revivendo o Duelo de Ímola, sendo observados a distância por Kolachinski.

Kolachinski também não terá boas recordações de sua última corrida no F1BC, já que recebeu propostas para trabalhar pelo Brasil afora. Traído novamente pela estratégia de equipe, ele não teve seu setup ajustado para a corrida, ficando a pé na 10a volta. O paranaense enviou por escrito um protesto para a organização do campeonato. Muito emotivo, diz que a “divulgação do evento está excelente, que a organização tem melhorado mas precisa de muitos ajustes.”

Voltando a corrida, a Williams deu um show de estratégia, fazendo com que seus dois competidores fizessem seu pitstop na mesma volta, deixando seus pilotos na frente dos competidores diretos (Ganecci-Wizard / Aguiar-Apolonio). Quando tudo se encaminhava para a primeira vitória do piloto paulista da Wiliiams, o incrível aconteceu. Wizard, em uma manobra arrojada, ultrapassa Ganecci que, ao ver que tinha sido superado, tenta recuperar terreno e erra na A1 Kurve, perdendo sua asa traseira e, consequentemente, o 2o e 3o lugar, amargurando a quarta posição. Méritos para o piloto da Ferrari, que soube atacar na hora certa, economizar combustível e conquistar a 3a vitória em cinco GPs disputados

Server 2 – Em GP cheio de incidentes, Lopes triunfa

Sergio Lopes conquista o 5º lugarEm uma corrida em que o destaque ficou por conta da instabilidade do servidor, o piloto da Arrows superou os demais e levou a 5ª colocação. Porém, a largada não foi tranquila, já que Lopes acidentalmente tocou o carro do Rodrigo Dias que o ultrapassou na largada. Quem se aproveitou foi Vitor. Assumindo a primeira posição, manteve uma distância boa de cerca de 2 segundos por algumas voltas, quando a conexão começou a dar problemas. Até que o servidor deu o ar da graça: a Mclaren do capixaba apareceu alguns metros depois do ponto de frenagem, perdendo a primeira posição.

Ao recuperar o terreno perdido, conseguiu diminuir sua vantagem para Lopes, porém mais uma vez seu carro apareceu em um lugar estranho, perdendo a posição para Vasconcelos, que em seguida, foi parar na brita por erro no servidor (o terceiro no mesmo GP). Fim de corrida. Sergio Lopes, após o incidente com Rodrigo Cesar, partiu para cima de Vitor, assumindo a primeira posição. O paulista conseguiu segurar a liderança até o final sem ser incomodado e conquistou mais 11 pontos, ofuscando um pouco a série de pódios que a Arrows vinha conquistando (no Brasil e em San Marino).

Final, 21 voltas
1 Rodrigo Wizard (SP/Ferrari), 26:56.200
2 Francisco Aguiar (RJ/Williams), + 7.931
3 Yuri Apolonio (SC/Williams), + 20.378
4 Deco Ganecci (SP/Williams), + 1 volta
5 Sergio Lopes (SP/Arrows), SB, 07:14.473
6 Rodrigo Dias (PR/BAR), + 15.865
7 Davi Vasconcelos (BA/Williams), + 29.956
8 Sergio Kolachinski (PR/Ferrari), DNF/Accident
9 Vitor Flat Out (ES/McLaren), DNF
10 Ivo Barbosa (RJ/Renault), DNF
Volta mais rápida: Rodrigo Wizard

Advertisement

Facebook

Advertisement

VÍDEO DESTAQUE

More in Corridas