Connect with us

Corridas

F1BC Indy Light 2016/1 @ Charlotte

F1BC Indy Light 2016/1 @ Charlotte

De apresentação simples a corrida maluca. A quinta etapa da Soap Car Indy Light era um campo manjado – o oval de 1.5 milha em Charlotte -, onde duas provas já haviam sido realizadas. Mas aparentemente as melhorias no Indycar 2011 impactaram em mudanças de pilotagem, e os representantes da categoria cometeram erros sobre erros, mas que proporcionaram uma prova pra lá de divertida. Na última volta, um acidente tirou Rodrigo Munhoz e Sergio Rodrigues da frente, e Maicom Godoy passou tranquilo para receber a bandeira quadriculada em primeiro.

Já na classificação a impressão era de que a categoria seguia equilibrada, mas com os principais candidatos ao título se esforçando bastante. Sergio Rodrigues, Jorge Pezzolo e Rodrigo Munhoz foram os três ponteiros, seguidos por Ricardo Bohadana e Wagner Pegoraro no Top 5.

Classificação
1 Sergio Rodrigues (Sinister Race Team), 24.591
2 Jorge Pezzolo (Grip Racing), 24.610
3 Rodrigo Munhoz (Racing 4Fun), 24.619
4 Ricardo Bohadana (Grip Racing), 24.621
5 Wagner Pegoraro (Pegoraros Racing), 24.622
6 Felipe Gomes (Sim Force SimRacing), 24.636
7 Guilherme Pereira (Mondial Racing 2), 24.647
8 Leandro Moreira (Mondial Racing 2), 24.670
9 Maicom Godoy (Mondial Racing), 24.674
10 Celso Andriani (Hattrick Racing), 24.676
11 Tonny Peixoto (Alliance Sky Racing), 24.711
12 Renan Henrique (Mondial Racing), 24.779
13 Andre Kimi (Racing 4Fun), Sem tempo

A volta de apresentação já deflagrou um acidente quando Jorge Pezzolo destracionou e acabou virando barreira para o próprio parceiro de Grip, Ricardo Bohadana, também ter danos em seu bólido. Na largada, Rodrigo Munhoz destracionou e caiu posições, enquanto os problemas dos dois competidores da Grip seguiram e os carros atravessados geraram nova intervenção do Safety Car. Celso Andriani não reduziu a velocidade diante da bandeira amarela e encheu a traseira de Renan Henrique.

Sequência de corrida, com três duplas se formando: Rodrigues e Pegoraro, Godoy e Moreira, e Kimi e Munhoz. Um acidente forte envolvendo Tonny Peixoto e Felipe Gomes tirou ambos da briga, reduzindo os candidatos aos 50 pontos em Charlotte.

E enfim a Indy Light teve uma prova decidida pelos pit stops. Mesmo com alguns pilotos parando em bandeira amarela, todos teriam de realizar mais um reabastecimento. E enquanto Pegoraro rodou, Kimi e Moreira perderam tempo, os trabalhos de Rodrigues, Munhoz e Godoy foram velozes.

Mas um acidente bizarro marcou o fim da etapa, e a mudança nos resultados: Pegoraro e Kimi se encontraram e rodaram. Munhoz, na última volta, na curva final, tinha “apenas” de desviar destes dois, mas acertou Kimi em cheio. Rodrigues também fez sua tentativa, e deu uma pancada em Rodrigo. Sobrou para Maicom Godoy, desviando por baixo, para receber a quadriculada na frente. Que final maluco!

Com os resultados, Rodrigo Munhoz manteve a liderança do campeonato. A pontuação completa de pilotos e equipes está no website oficial www.f1bc.com.

A próxima etapa da Indy Light será realizada no circuito de Laguna Seca, no dia 04 de abril, às 20h00 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo no site www.f1bc.com, que ainda fornece todos os resultados, classificação, informações e VTs das etapas desta e de suas outras categorias.

O F1BC tem parcerias oficiais com Câmara de Comércio e Indústria do Brasil, Soap Car, Aliança Consultoria, F1Mania, NRT Servers, SimRacingTools, Reiza Studios, e F1-Brasil.

Final, 50 minutos
1 Maicom Godoy (Mondial Racing), 104 voltas
2 Sergio Rodrigues (Sinister Race Team), +11.641
3 Rodrigo Munhoz (Racing 4Fun), +17.856
4 Wagner Pegoraro (Pegoraros Racing), +17.441 [+20s]
5 Leandro Moreira (Mondial Racing 2), +1 volta
6 Andre Kimi (Racing 4Fun), +1 volta
7 Felipe Gomes (Sim Force SimRacing), +85 voltas (Abandono)
8 Tonny Peixoto (Alliance Sky Racing), +85 voltas (Abandono) [+20s]
9 Renan Henrique (Mondial Racing), +101 voltas (Abandono)
10 Guilherme Pereira (Mondial Racing 2), +103 voltas (Abandono)
11 Jorge Pezzolo (Grip Racing), +104 voltas (Abandono)
12 Ricardo Bohadana (Grip Racing), +104 voltas (Abandono)
13 Celso Andriani (Hattrick Racing), +103 voltas (Abandono) [LP]
Volta mais rápida: Felipe Gomes, 24.371

Race Control
Wagner Pegoraro, +20s no tempo final de prova – Gerou incidente de nível 2 (14.2.1) [+2 Licença]
Tonny Peixoto, +20s no tempo final de prova – Gerou incidente de nível 2 (14.2.1) [+2 Licença]
Celso Andriani, Last Position – Gerou incidente causando acidente múltiplo (14.5.2) [+5 Licença]

Pontos nas licenças
Wagner Pegoraro +2
Tonny Peixoto +2
Celso Andriani +5

Vídeo da etapa

More in Corridas